«Vamos defrontar 11 jogadores do Sporting, não sei se uma equipa»; Nolito marcou mais um golaço, mas Ronaldo, Danilo, Marcelo e Navas seguraram os 3 pontos na casa do líder

Vitória importante dos merengues no campo do líder, um terreno onde o rival Barcelona tinha caído de forma expressiva e perante uma equipa que pratica um bom futebol e que ainda não tinha perdido. Destaque para Navas, que continua a brilhar (guarda-redes em melhor forma no futebol europeu) e para Marcelo, sendo que Benítez, mesmo não tendo Benzema, Pepe, James e Bale continua a conseguir bons resultados. Por outro lado, o Celta, mesmo com 10, chegou a ameaçar o empate, tendo em Nolito o principal desequilibrador.

O Real Madrid assumiu a liderança da La Liga ao derrotar o Celta de Vigo no Balaídos por 3-1. Num jogo aberto e bem disputado, os merengues acabaram por chegar cedo à vantagem, graças a um golo de Cristiano Ronaldo a passe de Lucas Vázquez, elemento que, juntamente com Jesé, tem aproveitado as lesões dos companheiros para ter mais minutos do que seria de esperar. O Celta começou a crescer, mas foi o Real a ampliar o marcador, com Jesé a abrir para Danilo na direita que, sem marcação, não desperdiçou. No entanto, a formação da casa não baixou os braços e foi Keylor Navas a adiar o golo do clube galego por diversas ocasiões. Na segunda parte o jogo ainda ficou mais aberto. Vázquez desperdiçou na cara de Alvarez e pouco depois Cabral foi expulso. A expulsão parecia sentenciar o encontro, mas o Celta continuou a criar perigo. Após muito insistir, Nolito marcou um golaço de fora da área e relançou o jogo. Pouco depois, Guidetti desperdiçou na cara do guarda-redes costa-riquenho o que podia ser o 2-2. Até final, Ronaldo desperdiçou isolado, mas Marcelo (que tinha tirado um golo em cima da linha), no último lance, carimbou a vitória ao finalizar com sucesso um cruzamento de Cheryshev.

Rui Vitória parece querer colocar alguma pressão no lado contrário, mas a verdade é que o Sporting irá entrar na Luz à frente na classificação e os encarnados, até pelo facto de jogarem em casa e de já terem perdido frente aos dois rivais, quererão marcar uma posição e estão praticamente obrigados a vencer - Na antevisão ao derby deste Domingo, Rui Vitória apresentou-se focado no jogo e não quis comentar a polémica que tem rodeado a partida «Não houve troca de argumentos. Para mim nada disso importa. Importa, sim, é os jogadores, o Benfica ganhar e ser superior ao Sporting. Não perco o meu tempo com nada mais, o meu foco fundamental é preparar os jogadores e analisar a outra equipa». Por outro lado, o timoneiro do campeão nacional não quis alongar-se sobre o onze titular, mostrando-se ainda confiante no factor casa e na equipa demonstrar outra imagem em relação ao jogo na Turquia: «São contextos completamente diferentes. Este jogo tem um sabor diferente, uma coisa não tem necessariamente que afetar a outra», argumentou. Por fim, o técnico das águias realçou ainda que o momento actual é completamente diferente da altura da Supertaça e aproveitou para lançar uma farpa ao rival e manifestar a sua confiança na equipa de arbitragem: «Amanhã vai jogar uma equipa, que somos nós, contra onze jogadores do Sporting, não sei se será uma equipa ou não, com um árbitro internacional, que, parece-me, tem capacidade e está habituado a este tipo de jogos».

Etiquetas: , , ,