A novela Pastore; Tottenham já só está a 4 pontos da liderança; Amarante afasta Marítimo da Taça de Portugal; União perde nos Penaltis; Penafiel, Vit. Setúbal, Estoril, Boavista e Nacional seguem em frente

Um dos jogadores Top que mais se "apagou" em 2015-16, até ao momento. O argentino foi um dos 3 melhores jogadores do campeão francês na época passada mas este ano pouco tem jogado - apenas 46 minutos na Champions e só titular em 6 partidas da Ligue 1.

Segundo o Le Parisien, o PSG está irritado com Javier Pastore. Tudo começou a 25 de Outubro, nesse dia o líder da Ligue 1 enfrentava o St. Etienne e o argentino ficou indisponível devido a uma conjuntivite. No entanto a ausência passou de 3 para 10 dias e quando recuperou um problema muscular voltou a afastá-lo das opções de Blanc. Ainda assim foi chamado para a selecção Argentina mas, apesar de não ter somado minutos, atrasou-se no regresso a Paris, chegando fora da data prevista, o que mereceu um forte reparo da direcção do clube. E este comportamento parece não ser algo casual. Em França adiantam que o objectivo do extremo/médio ofensivo, que tem perdido protagonismo esta temporada, é forçar uma saída em Janeiro, sendo que a Juventus e o Chelsea parecem estar interessados no seu concurso.

Grande surpresa na quarta ronda da Taça de Portugal - O Amarante foi o principal "tomba-gigantes" desta fase ao eliminar o Marítimo. A equipa do 3.º escalão do futebol derrotou o conjunto insular (1-0) com um golo de Miguelito, numa partida em que Marega foi expulso a 10 minutos do fim; Quem também ficou pelo caminho foi o União da Madeira, que perdeu nos penaltis (4-5) frente ao Desp. Aves depois dos 3-3 nos 120 minutos; Já o Vit. Setúbal (1-0 ao Casa Pia; golo de Suk), Boavista (1-0 ao Operário de Lagoa, golo de Renato Santos) e Estoril (1-0 ao Caldas, golo de Dieguinho) sofreram mas acabaram por cumprir. Melhor esteve o Nacional, que goleou o Cova da Piedade por 5-0 (golos de Zainadine, Rui Correia, Agra e um bis de Witi). O Penafiel, da II Liga, também carimbou bilhete para os oitavos de final ao eliminar o Fafe nos penaltis depois do 1-1 nos 120 minutos.

Kane confirma o bom momento; Dele Alli está em grande - Mais um equipa a entrar na confusão que está o top da Premier League. O Tottenham goleou o sempre complicado West Ham (4-1) e está agora apenas a 4 pontos do 1.º lugar. Resultado que expressa bem o que se passou dentro das 4 linhas, com os Spurs a imporem uma grande dinâmica e qualidade no seu jogo, sendo que ao intervalo já venciam por dois golos (Kane e Alderweireld). Na 2.ª parte continuou a avalanche ofensiva e sem surpresa chegaram à goleada (outra vez Kane e Walker), que podia ter sido ainda mais expressiva. Dele Alli e Dembélé estiveram em grande no meio campo (incrível a capacidade física e amplitude de movimentos destes dois jogadores), Son fez uma excelente exibição (muita intensidade, encheu o campo e demonstrou que é um dos grandes reforços deste conjunto), enquanto que Kane bisou e deu continuidade à sua subida de forma (podia até ter feito mais um ou dois golos). Do lado dos visitantes, destaque apenas para o excelente golo de Lanzini já perto do fim, e para Adrián, que com algumas intervenções de qualidade, evitou que o resultado fosse mais expressivo.

Etiquetas: , ,