NBA 2015-16: O prognóstico


A NBA está de volta, e site desportivo que se preze tem de tentar prever o que irá acontecer no futuro, ainda que as contingências sejam inúmeras, e faltem largos meses até algo ficar decidido. Assim sendo, o Visão de Mercado desafiou alguns dos seus colaboradores a libertarem o vidente que há dentro de si e, desafiando os ensinamentos de um icónico defesa direito, fazerem os seus prognósticos ainda antes do jogo começar.

Visão do Nuno R. 
Quem levará o anel em 2016?
San Antonio Spurs, melhor treinador, melhor equipa, melhor franchise.
Equipa que vai surpreender?
Utah Jazz, Gobert vai explodir e a defesa vai fazer a diferença,
Equipa candidata a desilusão?
New York Knicks. Os Lakers também vão desiludir os iludidos, mas NY precisa mais do que Anthony para fazer algo de relevante.
Quem será o MVP da temporada regular?
Kevin Durant; em ano de contrato e com contas a ajustar, não há que enganar.
Qual será o rookie do ano?
Emmanuel Mudiay; numa liga de bases e jogo rápido, terá alguma vantagem.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Draymond Green, nem que seja para pagar a injustiça do ano passado.
Maior candidato a Most Improved Player?
Jabari Parker, o extremo dos Bucks parecia lançado para vencer o prémio de rookie do ano, se der seguimento ao que mostrou, o prémio será seu.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
O abandono (ou não) de Kobe Bryant. A má temporada que os Lakers vão fazer irá deixar muito tempo livre para esta novela.

Visão do Zé P.
Quem levará o anel em 2016?
Cleveland Cavaliers. Lebron James por si só é razão para a sua equipa ser candidata ao título. Love optou por ficar e se conseguirem manter-se saudáveis (lembrar que fizeram a vida negra aos campeões Warriors com um plantel arrasado por lesões), deverão chegar à final e conquistar o título.
Equipa que vai surpreender?
Sacramento Kings. Cousins é um dos melhores talentos dos últimos anos, mas a cabeça não tem acompanhado. Com o experiente George Karl ao leme, o poste de Sacramento pode finalmente “endireitar” e levar a sua equipa aos playoffs (Rondo poderá querer limpar a má imagem deixada em Dallas).
Equipa candidata a desilusão?
Dallas Mavericks. Falharam o grande alvo da free agency (DeAndre Jordan), depois de terem tudo acordado com o poste dos Clippers. Nowitzki já não caminha para novo, enquanto que Deron Williams também parece que já deu o que tinha a dar. Carlisle não deverá conseguir mais milagres e Mark Cuban poderá ver-se obrigado a uma renovação da equipa.
Quem será o MVP da temporada regular?
Anthony Davis. Contando com a presença dos Pelicans nos playoffs, o extremo/poste tem tudo para ser a figura da Liga. Até porque este ano vai ter um treinador forte no capítulo ofensivo, que poderá ajudar a potenciar ainda mais a qualidade da estrela de New Orleans.
Qual será o rookie do ano?
Emmanuel Mudiay. Nuns Nuggets em renovação e após saída de Lawson, o congolês tem tudo para assumir a batuta da equipa e mostrar toda a sua qualidade. Um base com muito potencial e que teve a particularidade de optar por jogar no campeonato chinês, em vez de seguir pela Universidade.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Marc Gasol. Os Grizzlies continuam a ser a equipa que ninguém quer defrontar e o espanhol é uma das razões. São uma das melhores defesas e o poste espanhol contribui muito para isso. Com uma inteligência acima da média, poderá repetir um prémio que já conquistou.
Maior candidato a Most Improved Player?
Otto Porter Jr. Com a saída de Pierce, abriu-se a vaga na posição 3 e no seu 2º ano Otto Porter Jr. poderá explodir. Um jogador bastante atlético e completo, poder ser o complemento ideal para Wall e Beal.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
Kevin Durant. No seu último ano de contrato, o ex-MVP aparece em 2015-16 depois de uma época onde esteve muito tempo lesionado. Com ele e Westbrook, os Thunder são candidatos, mas mais um falhanço poderá levar a que KD ingresse na equipa da sua terra natal, Washington.

Visão do Fábio Teixeira
Quem levará o anel em 2016?
Cleveland Cavaliers. Pela facilidade da conferência (podem chegar mais frescos, ao contrário de Golden State e San Antonio), pelo facto de os Warriors já não serem uma surpresa (a maioria das equipas preparou-se para tentar pará-los) e pela maior coesão entre o seu big 3, que se chegar à fase decisiva da época, pode derrotar qualquer formação.
Equipa que vai surpreender?
Orlando Magic. Scott Skiles é um excelente formador (fez evoluir Sanders até um ponto onde era dos melhores defesas da NBA) e consegue extrair o melhor dos seus jogadores. E um plantel com Payton e Oladipo (excelentes defesas) como backcourt, Harris, Gordon e Vucevic como frontcourt bastante atlético e Hezonja (para além do físico é um excelente lançador), Frye, Fournier, Napier, CJ Watson, Dedmon, entre outros, a sair do banco, pode perfeitamente alcançar uma vaga nos POs (o que seria uma surpresa).
Equipa candidata a desilusão?
Dallas Mavericks. Que os Trail Blazers vão ser péssimos já toda a gente sabe, o que se pode considerar como uma desilusão é o caso, mais do que provável, dos Mavs que não construíram uma equipa forte o suficiente para dar garantias a Carlisle, um dos técnicos mais ofensivos da liga. Falharam o grande objetivo (DeAndre Jordan; o que provocou um desespero da busca de um novo poste), Nowitzki já tem veterania a mais, já o resto da equipa tem historial de lesões (D-Will, Mathews e Parsons).
Quem será o MVP da temporada regular?
Kevin Durant. Vai regressar determinado a mostrar aos adeptos que ainda está no mesmo nível de James e como o seu grande rival deve descansar vários jogos na fase regular para estar fresco na fase decisiva, Curry é improvável que volte a ganhar, Harden - com a aquisição de Lawson - vai ter menos bola e Anthony Davis deve ser penalizado pelo coletivo, Durantula é uma aposta óbvia para o prémio individual mais desejado da temporada regular.
Qual será o rookie do ano?
Jahlil Okafor. Vai ser a arma ofensiva n.º 1 da equipa e com facilidade pode terminar o ano a rondar médias de 20 pontos e 10 ressaltos. Isto numa era onde o ROY tende a ir para o rookie que marca mais pontos por jogo.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Rudy Gobert. Juntamente com Bogut (Howard não tem estado no seu melhor) é o melhor protetor de cesto, e este ano a história não deve ser diferente. Liderou a liga na percentagem mais baixa dos adversários quando o enfrentavam, transformando também os Utah Jazz na melhor defesa da NBA desde que Kanter foi trocado (o francês ganhou o lugar no 5 com isso).
Maior candidato a Most Improved Player?
CJ McCollum. Num ano em que Portland ficou sem 4 dos 5 titulares, o sophomore tem tudo para triplicar os seus números. E se tal acontecer passa a ser um candidato óbvio ao prémio.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
Novela Durant. Se sai de Oklahoma (se sim, deixa a equipa a meio da época para proporcionar uma troca?) ou vai continuar na equipa dos Tornados ninguém ainda sabe. O que se sabe é que a luta vai ser intensa e só os 35 dos Thunder pode ditar o seu futuro.

