Madjer eleito o melhor jogador do Mundo; Ex-Real Madrid oferecido ao Barcelona; Não há ponto de viragem no Vit. Guimarães; AC Milan escorrega (Donnarumma esteve em destaque)

Portugal fica com o melhor do Mundo nas 3 vertentes: Futebol (Ronaldo), Futsal (Ricardinho) e Futebol de Praia.


Madjer foi eleito o melhor jogador do mundo de futebol de praia de 2015, na Gala Internacional da modalidade, no Dubai, sucedendo ao brasileiro Bruno Xavier, que venceu a edição inaugural, em 2014. O português, de 38 anos, que também integra a equipa do Ano, junta assim o título individual ao Mundial conquistado em Espinho. Numa noite quase perfeita para Portugal (faltou o prémio para Andrade nos melhores guarda-redes), Mário Narciso foi eleito o melhor treinador, Bé Martins o jogador em ascensão e Madjer o autor do golo do ano. A organização do Campeonato do Mundo, em Espinho, também ganhou no melhor evento do Ano.

Boa opção (os catalães em Janeiro já vão contar com Arda e Vidal mas se continuarem com esta onda de lesões só esses 2 reforços não vão chegar) - De acordo com a imprensa italiana, Kaká, antigo jogador do Real, terá sido oferecido ao Barcelona. O médio ofensivo do Orlando City pretende jogar enquanto a Major League Soccer não (re)começa, até para continuar a ser opção para Dunga e encarava com "bons olhos" um regresso à La Liga, onde pretende deixar outra imagem depois de uma passagem pouco feliz por Madrid, por outro lado ajudaria os blaugrana a superar as várias ausências que têm na zona intermediária - lesões de Rafinha e Rakitic.

Insulares (que só tinham 8 pontos em 9 jogos) ainda não tinham vencido fora - Mais um resultado negativo para Sérgio Conceição. O Vit. Guimarães, que tinha interrompido um ciclo negativo na última jornada em Paços de Ferreira, com um golo de Valente no minuto 90, foi derrotado em casa pelo Nacional (0-1). Soares, aos 37 minutos, apontou o único golo da partida. Jogo dividido, com os insulares a aproveitarem uma falha da defesa do Vitória para fazerem o golo - distracção de Luís Rocha, João Aurélio ganha na área e cruza, Douglas ainda intercepta mas a bola sobra para Soares que não perdoa e faz o 1-0 - e depois a controlar. A equipa de Manuel Machado esteve sempre sólida a defender, geriu o tempo do jogo e foi criando perigo nas transições, já os vimaranenses, apesar de terem tido mais iniciativa, jogaram sempre mais com o coração do que com a cabeça, e só nos descontos ameaçaram o empate, com Valente dentro da área a passar por 2 jogadores mas não conseguir bater Rui Silva (que já na primeira parte tinha tirado um golo a Tomané).

Os visitantes foram melhores mas não conseguiram ultrapassar Donnarumma (guardião de apenas 16 anos), que salvou o golo por diversas vezes - Ponto final no ciclo positivo do Milan (vinha de 3 vitórias consecutivas). Os rossoneri, a jogar em casa, não foram além do empate a 0 frente a Atalanta, num jogo em que a equipa de Bérgamo esteve melhor, principalmente na 2.ª parte.

Etiquetas: , , ,