O Benfica e Malcom; Olsen deixa a Dinamarca; SAD do Sporting de Braga regista prejuízo de 1,3 milhões de euros em 2014/15

A menos que Gaitán seja transferido em Janeiro, com a aquisição de Cervi, a afirmação de Guedes, o regresso de Salvio e o desejo de assegurar Zivkovic, não faz sentido a contratação de mais um extremo.

O Benfica está fortemente interessado em Malcom, já fez inclusive uma proposta de 6 milhões de euros pelo craque do Corinthians, ou então não. As águias através do seu site oficial, contrariando os jornais desportivos portugueses, desmentiram qualquer interesse no brasileiro de 18 anos. "Contrariamente ao que tem sido veiculado pela imprensa, o SL Benfica esclarece que não está interessado em Malcom, nem fez qualquer proposta pelo jogador", pode ler-se no comunicado do clube da Luz.

Os dinamarqueses tem um elenco interessante e relativamente jovem, com Wass, Kjaer, Vestergaard, Andreas Christensen, Pierre Højbjerg, Eriksen, Bendtner, Yussuf Poulsen, Viktor Fischer ou Pione Sisto -  Morten Olsen voltou a falhar e desta vez saiu mesmo do comando técnico da Dinamarca. Depois do não apuramento para o Mundial'2014 a eliminação frente à Suécia no playoff para o Euro'2016 foi a gota de água que encerrou um percurso de 15 anos à frente dos dinamarqueses. Para Olsen, "os últimos meses foram frustrantes", ao ser obrigado a disputar o 'play-off' (terceira no seu grupo, atrás de Portugal e Albânia) e perder com a rival Suécia. "Não consegui encontrar estabilidade nas nossas prestações nem nas nossas composições da equipa. Assumo a responsabilidade", disse.

As transferências de Santos para o Valência e de Pardo para o Olympiakos ainda não estão contabilizadas no balanço deste exercício, já que ocorreram após 30 de junho, caso contrário a SAD apresentaria um lucro superior a seis milhões de euros -  A Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do futebol do Sporting de Braga registou um resultado líquido negativo de 1,3 milhões de euros na época 2014/15. Este resultado está em linha com o orçamentado para a época passada, somando-se, apesar disso, ao do ano anterior (2,3 milhões negativos), depois de quatro épocas de lucro. Para o exercício de 2014/15, e apesar do resultado negativo, "foram fundamentais para o equilíbrio" das contas, as mais-valias resultantes das transações dos passes dos jogadores Éder, Zé Luís e Ruben Micael, que representam quase a totalidade dos 17 milhões de euros registados (mais valia contabilística de 10,5 milhões após o abate do passe, da dedução das respetivas comissões e em função das percentagens dos passes detidas pela SAD). Numa época em que a Braga SAD não competiu nas provas da UEFA, registou-se um acréscimo do EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) na ordem dos 61 por cento, ascendendo a 2,9 milhões de euros, o que supera os 1,8 milhões da época anterior. A SAD apresenta capitais próprios de aproximadamente 10 milhões de euros, originando uma autonomia financeira de cerca 27 por cento, "caso ímpar neste setor de atividade". A SAD logrou ainda a redução do passivo bancário efetivo em 45 por cento, no valor de 3,6 milhões de euros. O passivo bancário efetivo, que era de 8,1 milhões de euros no fecho do exercício 2013/14, situava-se a 30 de junho deste ano nos 4,5 milhões de euros. Fonte: Agência Lusa

Etiquetas: , ,