Arsenal, Sevilha e Juventus também cobiçam brasileiro que foi desmentido pelas águias; Benfica derrota Liverpool (João Carvalho jogou como falso 9); Dortmund dá margem ao Bayern; Portimonense elimina Belenenses

Hélder Cristóvão apresentou um 11 com Miguel Santos; Hildeberto, João Nunes, Rúben Dias e Rebocho; Pedro Rodrigues, Gilson Costa, Pawel Dawidowicz; Diogo Gonçalves, João Carvalho e Sancidino. Destaque para a continuidade de Hildeberto na lateral direita, a presença de 3 médios de cariz defensivo, a utilização de João Carvalho como falso 9 e a veia goleadora de Diogo Gonçalves, que continua a fazer estragos (4 golos na Premier League e 7 na Champions para Juniores).

O Benfica B voltou a vencer na Premier League International Cup (3 vitórias em 3 jogos) e, ao contrário do que aconteceu na temporada passada, consumou a passagem para os quartos de final da competição.  Os encarnados bateram a equipa do Liverpool por 2-0, com golos de Diogo Gonçalves (1 golo e 1 assistência) e João Carvalho.

No Verão foi apontado ao Sp. Braga, agora volta a agitar o mercado (até dá a ideia que é o empresário que está a tentar potenciar algum negócio) - Malcom depois de ter feito capa nos jornais portugueses, o que motivou um comunicado do Benfica a desmentir que esteja interessado no Corinthians, é hoje noticia em Itália, Inglaterra e Espanha. O extremo brasileiro, de 18 anos, está a ser associado ao Arsenal, Sevilha e Juventus.

Bayern pode cavar uma vantagem de 8 pontos - A paragem para selecções fez mal ao Dortmund. No jogo de abertura da jornada 13 da Bundesliga a equipa de Tuchel perdeu por 1-3 em Hamburgo e pode ficar ainda mais distante do Bayern. Lasogga abriu o activo de penalti aos 19 minutos e Holtby ampliou perto do intervalo. Na 2.ª parte Hummels marcou na própria baliza e a partida ficou resolvida. O melhor que o Dortmund conseguiu foi reduzir para Aubameyang aos 87 minutos.

Meio campo dos algarvios, com Marcel, Ewerton, Dener e Fabricio, fez a diferença, tanto ao nível da pressão como na ocupação do espaço central e nas transições para o ataque. O experiente Ricardo Pessoa (secou Kuca e esteve no cruzamento do último golo) também esteve em destaque, sendo que André Carvalhas acabou por dar outro critério quando entrou. Já no Belenenses (que acabou por perder bem, tal foi a superioridade dos anfitriões na maior parte do jogo), os melhores foram André Sousa (que saiu demasiado cedo) e Gonçalo Brandão - Na abertura da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, o Portimonense derrotou o primodivisionário Belenenses por 3-2, colocando fim ao sonho dos Azuis do Restelo na competição. Num jogo intenso e bem disputado, o conjunto algarvio acabou por ser mais forte durante o primeiro tempo e ao intervalo já vencia por 2-0 (golos de Zambujo e Ewerton), fazendo jus ao estatuto de 2.º melhor ataque da II Liga. No entanto, o conjunto de Sá Pinto reagiu no 2.º tempo e, após Rúben Pinto ter reduzido através de um grande pontapé de fora da área, Gonçalo Silva empatou o jogo num canto. A partir daí as equipas tentaram evitar o prolongamento, sendo que a felicidade sorriu aos da casa, com Ewerton, um dos melhores em campo, a oferecer o triunfo à turma de José Augusto já nos descontos (92 minutos).

Etiquetas: , , ,