Sporting empresta Jonathan e confirma que tem de pagar 12 ME à Doyen

Não justificou os 2,6 Milhões de euros da aquisição (uma das mais caras no reinado BdC), e com a contratação de Zeegelaar ia perder ainda mais cotação. A curiosidade agora é perceber por onde passa o futuro de Rossel, Cissé, Sacko, Labyad, Viola (é pretendido pelo Estudiantes), Dramé, Diogo Salomão, André Martins ou Carlos Mané, elementos que não parecem estar nos planos de Jesus.

As partes ainda não oficializam, mas hoje o jogador já falou como jogador dos "xeneizes" à imprensa argentina. Como se esperava, o Sporting emprestou Jonathan Silva até final da época ao Boca Juniors. O clube argentino assegura os salários do lateral esquerdo, de 21 anos, e fica com direito a receber uma compensação monetária dos leões caso estes vendam o ex-Estudiantes. Jonathan reconheceu à TyCSports que ir para o Boca é um passo importante para conseguir marcar presença nos Jogos Olímpicos, acrescentando que não há diferenças entre as condições dadas pelo clube comandado por Arruabarrena e os emblemas europeus.

Noutro âmbito, e através de um comunicado à CMVM, o Sporting confirmou que vai ter de pagar 12 milhões de euros à Doyen na sequência da decisão do TAS. Comunicado:
«Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD (Sporting SAD), vem informar o mercado que:
1. No âmbito da acção a correr junto do Tribunal Arbitral do Desporto de Lausanne com relação aos contratos denominados “Economic Rights Participation Agreement” (ERPA) celebrados entre a Sociedade e a Doyen Sports Investment Limited, com referência aos jogadores Marcos Rojo e Zakaria Labyad, a Sociedade foi notificada na presente data da sentença proferida por aquele tribunal o qual decidiu pela validade dos referidos ERPA, tendo condenado a Sporting SAD no pagamento de € 12.013.990,00, acrescido dos concomitantes juros.
2. Ademais é conferido à Doyen, em caso de futura venda do atleta Marcos Rojo pelo Manchester United acima de € 23.000.000,00, o direito a receber 75% do montante que a Sporting SAD venha a receber, que corresponde a 20% da mais valia acima do identificado valor.
3. A Sporting SAD não se conforma com a sentença pelo que, tendo em vista a defesa dos seus legítimos interesses, se encontra a avaliar os mecanismos legais e processuais ao seu dispor.

Etiquetas: