Liverpool goleia na casa do agora ex-líder; Bayern deixa concorrência a 8 pontos

Premier League completamente ao rubro. Com tanto equilíbrio nesta fase é impossível apontar um favorito. Ainda há umas jornadas parecia que ia ser uma luta entre Gunners e Citizens, e agora até já foram ultrapassados por Man Utd e o surpreendente Leicester.

Depois dos 3-1 no terreno do Chelsea o Liverpool de Klopp fez ainda melhor ao golear em Manchester o agora ex-líder City por 4-1. Resultado que permite aos Reds subir apenas ao 9.º lugar mas que essencialmente altera o cenário no topo da tabela, com o Leicester a ser agora o líder isolado com mais 1 ponto que o Man Utd e 2 que City e Arsenal. Pellegrini apostou na dupla Mangala-Demichelis e deu-se mal, o ex-FC Porto inaugurou o marcador com um golo na própria baliza logo aos 7 minutos o que ajudou a definir o rumo do jogo. Os anfitriões tiveram de assumir ainda mais mas esbarram sempre na organização do Liverpool, tendo conjunto de Klopp aproveitado para castigar com transições criteriosas quase sempre lideradas por Coutinho, tendo o brasileiro feito o 2-0 e assistido para o 3-0 de Firmino, que finalizou uma bela jogada dos Reds. O melhor que o City conseguiu foi reduzir em cima do intervalo com um belo remate de Aguero. Na 2.ª parte, o City continuou a ter mais posse, mas esbarrou sempre na coesão dos Reds e acabou por sofrer ainda mais um golo, por intermédio de Skrtel. A nível individual, Coutinho (que parece talhado para os grandes jogos) voltou a fazer a diferença, Firmino (que se estreou a marcar pelos Reds e jogou como falso 9, tendo sentado Benteke e Sturridge) também realizou a melhor exibição desde que chegou à Premier League. Can e Lucas dominaram no meio campo. Mas a boa surpresa foi Lallana, que tanto com bola, como no trabalho defensivo, esteve a um nível que ainda não se tinha visto com a camisola dos Reds.

Os bávaros (que já vão no melhor arranque de sempre com 12 vitórias em 13 jogos) somaram uma importante vitória num dos terrenos teoricamente mais complicados, aumentando assim para 8 a vantagem em relação ao Dortmund - No jogo grande da 13.ª jornada o Bayern derrotou fora o Schalke 04, por 3-1, e consolidou ainda mais a liderança na Bundesliga. Alaba deu vantagem ao conjunto de Guardiola, num lance em que a bola ressalta num defesa e trai o guarda-redes da casa, tendo Meyer empatado pouco depois (Neuer fica mal na fotografia). Na 2.ª parte, Javi Martinez colocou o campeão novamente na frente, num cabeceamento após cruzamento de Robben, e Muller fechou as contas perto do fim. Mais cedo, o Wolfsburgo cilindrou o Bremen por 6-0, tendo os golos sido apontados por Max Kruse (bisou), Vieirinha, Guilavogui, Bas Dost e Gálvez, num auto-golo logo no início. Por outro lado, o Leverkusen venceu fora o Frankfurt por 3-1 (Chicharito bisou e Çalhanoglu marcou o outro tento, Medojevic marcou para a formação da casa), o Augsburgo goleou na casa do Estugarda por 4-0 (Jan-Ingwer Callsen-Bracker,Koo Ja-cheol, Esswein e auto-golo de Baumgartl), enquanto que Mainz e Colónia não sairam do nulo. Por fim, o Gladbach continua em recuperação e bateu o Hannover em casa por 2-1. Ibrahima Traoré e Raffael garantiram o triunfo, tendo Sobiech reduzido pelo meio.

Etiquetas: ,