UEFA aplica um jogo à porta fechada ao Benfica mas com pena suspensa

Os clubes nestas situações acabam por estar sempre condicionados, e dificilmente podem evitar que este tipo de casos se repita. Uma das maneiras era proibir os infractores de assistir aos jogos em casa, mas isso até os motivava a provocar distúrbios nas partidas fora. 

O Comité de Ética e Disciplina da UEFA penalizou o Benfica com um jogo à porta fechada na sequência dos incidentes registados na partida com o Atlético Madrid, a contar para a 2.ª jornada da Liga dos Campeões. No entanto, a pena só será aplicada se nos próximos 2 anos se voltar a registar incidentes semelhantes em jogos dos encarnados. "A esta sanção acresce uma multa de 20 000 €", informa o clube da Luz no seu site oficial. As águias acrescentam ainda que: "Perante a gravidade dos incidentes registados em Madrid e perante o comportamento reiterado de uma minoria de adeptos que teima em penalizar o Sport Lisboa e Benfica, o clube irá estudar novas medidas a adotar nos jogos em que participa, de forma a combater os atos que reiteradamente nos têm colocado na mira disciplinar da UEFA. Entre essas medidas, a Benfica SAD admite implementar: a) A não requisição de bilhetes para jogos fora; b) A identificação de todos os detentores de bilhetes para jogos europeus", pode ler-se no comunicado do Benfica.


Etiquetas: