«A melhor equipa ficou pelo caminho»; Dybala resolve Clássico, Roma escorrega; FC Porto triunfa na Champions de Andebol; Arouca, Académica, Feirense e Gil Vicente nos oitavos-de-final da Taça

Concorda? Dá ideia que o departamento de comunicação das águias "queimou" o jovem extremo sem necessidade.

Gonçalo Guedes foi curto e directo na análise ao dérbi entre o Benfica e o Sporting para a Taça de Portugal, que terminou com o triunfo dos Leões por 2-1. «Foi muito injusto, a melhor equipa ficou pelo caminho. Eramos justos vencedores mas ficámos pelo caminho. É só o que a dizer», referiu o jovem internacional português na flash interview da Sport TV.

Vecchia Signora continua a recuperar; Roma desliza perto do fim e pode ficar mais distante dos líderes - Num dos jogos mais importantes dentro do futebol Italiano, a Juventus venceu o AC Milan por 1-0, e subiu, à condição, ao 6.º lugar da Série A (já os rossoneri caíram para a 7.ª posição). Num desafio marcado pelo duelo entre os guarda-redes Buffon e Donnarumma (quando o jovem do Milan nasceu já o capitão da Juve jogava na Série A), o único tento foi apontado por Dybala aos 65', finalizando bem de pé esquerdo após boa subida de Alex Sandro (que substitui Evra ainda na 1.ª parte). Em Bologna, a equipa da casa manteve a boa forma evidenciada desde a chegada de Donadoni ao comando técnico da equipa (2 vitórias e 1 empate), travando a Roma com um empate a 2 bolas. Aos 14', Masina aproveitou um ressalto para fazer o primeiro, tendo depois surgido um festival de grandes penalidades. Com efeito, Pjanic e Dzeko deram a volta ao marcador da marca dos 11 metros, mas Destro, já aos 87', empatou.

Excelente campanha europeia dos portistas - O FC Porto bateu o La Rioja (35-31), no Dragão Caixa, em jogo referente à oitava jornada do grupo C da Lida dos Campeões EHF e juntou-se à equipa espanhola e ao Meshkov Brest na liderança do agrupamento. Yoel Morales (7 golos), António Areia (5), Gilberto Duarte (4), Gustavo Rodrigues (4) e Miguel Matins (4) foram os melhores marcadores.

Arouca e Académica sobrevivem nas grandes penalidades, Feirense e Gil Vicente também confirmaram o favoritismo frente a clubes não profissionais - Na 4.ª eliminatória da Taça, Arouca e Académica sofreram perante equipas de escalões inferiores, mas conseguiram seguir em frente. Após nulo no tempo regulamentar e complementar, os arouquenses derrotaram o Chaves por 6-5 nas grandes penalidades, enquanto que a Académica triunfou na Trofa também nos penaltis por 4-1. Nos restantes desafios, o Gil venceu o Benfica Castelo Branco por 3-1 e segue em frente, tal como o Feirense que derrotou o Atlético da Malveira por 1-0.

Etiquetas: , , ,