OFICIAL: Real expulso da Taça do Rei por utilização indevida de Cheryshev

Vão tentar arranjar culpados para esta vergonha: Benítez (que também já passou por um caso semelhante em Valencia quando utilizou 4 extra-comunitários), Chendo ou Florentino, mas a realidade é que os Blancos, com mais este deslize, correm o sério risco de ficar novamente em branco esta época. E isso deve obrigar a uma nova revolução no plantel, que poderá até passar pela saída de Ronaldo. O português já dava sinais de desagrado e certamente está farto de ver o currículo estagnar, quando em outro clube/liga poderia estar sempre a crescer.

Agora é oficial. O Real Madrid foi banido da Taça do Rei por ter utilizado Cheryshev de forma indevida na partida da primeira mão dos 16 avos-de-final frente ao Cádiz, já que o russo se encontrava suspenso, em virtude de uma série de amarelos que completou, ao serviço do Villarreal, na meia-final da prova da época passada, frente ao Barcelona. O juiz único de Competição da Federação espanhola de futebol atendeu à denuncia do Cádiz e decidiu expulsar os merengues. Francisco Rúbio rejeitou por completo a defesa do Real, que alegava não ter sido informado do castigo pela federação e que o jogador também não tinha sido notificado, sustentando ainda que este castigo estava anulado por se tratar da quarta eliminatória da Taça do Rei. O clube de Madrid, que venceu o jogo por 3-1 (com um golo de Cheryshev), de acordo com Florentino Pérez, vai agora recorrer para o Comité de Apelos da federação espanhola e para o Tribunal Administrativo do Desporto, de maneira a esgotar todas as suas formas de recurso desta decisão, 

Etiquetas: