«Todos nos querem apanhar nos oitavos-de-final»; Morata renova; Madrid e mais 5 jogadores rescindem com o Vianense; Sanfrecce vence no Mundial de clubes

Na teoria Wolfsburgo (nota-se a ausência de Kevin de Bruyne) e Zenit (que vai estar sem competir nos próximos meses) são mais acessíveis, e não se pode ignorar que os Blues sempre que chegaram à final da LC foi em épocas turbulentas: em 2008 quando Mourinho tinha sido despedido no principio da temporada e em 2012 no ano em que Villas-Boas foi demitido.

José Mourinho não tem dúvidas, todos os segundos classificados da fase de grupos da Champions querem que lhes calhe o Chelsea no sorteio. O português justifica essa ideia com o actual momento dos Blues e devido à força de Bayern, Real, Atlético e Barcelona, que são as equipas a evitar. Mesmo assim, o treinador do Chelsea diz que está na luta e recorda o que aconteceu no passado. «No FC Porto e no Inter não éramos candidatos e fomos campeões europeus. Quando tínhamos esse estatuto [no Real], falhámos. Veremos como será desta vez», disse o português depois da vitória frente ao FC Porto. Recordamos que no pote 1 vão estar o Real Madrid, Wolfsburgo, Atl. Madrid, Man City, Barcelona, Bayern, Chelsea e Zenit. E no pote 2 o PSG, PSV, Benfica, Juventus, Roma, Arsenal, Dínamo Kiev e Gent.

Apesar da renovação não é certo que o espanhol continue em Turim, já que o Real Madrid tem a hipótese de o resgatar - Álvaro Morata ampliou o contrato que o liga a Juventus até 2020. O avançado depois de um arranque pouco promissor em 2014-15 acabou a época em grande e demonstrou que a curto prazo tem tudo para ser o titular da selecção espanhola. Curiosamente este ano voltou a entrar mal na temporada.

Tsoumagkas e principalmente Coulibaly pelo que demonstraram frente ao Benfica não vão ter problema em encontrar clube - Andrés Madrid, treinador do Vianense que esta época defrontou o Benfica, na Taça de Portugal, rescindiu o contrato que o ligava ao clube minhoto, por justa causa, de acordo com anúncio feito pela empresa que o agencia, a "GIC Career Management". Também os jogadores Anastasios Tsoumagkas, Valentin Gouelibo, Mohamed Coulibaly, Wilson Filipe e Erick Reinecke, devido aos problemas financeiros que a equipa de Viana do Castelo atravessa.

O campeonato do Mundo em que o Barcelona e o River Plate só entram nas meias-finais - O campeão japonês Sanfrecce Hiroshima garantiu um lugar nos quartos de final do Mundial de clubes, competição a decorrer no Japão, ao vencer os neozelandeses do Auckland City por 2-0. A equipa nipónica, que disputa a competição por ser o campeão do seu país, venceu com golos de Yusuke Minagawa, aos nove minutos, e Tsukasa Shiotani, aos 70.

Etiquetas: ,