Visão do Pedro M.
Quem levará o anel em 2016?
San Antonio Spurs - Melhor treinador, plantel reforçado com LaMarcus Aldridge e basta Parker render um pouco mais para os veteranos acumularem mais um título.
Equipa que vai surpreender?
Miami Heat - Falharam os playoffs no ano passado mas com Bosh tem tudo para chegar pelo menos às meias finais da fraca Conferência Este.
Equipa candidata a desilusão?
Dallas - Se Portland, Brooklyn e até Boston falharem os playoffs é normal, mas os Mavericks, mesmo com a novela DeAndre Jordan, tem a obrigação de darem luta no Oeste, o que parece pouco provável, a menos que Deron volte aos tempos de Utah.
Quem será o MVP da temporada regular? - James Harden (Rockets) - Por continuidade e exclusão de partes. O Barbas já foi provavelmente o melhor jogador da fase regular na época passada e este ano não deve ter a mesma concorrência de Curry. O perigo para o SG dos Rockets vem dos ex-companheiros Durant e Westbrook.
Qual será o rookie do ano?
Emmanuel Mudiay (Nuggets) - PG titular numa equipa como os Denver é logo meio caminho andado para ter umas boas estatísticas e, mesmo que acumule muitos turnovers, com a liberdade que vai ter para atirar tem tudo para repetir a estreia de Lillard.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Draymond Green (Warriors) - É um dos prémios mais subjectivos, como se percebeu pelo 1.º lugar de Leonard na época passada, mas o faz tudo de Golden State deve começar a fazer escola nesta categoria.
Maior candidato a Most Improved Player?
Rudy Gobert - Basta dar sequência ao que produziu desde a saída de Kanter para os seus números duplicarem. O francês vai dominar nas tabelas e dificilmente não será um dos destaques da Liga.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
O futuro de Kevin Durant. OKC pode ser curto para as ambições do MVP de 2013-14 e a "explosão" de Westbrook também pode desagradar a alguém que pretende ser o n.º 1 da Liga. No último ano de contrato é provável que alimente muitos rumores, ainda por cima nos últimos tempos tem protagonizado alguns episódios que fogem à figura do politicamente correcto.

Visão do Sérgio M.
Quem levará o anel em 2016?
Cleveland Cavaliers – Será um passeio até aos playoffs, numa Conferência onde apenas os Bulls estão no mesmo patamar. Na fase decisiva, LeBron, Love e Irving, sem lesões, irão derrotar a única equipa do Oeste que terão pela frente, precisamente na final.
Equipa que vai surpreender?
Utah Jazz – A equipa do Utah realizou uma excelente 2ª metade de temporada e promete ser um pesadelo para os ataques adversários. Rudy Gobert e Gordon Hayward destacam-se num conjunto que vale mais pelo colectivo e o 8º lugar no Oeste poderá ser uma realidade.
Equipa candidata a desilusão?
Dallas Mavericks – Mark Cuban levou um não de DeAndre Jordan na pré-temporada e Tyson Chandler fugiu para o Arizona. Wes Matthews e Parsons ainda estão a recuperar de cirurgias, Dirk Nowitzki já não é novo e Deron Williams procura reabilitação. Tudo se conjuga para os Mavs falharem os playoffs pela 2ª vez nos últimos 16 anos.
Quem será o MVP da temporada regular?
Anthony Davis – O PF dos Pelicans tem tudo para ser o MVP da temporada regular, desde que a equipa corresponda com um lugar seguro nos playoffs. Os pontos, ressaltos, afundanços e desarmes de lançamento vão surgir em grande número, tal como a eficácia no ataque e na defesa.
Qual será o rookie do ano?
Emmanuel Mudiay – O base dos Denver Nuggets, nº 7 do draft 2015, com a sua atleticidade (1.96 m) e qualidade de passe, apresenta características interessantes para sobressair entre os novatos. Nascido na Rep. Dem. do Congo, Mudiay não vai ter problemas em acumular estatísticas, numa equipa que terá um enorme pendor ofensivo.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Rudy Gobert – O francês promete ser a principal arma defensiva dos Jazz, um autêntico guarda-redes da área restritiva e poderá levar o prémio de defensor do ano.
Maior candidato a Most Improved Player?
Elfrid Payton – O base dos Magic veio de uma temporada de estreia interessante e ainda tem muito espaço para melhorar. Se aumentar os índices de eficácia (43% de 2 pts, 26% de 3 pts e uns miseráveis 55% de lances livres), vai melhorar em muitos os 8.9 ppj e, juntamente, com a sua versatilidade, poderá aumentar as estatísticas nas assistências e ressaltos.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
Kevin Durant - Renova ou não renova? Vai para a sua cidade Natal - Washington - ou ruma a outras paragens (Lakers?) Tudo depende da temporada que os Thunder realizarem.

