Benfica: 5,25 ME da venda de Bernardo Silva foram para a Capital Limited

Nas últimas semanas este esmiuçar dos negócios milionários que envolvem as águias, não abonam muito a favor da credibilidade dos intervenientes. Por outro lado, o Football Leaks, que numa 1.ª fase foi criticado por dar a conhecer conteúdo de clubes que se dizem exemplares, agora começa a ganhar um papel importante - pelo menos já é visto como credível - não só a nível nacional mas mesmo no contexto internacional, fruto do que passou com o Twente e no caso Bale.

O Benfica anunciou a transferência de Bernardo Silva para o Mónaco a troco de 15.750.000€ mas não recebeu a totalidade do dinheiro. De acordo com o site Football Leaks, quem recebeu parte do montante, cerca de 5.250.000€, foi uma empresa chamada XXIII Capital Limited, sediada no Reino Unido e com soluções de capital para desporto, música e entretenimento. No documento do acordo entre AS Mónaco e Benfica, também divulgado, ficou estipulado que o AS Mónaco teria que pagar 5,25 milhões de euros a 10 de julho; 5,25 milhões a 10 de dezembro; e os restantes 5,25 milhões a 10 de julho de 2016. O documento especifica, ainda, que as transferências bancárias deveriam ser feitas para a conta da SAD do Benfica no Millenium BCP. Ainda assim, o AS Mónaco transferiu a 1.ª tranche para a XXIII Capital Limited. Recorde-se que a compra do passe de Bernardo Silva foi acertada há um ano entre o Benfica e o Mónaco, quando o jovem médio português já se encontrava a jogar, por empréstimo, pelo emblema monegasco. 

Etiquetas: