«Com William e João Mário ficámos pior»; Fiorentina não consegue travar recuperação da Juventus (Pogba e Dybala fizeram a diferença), Nápoles em 2.º

Aviso ou uma tentativa de "abanar"? É que William no último ano e meio tem no máximo uma dezena de boas exibições e esta época, particularmente no último mês, tem estado particularmente mal; Já este correctivo a João Mário parece fazer menos sentido, considerado que o polivalente tem sido dos melhores elementos dos leões.

Jorge Jesus com a frontalidade que se lhe reconhece não teve problemas em criticar William Carvalho e João Mário, que foram suplentes utilizados na vitória frente ao Moreirense. O técnico do Sporting afirmou que os 2 médios quando entraram em campo não só não acrescentaram nada ao jogo como ainda pioraram a performance leonina. "Os jogadores que iniciaram hoje o jogo estiveram muito bem. Continuaram a dar valor à equipa. Tivemos bons momentos e momentos menos bons. Na segunda parte, fiz entrar o William e o João Mário e pensei que a equipa fosse ficar melhor, mas não ficou. Ficou pior. A equipa deixou de pressionar", disse JJ na flash-interview.

Há um mês e meio parecia óbvio colocar a Vecchia Signora fora da corrida, agora já parece natural colocá-la como principal candidato; Fiorentina criou pouco em termos ofensivos, mas podia perfeitamente ter segurado o empate (a capacidade de Pogba e de Dybala fizeram a diferença) - Mais um triunfo, o 6.º consecutivo, para a Juventus na Série A. O campeão italiano derrotou a Fiorentina, por 3-1, e está agora apenas a 2 pontos do 2.º lugar e a 6 do 1.º. A equipa de Paulo Sousa até entrou melhor, com Ilicic a inaugurar o marcador logo aos 3 minutos, mas Cuadrado, num belo lance, empatou logo aos 6. No 2.º tempo, o jogo continuou a ser equilibrado, mas a 10 minutos do fim, no 1.º erro dos Viola a Juve não perdoou. Mandzukic recuperou, tocou para Pogba, o francês transportou e deixou Dybala em boa posição, o guardião da Fiorentina ainda defendeu mas na recarga Mandzukic fez o 2-1. Em cima dos 90, Dybala, assistido por Cuadrado, com uma grande finalização ampliou. A Fiorentina até teve mais bola, mas a capacidade individual e experiência dos campeões desequilibrou; No outro jogo grande da 16.ª jornada da Série A, Nápoles e Roma empataram a 0. Com esta igualdade o conjunto de Sarri subiu ao 2.º lugar (apesar de ter os mesmos pontos da Fiorentina), já os romanos continuam em queda.

Etiquetas: ,