Visão do André Carvalho
Quem levará o anel em 2016?
Oklahoma City Thunder. Dois jogadores Top 5, o ano do tudo ou nada, um roster com soluções, algo que não se verificou nos últimos anos. A "vontade" de Durant e Westbrook em ganhar o anel.
Equipa que vai surpreender?
Sacramento. Cousins com a cabeça no lugar, Rudy Gay ao melhor nível e um Rondo próximo daquilo que fez em Boston, bem secundados por McLemore, Collison e Belinelli podem fazer algo engraçado, quem sabe atingir os playoffs no difícil Oeste.
Equipa candidata a desilusão?
Atlanta. Vão aos playoffs, por estarem numa Conferência acessível, mas não atingem o nível da época passada. A saída de Carroll vai pesar, Korver já não caminha para novo e Horford fisicamente é uma incógnita.
Quem será o MVP da temporada regular?
Durant. Oklahoma ganha o Oeste, e o SF junta ao título de melhor média de pontos ao de melhor jogador.
Qual será o rookie do ano?
Okafor. Vai ter minutos e muita bola (o que na NBA nem sempre é regra), o que lhe pode permitir muitos jogos com «duplo-duplo».
Aposta para jogador defensivo do ano?
Gobert. Basta dar continuidade ao último terço da última temporada. O francês vai efectuar muitos desarmes e ser uma grande presença debaixo do cesto.
Maior candidato a Most Improved Player?
Giannis Antetokounmpo. Defende, ataca, ganha ressaltos, rouba bolas, e no 3.º ano na NBA tem tudo para subir um patamar.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
Relação Love-LeBron. O PF esteve para sair, acabou por renovar, mas a sua relação com LeBron está longe de ser a melhor. Caso a época esteja a correr mal aos Cavs é fácil de ver para que lado a corda vai partir.

Visão do Bernardo Pinho
Quem levará o anel em 2016?
Cleveland Cavaliers - LeBron tem tudo para ganhar o título na sua terra natal. Com o plantel todo junto desde o início, na pior conferencia e menos lesões são os favoritos.
Equipa que vai surpreender?
Orlando Magic - A evolução das suas jovens estrelas (Vucevic, Harris e Oladipo) juntamente com a adição de um treinador com a fama de melhorar as suas1 equipas defensivamente, pode garantir a primeira ida aos playoffs depois da saída de Howard.
Equipa candidata a desilusão?
LA Clippers - Apesar de terem um dos melhores treinadores da liga e de terem melhorado na teoria o seu banco, a contratação de vários jogadores com personalidades difíceis e com estilos de jogo “questionáveis”, vai acabar por levar a mais uma saída nas primeiras rondas dos playoffs, para desespero de Chris Paul e companhia.
Quem será o MVP da temporada regular?
Kevin Durant - Foi o vencedor em 2014 e no ano passado só não o defendeu devido às lesões. Esta época vai querer provar que continua a ser, quando a 100%, o jogador mais valioso da liga.
Qual será o rookie do ano?
Jahlil Okafor - Os Philadelphia 76ers vão continuar a ser uma das piores equipas da Liga, com muito poucas soluções ofensivas, o que vai permitir que o PF/C tenha toda a liberdade para fazer grandes números e arrecadar o prémio.
Aposta para jogador defensivo do ano?
Rudy Gobert - Os Utah Jazz foram a melhor defesa da liga pós All-Star Break, e muito se deve ao trabalho do poste francês. Um ano inteiro com performance semelhante vai garantir-lhe a distinção.
Maior candidato a Most Improved Player?
Reggie Jackson - Este ano pode ser de explosão para o ex-OKC. Nos Pistons vai ser ele o comandante, e com a lesão de Jennings, e numa equipa com poucas armas ofensivas, vai passar pelo PG o rumo do Franchise de Detroit.
História a seguir durante a temporada, extra-competição?
Durant free agent em 2016 - A continuidade ou não da super estrela vai fazer correr muita tinta durante este ano. A relação com o novo treinador e o sucesso da equipa podem ser decisivos na sua escolha.

Etiquetas: