Confirmado. Sebastián Coates no Sporting

Para ser titular? O centro da defesa leonina tem tido vários ciclos, Oliveira entrou bem mas agora anda a somar más exibições de maneira sucessiva, e ainda junta a isso várias lacunas, principalmente técnicas; Ewerton parecia indiscutível mas nos últimos jogos demonstrou que não está numa condição física que lhe permita ser titular; E Naldo, que até era o que suscitava mais dúvidas, passou de suplente quando Ewerton regressou para uma espécie de "modo Pepe", com várias exibições que fazem dele o n.º 1 da hierarquia neste momento.

Sebastián Coates, do Sunderland, já está em Lisboa para assinar pelo Sporting até final da época, com os leões a assegurarem uma opção de compra no valor de cinco milhões de euros, tendo referido à chegada que «foi fácil ter escolhido o clube leonino e que está em Portugal para ganhar». O central uruguaio, de 25 anos e 1m96, chegou a Inglaterra em 2011/12 para o Liverpool, depois de ter brilhado na Copa América, onde foi considerado o melhor jovem da competição, mas pouco jogou nos Reds. Na época passada chegou Sunderland por empréstimo do Liverpool, que acabou por vender o seu passe. Esta temporada foi titular em 14 jogos na Premier League. VM - Uma incógnita. Coates era um dos centrais com mais potencial do mundo até chegar a Inglaterra, mas de então para cá a sua carreira caiu a pique. Não teve espaço no Liverpool, andou de empréstimo em empréstimo e fez mais más exibições do que propriamente jogos de qualidade. As lesões graves que teve também não ajudaram, sendo que esta época, no Sunderland, ainda participou em 19 jogos. O facto de se tratar de um empréstimo protege os leões, que não tinham o uruguaio como primeira opção (queriam um jogador mais experiente), e este negócio até pode vir a ser uma boa aposta. O jogador de 25 anos tem características diferentes de todos os centrais leoninos (mais forte no jogo aéreo e com outra imponência nos duelos físicos) e se conseguir manter-se livre de lesões pode ser potenciado por Jorge Jesus (numa fase em que Paulo Oliveira e Ewerton passam por um período de pouco brilhantismo). 

Etiquetas: