«Ronaldo nunca será um 9 puro»; Alvo do FC Porto na mira do Barça

Concorda? É uma opinião que vem em sentido contrário à visão generalizada de que Ronaldo, com a perda natural de explosão e capacidade de drible (que lhe trará dificuldades a jogar sobre a esquerda), se fixará como um jogador referência, quase exclusivamente focado no momento da finalização. Na perspectiva de Fernando Santos, CR nunca será um 9 clássico devido à incapacidade de jogar de costas para a baliza, mas o seleccionador terá pensado no Ronaldo de hoje e não no Ronaldo do futuro. 

Em entrevista à Agência EFE, Fernando Santos abordou vários temas relacionados com a selecção e também o papel que Cristiano Ronaldo vai ter. Questionado sobre se poderia voltar ao 4-3-3, tática "tradicional" de Portugal, Fernando Santos disse que o 442 é, nesta fase, a melhor solução para a selecção: "Se tivesse um Benzema pensaria no assunto, mas creio ser melhor jogar com dois avançados móveis. Procuro uma solução para potenciar o Cristiano com as caraterísticas dos meus jogadores. Também não podemos pedir ao Ronaldo que funcione como uma extremo que defende porque quem se destaca tanto a atacar, sendo o melhor do mundo e o que marca mais golos, não se pode comportar como um defesa", disse, explicando a sua perspectiva. "O Ronaldo nunca vai ser um 9 clássico, que joga de costas para a área e aguenta a bola - e também não é um extremo clássico, como era Figo. Ele rende mais quando vem das alas e corta para o meio. No penúltimo jogo [com a Dinamarca, onde Ronaldo atuou como referência do ataque] ele fez um grande sacríficio a que as pessoas não dão o devido valor. Isso deve ter tido em conta", concluiu o seleccionador. No que diz respeito ao espírito competitivo de CR7 o treinador de Portugal recordou um episódio dos tempos do Sporting. "O que faz Ronaldo ser o melhor é a luta contra ele próprio. Logo aos 18 anos percebi que o Cristiano tinha um potencial fantástico, ao nível de Eusébio, mas disse-lhe que tinha lacunas no jogo aéreo. No dia seguinte já estava ele a treinar remates de cabeça uma e outra vez", recordou. Acrescentando que: "Quando treinei o Sporting ele tinha 18 anos e já era o que é hoje: um vencedor por natureza. Tem um egoísmo no bom sentido, de "eu quero ganhar", "eu quero ser o melhor". Esse tipo de egoísmo é mau? Não me parece. Ronaldo é quem é porque tem essa forma de ser. Nunca o vi chateado quando a equipa ganha e ele não marca".

O talentoso croata foi esmiuçado pelo VM Scouting no principio de 2015 - De acordo com o Sport, o Barcelona é um dos clubes que está a seguir Ante Coric, jovem promessa do Dínamo Zagreb. O médio de 18 anos, que também tem sido apontado ao FC Porto, Inter, Bayern e Chelsea, está neste momento avaliado em 5 milhões de euros mas é natural que a sua cotação aumente ao longo da época. A ideia dos catalães é jogar em antecipação como aconteceu com Alen Halilovic.

Etiquetas: , ,