Ronaldo aponta principais rivais na corrida pela Bota de Ouro; Boavista dispensa Uchebo e mais 3

Este ano a corrida parece mais "aberta". Alex Teixeira, do Shakhtar, lidera, com 28.5 pontos, seguido de Lewandowski e Aubameyang, ambos com 28 pontos. Mas Muller, Neymar, Higuain, Suarez, e o próprio Messi (que já demonstrou que em 4 ou 5 jornadas consegue atenuar logo a diferença) podem dar luta a CR7.

Cristiano Ronaldo é o único jogador a ter conquistado a Bota de Ouro por 4 vezes, mas não quer ficar por aqui. O português, actual detentor do troféu dado ao melhor marcador das Ligas Europeias, no entanto reconhece que a a concorrência tem qualidade. "Há muitas avançados de grande qualidade por essa Europa fora. Na Liga Inglesa, Alemã. Rooney, Agüero, Lewandowski, Neymar, Suárez. O Benzema também está em muito boa forma. São todos excelentes mas eu quero continuar a ganhar. Vamos ver o que acontece", afirmou. O craque do Real Madrid assumiu igualmente que nesta fase já é um jogador diferente do inicio da carreira: "Sou mais um jogador de área do que um extremo. Os golos fazem-se dentro da área e esse instinto que tenho pelo golo fez-me mudar um pouco o meu estilo".

Surpreende o timing e a saída de Uchebo, que vinha de 5 jogos consecutivos a titular - O Boavista anunciou hoje a dispensa de 4 jogadores por necessidade de «redução do plantel». Diego Lima, Leozinho, Pouga e Uchebo foram os jogadores dispensados pelos axadrezados. Comunicado do Boavista: "Por razões de natureza técnica, a Administração da Boavista, SAD e a Equipa Técnica, segundo parecer desta, acordaram na necessidade de diminuir o plantel. Assim, foi decidido que os jogadores: Diego Lima, Leonardo Ferreira (Leozinho), Christian Pouga e Michael Uchebo passarão a ter um treino diversificado, de modo a que mantenham as suas melhores condições físicas e técnicas, face à sua transferência, no limite quando abrir o mercado de Janeiro, o que foi comunicado em primeira mão aos mesmos. A Boavista, SAD continuará a cumprir todas as obrigações decorrentes do contrato de trabalho desportivo e das normas que o regem, bem como das recíprocas regras próprias da disciplina. Do mesmo modo, continuará a proporcionar aos referidos atletas boas condições de trabalho, assegurando-lhes meios técnicos e humanos, enquanto não for encontrada uma solução definitiva, que tentaremos alcançar em conjunto e o mais rápido possível! Desta forma, fica o plantel reduzido a um número que, por razões técnicas, é entendido como mais adequado, de 25 Jogadores, tendo-se aproveitado o período de paragem para o efeito, sendo que o estágio que amanhã se inicia já obedecerá a esta realidade".

Etiquetas: ,