Os 5 craques do futuro para Ronaldo; Lakers vencem, mas só dá Curry na NBA

Concorda? Surpreende (ou talvez não) que numa fase em que estão a aparecer muitas jovens promessas em Portugal nenhuma tenha sido destacada por CR7.

Cristiano Ronaldo tem se fartado de dar entrevistas na última semana para promover o seu filme. Entre declarações sobre a rivalidade com Messi e a incerteza sobre o futuro, à BBC o maior goleador na história do Real Madrid e actual detentor da Bola de Ouro, falou sobre os jogadores que podem ocupar o posto de melhor do mundo no futuro. Para o internacional português Neymar "talvez" seja um desses. "Vejo muitos jogadores com potencial. Destaco Odegaard, do Real Madrid, por exemplo. Ainda é jovem, tem apenas 16 anos, mas dá para ver que é um excelente jogador. Hazard, também, e o camisa 7 do Manchester United, Depay. Além de Pogba e, talvez, Neymar", analisou o avançado do Real Madrid.

LeBron, Paul George e Harden estão a começar a carburar, mas a NBA neste momento "pertence" a Curry -  Os campeões Warriors são agora a única equipa só com vitórias em 2015-16. Com Curry novamente em grande (34 pontos, 10 assistências e 7 ressaltos), Golden State não teve dificuldade em bater os Nuggets por 119-104. O MVP do ano passado tem concentrado as atenções neste arranque da época regular com as suas exibições; Quem perdeu a invencibilidade foram os Raptors, que foram derrotados em Orlando por 87-92. Tobias Harris (20 pontos) foi o destaque de uma jovem equipa dos Magic que não fosse a inexperiência já podia ter pelo menos mais duas vitórias; Nos outros jogos, a noticia é a 1.ª vitória dos Lakers, que foram a Brooklyn vencer os Nets por 104-98. Numa partida entre duas equipas que ainda não tinham vencido, Kobe foi o melhor marcador da equipa de LA, com 18 pontos; Já os Cavs (LeBron marcou 31) bateram os 76ers por 108-76, os Celtics não deram hipóteses aos Wizards (118-98, no 1.º período já venciam por 15); e os Bucks derrotaram os Knicks (99-92, num jogo em que Henson fez a diferença vindo do banco com 22 pontos); nos outros duelos, Paul George contribuiu com 36 pontos na vitória dos Pacers frente aos Heat (90-87); Atlanta agravou a crise dos Pelicans (121-115, apesar dos 43 pontos de Anthony Davis), os Pistons foram a Phoenix vencer por 100-92 (Morris "vingou-se" de Hornacek com 20 pontos), e Harden marcou 43 (ainda fez 13 assistências) na vitória dos Rockets frente aos Kings (116-110).

Etiquetas: