Jesus chama reforço; Valencia agrava crise; PSG (com mais um golaço de Ibra) bate recorde; Reviravolta do Benfica no Clássico em Hóquei em Patins

Qual deve ser o 11 de Jorge Jesus? É natural que o técnico leonino, devido ao esforço na Taça de Portugal, altere 4/5 elementos. Schelotto, que ao contrário de Bruno César e Zeegelaar pode ser opção frente ao FC Porto, até tem aqui uma excelente oportunidade para ganhar algum ritmo, veremos se a lateral ou a extremo (os leões tem algum défice de velocidade).

Ezequiel Schelotto é a principal novidade da lista de convocados do Sporting para o jogo deste domingo com o União da Madeira. O italo-argentino, anunciado como reforço há um mês, foi chamado primeira vez por Jorge Jesus. Já Teo, Jonathan Silva e Paulista não integram a convocatória. Lista de convocados: Guarda-redes: Rui Patrício, Boeck e Azbe Jug; Defesas: João Pereira, Esgaio, Paulo Oliveira, Jefferson, Ewerton e Naldo; Médios: Schelotto, William, João Mário, Aquilani, André Martins, Matheus e Adrien; Avançados: Montero, Ruiz, Slimani, Tanaka e Gelson.

Os parisienses fecharam a 1.ª volta com 51 pontos, um recorde na história da Ligue 1 - Com mais um golaço de Ibrahimovic (um bilhete ao ângulo) e um bis de Di Maria o PSG bateu, fora, o Caen, por 3-0 e consolidou ainda mais a liderança na Ligue 1. Trapp também se destacou na baliza ao defender um penalti.

Cancelo destacou-se a extremo direito numa 1.ª fase e depois, a partir dos 35 minutos, a lateral esquerdo - Não está fácil para Gary Neville. O Valencia empatou, em casa, a 2, com o Getafe, e está cada vez mais longe do Top 4. Neville, que em 4 jogos soma 2 empates para a Liga, uma derrota na Champions e apenas um triunfo contra uma equipa secundária na Taça, deu a titularidade a Danilo, Parejo, Alcácer, Piatti, André Gomes e Cancelo, tendo sentado Mina, Paul e Negredo. O primeiro golo do encontro foi apontado por Sarabia, ao minuto 10. Mas Alcacér, assistido por Cancelo, empatou aos 15, no entanto não demorou muito a que os visitantes voltassem para a frente do marcador, por intermédio de Lafita. Ainda antes do intervalo (35'), Mina, que tinha acabado de entrar, fez o 2-2 e fixou o resultado final.

Dragões estavam a vencer 4-3 a um minuto do apito final, mas Nicolia voltou a fazer a diferença - Num jogo de loucos, o Benfica derrotou o FC Porto, por 6-4 na 11.ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins e manteve o pleno de vitórias na prova. Ao intervalo o resultado estava em 1-0 (Remate de Nicolia e desvio do portista Gonçalo Alves para dentro da baliza), a favor das águias, mas logo a abrir o 2.º tempo o FC Porto passou para a frente com golos de Hélder Nunes e Jorge Silva. Nicolia ainda empatou, mas Vítor Hugo e Rafa colocaram o marcador nos 2-4 a 2 minutos do fim. Quanto parecia que o jogo estava feito, Nicolia reduziu para o 3-4 e no último minuto Tiago Rafael e Miguel Rocha consumaram a reviravolta.

Etiquetas: , , ,