Belenenses critica Proença: "Salva-se a SPORT TV e vão ganhar mais os 3 do costume"

Concorda? Na maior parte dos campeonatos são as Ligas que negoceiam os direitos televisivos e depois arranjam um sistema que permita uma divisão mais justa do dinheiro.

A venda dos direitos dos jogos do Benfica em casa para a NOS por uma verba que pode chegar aos 400 milhões de euros promete fazer muita tinta e principalmente complicar a vida a Pedro Proença. O líder da Liga dos Clubes fez da centralização dos direitos televisivos uma das suas bandeiras, mas já não vai conseguir cumprir essa promessa, algo que está a desagradar aos clubes. Uma das vozes que já contestou Pedro Proença, foi Patrick Morais de Carvalho, presidente do Belenenses. "O negócio entre o Benfica e a NOS significa a morte da centralização dos direitos televisivos. A Liga de Clubes fica mais fraca e impedida de poder negociar os direitos televisivos em representação de todos os clubes o que implica, na minha opinião, que continue tudo como dantes à boa maneira portuguesa "cada um por si". Cai por terra a teoria do equilíbrio competitivo que defendo convictamente como forma da indústria do futebol português poder florescer oferecendo melhores espectáculos, mais incerteza nos resultados, melhores estádios, melhores jogadores e mais adeptos nas bancadas, atraindo melhores e maiores patrocinadores e gerando mais dinheiro e mais emoções. Com esta solução salva-se a Sport Tv e vão ganhar mais os 3 do costume, quanto aos outros clubes vão sobreviver mas ficar cada vez mais longe das decisões uma vez que o fosso será cada vez maior", pode ler-se no Facebook do líder dos Azuis do Restelo

Etiquetas: