«Só o melhor do Mundo não chega... precisamos que 10/15 jogadores estejam bem»

Quem são os elementos mais importantes? O teste frente à Rússia demonstrou que veteranos como Carvalho e Tiago continuam a não ter substitutos à altura.

Fernando Santos acredita que Portugal tem  uma palavra a dizer no Euro'2016, mas relembra que Cristiano Ronaldo não é capaz de fazer tudo sozinho e diz que o futebol não é uma “ciência exata”. “Queremos chegar à final e vencê-la. Tenho consciência de que não partimos como favoritos. As pessoas pensam que eu sou maluco, mas eu não sou propriamente maluco. Os favoritos são a França, que joga em casa, a Alemanha, a Espanha... E há sempre mais duas ou três equipas, como a Itália, a Inglaterra... O que eu sempre disse é que Portugal faz parte de um grupo de seleções que tem uma palavra a dizer. Penso que temos essas condições para alcançar esse feito”, começou por dizer numa entrevista ao Expresso. Antes de acrescentar: “Temos a felicidade de ter o melhor jogador do Mundo, mas não temos um campo de recrutamento tão alargado quanto as outras seleções. Temos 10, 15 futebolistas que precisamos que estejam bem fisicamente e psicologicamente com vontade de jogarem mais sete, oito jogos depois de uma época que será, claro, desgastante nos clubes. E há um fator sorte. Futebol não é matemática, não é ciência exata. E Ronaldo? Sozinho, ele não chega para fazer tudo”, afirmou o seleccionador nacional.

Etiquetas: