Benfica contrata Hulk da Maia; Chuteira de Mauro trama o Sp. Braga

Desperdicio de Batshuayi evitou um resultado mais expressivo; Gverreiros, que jogaram sob protesto devido ao episódio das chuteiras, ainda ameaçaram o empate nos últimos 10 minutos, mas no geral foram quase sempre inofensivos e fartaram-se de acumular erros na defesa, valeu Matheus que, com várias defesas de bom nível, foi a grande figura do encontro.

O Sporting de Braga foi derrotado em Marselha por 1-0, numa partida em que o conjunto de Paulo Fonseca não conseguiu apresentar o seu melhor futebol (poucas vezes chegou perto da baliza de Mandanda, excepção feita à parte final). Apesar desta derrota, os Arsenalistas continuam na liderança do grupo, bastando vencer o próximo jogo em casa frente ao Groningen para garantir o apuramento para a próxima fase. Quanto à partida, o Sporting Braga entrou disposto a aplicar o seu futebol de posse e circulação, com Alan, a aparecer bem a pegar na bola na meia-direita. No entanto, a primeira grande chance de golo foi para a equipa da casa, quando aos 10 minutos Vukcevic, na saída de bola, oferece o esférico a Batshuayi que dispara rasteiro e forte para uma grande defesa de Matheus. Nos primeiros três minutos, os Minhotos conseguiram condicionar bem a construção da equipa do Sul de França, a qual era previsível na saída de bola, mas não conseguiram criar perigo para Mandanda. Até que aos 28’, numa boa combinação entre Isla e Ocampos, o Chileno cruza e Boly, ao tentar corta de cabeça, quase faz auto-golo, acertando na barra, tendo esta situação marcado uma viragem no jogo, já que a partir daqui os locais tiveram várias oportunidades e os Portugueses apresentaram-se muito desacertados. Pouco depois, Batshuayi consegue isolar-se mas remata por cima, com os Franceses a chegaram mesmo ao golo inicial quando Mauro perde a bola para N’Koudou e este a conduz e  remata sem hipóteses para Matheus. O Sporting de Braga perdia claramente o intervalo, a equipa somava perdas de bola e, ao 45’, Batshuayi isola-se, mas Matheus num primeiro momento evita que o Belga o drible e depois consegue também defender o chapéu de Mendy, garantindo assim que o resultado ao intervalo fosse de 1-0. A primeira oportunidade de golo do segundo tempo surgiu perto da hora, quando Batshuayi voltou a apanhar a defesa do Braga descompensada e serviu Ocampos, que, felizmente para os Arsenalistas, rematou fraco para as mãos de Matheus. Cinco minutos depois, nova grande oportunidade para Batshuayi (atirou por cima após remate acrobático falhado de Cabella), que continuava a dar muito trabalho à defesa mas a despediçar na finalização. Na parte final do jogo, o Sporting de Braga, que até aí quase nada tinha criado ofensivamente, tentou forçar o empate, e aos 80’, o recém-entrado Wilson Eduardo forçou Mandanda a aplicar-se pela primeira vez no encontro, sendo que dois minutos depois foi Rafa a servir Crislan, que em boa posição permitiu a defesa de Mandanda. Na resposta, Ocampos, de cabeça, voltou a fazer Matheus brilhar, com a bola a bater ainda na barra, mas o resultado não se alteraria. Destaque para a fraca partida do Sporting de Braga, com Matheus a ser a unidade mais em foco, com um conjunto de defesas de nível, sendo que Mauro esteve particularmente mal, somando várias perdas de bola, uma das quais resultou no golo do Marselha, equipa que viu Batshuayi dar muito trabalho na frente mas pecar muito na finalização.

As águias tem adoptado esta política de aumentar o elenco da equipa de juniores com elementos que já jogam nos seniores, o ano passado fizeram o mesmo com Flávio Silva (Torreense) e Witi (Nacional) - O Benfica anunciou a contratação de André Ribeiro, extremo do Maia Lidador, de apenas 17 anos. O jovem, que é conhecido por Hulk, já alinhava pela equipa sénior, na Divisão de Honra da AF Porto, tendo apontado 5 golos em 9 jogos. André Ribeiro, que deve ser utilizado na equipa de juniores, assinou até 2019.

Etiquetas: , , ,