Nápoles oferece 20 ME por defesa da Juventus; Ucrânia ganha vantagem; Bombista tinha bilhete para o França-Alemanha

Parece que uma das intenções foi provocar o cancelamento do Euro'2016. 

De acordo com o "Wall Street Journal", pelo menos um dos terroristas que se fez explodir à porta do Stade de France tinha bilhete para assistir ao França-Alemanha e só não entrou no recinto, que teve 80 mil pessoas nas bancadas, porque o cinturão de explosivos foi detectado na revista. Segundo um dos seguranças que estava de serviço na altura o terrorista tentou entrar no estádio aos 15 minutos de jogo, mas durante a habitual revista os funcionários do estádio detectaram os explosivos. O homem recuou imediatamente e fez-se explodir antes de poder ser detido. O "Wall Street Journal", adianta ainda que o plano dos jihadistas era detonar os explosivos nas bancadas, provavelmente na esperança de causar ainda mais mortes com a fuga em pânico dos espectadores.

É um dos centrais mais promissores da actualidade (no último Verão foi fortemente pretendido pelo Arsenal) mas ainda só participou em 1 jogo esta época (com Chiellini e Bonucci, nos próximos tempos dificilmente terá espaço) - A Juventus deve animar o mercado de Inverno, não só no que diz respeito a entradas como a saídas. Depois de um arranque de 2015-16 complicado a Vecchia Signora pretende aproveitar o mês de Janeiro para retocar o plantel. Vários são os jogadores que podem entrar - Óscar, do Chelsea, é o mais falado - mas há um elemento que também pode sair: Daniele Rugani. O central, de 21 anos, é fortemente pretendido por Sarri, que o treinou no Empoli, e a La Gazzetta dello Sport dá hoje conta que o Nápoles vai oferecer 20 milhões de euros para garantir o seu passe.

Ucranianos tem mais argumentos - A Ucrânia ficou mais próxima de garantir um lugar no Euro 2016, depois de derrotar a Eslovénia, por 2-0, em jogo da primeira mão do play-off. Yarmolenko deu sequência ao maior domínio dos anfitriões e numa jogada que começou em Konoplyanka fez o 1-0 aos 23 minutos, tendo Seleznyov ampliado no 2.º tempo. 

Etiquetas: ,