Benfica vende direitos de TV por uma verba que pode chegar aos 400 ME

Bom negócio? O encaixe é brutal, o que pode permitir às águias cavar um fosso para os rivais (há uma cláusula no contrato dos direitos do FC Porto que garante ao clube azul e branco o direito a receber 80% do valor de futuros contratos que sejam feitos pelo Benfica. Mas, neste caso, o vínculo dos azuis e brancos será atualizado para 80% de 25 milhões e não do bolo total de 40 milhões, já que os encarnados dividiram a venda dos direitos em duas partes: 25 pelos jogos e 15 pelo canal). Já em termos de BTV, à partida sem a transmissão das partidas e possivelmente com a perda da Premier League, deixa de fazer sentido nos moldes actuais. 

À semelhança do que acontecia no passado, a transmissão dos jogos dos encarnados deve regressar à Sport TV. O Benfica vendeu os direitos de transmissão televisivos dos jogos à NOS, por um total que pode chegar aos 400 milhões de euros. Em causa está um «contrato de cedência dos direitos de transmissão televisiva dos jogos em casa da equipa A de Futebol Sénior da Benfica SAD para a Liga NOS, bem como dos direitos de transmissão e distribuição do Canal Benfica TV».  O acordo é válido a partir da próxima época (2016/17), e por um período inicial de três anos, mas que pode ser renovado por qualquer uma das partes até dez anos. A contrapartida financeira é de 400 milhões de euros, segundo um comunicado divulgado na CMVM.

Etiquetas: