Van Gaal não se fica a rir de Mourinho e Wenger; Barcelona travado pelo Villanovense; Fiorentina regressa às vitórias; Roma e Nápoles continuam a somar; Juventus afunda

Numa liga tão equilibrada ainda é precipitado afastar já a Vecchia Signora da luta, mas nesta fase Nápoles, Inter e Roma parecem ser os principais candidatos ao título (e a Fiorentina também pode ter uma palavra a dizer). A nível individual destaque novamente para Gianluigi Donnarumma, guarda-redes de 16 anos que hoje ajudou o Milan a ficar pela 1.ª vez em branco esta época.

A Juventus vai de mal a pior (continua no 12.º lugar) e somou mais uma derrota na Série A ao perder por 1-0 no terreno do Sassuolo. Nicola Sansone, aos 20 minutos, numa cobrança perfeita de um livre fez o único golo do encontro. Partida que fica marcada pela expulsão de Chiellini aos 39 minutos e pela inércia da Vecchia Signora em criar oportunidades de golo. Alex Sandro, uma das poucas notas positivas da equipa, fez os 90 minutos. A Lazio foi outra das formações que perdeu, num 2-1 em casa da Atalanta. Biglia, também de livre, ainda colocou os Laziale na frente do encontro, mas um auto-golo de Basta e um tento de Alejandro Gómez (excelente época) deram a volta ao encontro. Na outra face da moeda, a Fiorentina voltou aos trunfos ao vencer tranquilamente o Verona por 2-0. Com Vecino em destaque no meio campo, Rafa Márquez (na própria baliza) e Kalinic deram os 3 pontos à formação de Paulo Sousa. A Roma foi outra das formações que também venceu. Num encontro que contou com Bruno Fernandes a partir dos 58 minutos, os romanos derrotaram a Udinese por 3-1, com golos de Pjanic, Maicon (que esteve em destaque) e Gervinho (Théréau marcou para os forasteiros), e continuam a liderar o Calcio com mais 2 pontos que Fiorentina, Inter e... Nápoles. Que também ganhou por duas bolas de diferença, mas 2-0 no San Paolo frente ao Palermo. Higuaín e Mertens (dois elementos que têm brilhado) apontaram os golos da turma de Maurizio Sarri. Destaque ainda para o AC Milan que somou a sua segunda vitória consecutiva (primeira no campeonato sem sofrer golos) ao derrotar o Chievo por 1-0 e ascendeu ao 8.º lugar. O histórico de Milão, com Kucka em evidência no miolo, dominou o encontro praticamente todo, mas apenas aos 52’ conseguiu saltar para a frente do marcador com um tento de Antonelli. De resto, nota para a vitória do Frosinone, em casa, frente ao Carpi (2-1... Luca Marrone, que já foi apontado ao Benfica, marcou para os forasteiros) e para a igualdade a 3 entre Torino e Génova (Laxalt bisou pela formação de Gasperini).

Campeão europeu não conseguiu marcar a uma equipa da II divisão B - O Barcelona não foi além do 0-0 na visita ao terreno do Villanovense, em partida a contar para a Taça do Rei. Luís Enrique apostou em jogadores menos utilizados como Douglas, Vermaelen, Mathieu, Munir, Sandro ou Samper, mas mesmo assim esperava-se mais dos catalães. A eliminatória será decidida, na 2.ª mão, em Camp Nou.

A jogar em casa, frente a uma equipa do Championship, mas nem assim - O Man Utd, à semelhança do Arsenal e Chelsea, caiu nos oitavos-de-final da Taça da Liga ao perder nos penaltis frente ao Middlesbrough, depois do 0-0 nos 120 minutos. O Boro esteve perto de marcar em cima dos 90, no prolongamento, no entanto, os Red Devils foram superiores, pressionaram, mas o resultado não se alterou. Nos penaltis Rooney, Carrick e Young desperdiçaram e também não será nesta competição que Van Gaal vai conquistar um título em Inglaterra. 

Etiquetas: , ,