«No final, seremos campeões, sem dúvidas nenhumas»; Jackson e Carrasco abatem Valencia; Suárez resolve com hattrick; Lewis Hamilton tricampeão

Como se esperava este campeonato foi um autêntico passeio e provavelmente não vai ficar por aqui. Melhor piloto, melhor carro e aparentemente sem concorrência.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) assegurou hoje a conquista do seu terceiro título mundial de Fórmula 1, ao vencer o Grande Prémio dos Estados Unidos, igualando assim o n.º de campeonatos de Senna. Hamilton, que ultrapassou Rosberg já perto do fim, repetiu os êxitos de 2008 e 2014, quando ainda faltam disputar três corridas, mas conseguiu ainda mais um feito, já que com esta 43.ª vitória em GP passa a ser o 3.º piloto com mais triunfos na história da F1, apenas superado por Prost (51) e Schumacher (91).

Os azuis e brancos, apesar da liderança do Sporting, são a equipa com mais e melhores soluções na Liga... mas há o factor Jesus contra o factor Lopetegui, o que pode fazer a diferença -  O FC Porto vacilou quando não podia e ao empatar, em casa, frente ao Braga deixou fugir a liderança para o Sporting. flash-interview, Lopetegui lamentou a falta de eficácia mas deixou a certeza de os azuis e brancos vão ser campeões. "Fizemos tudo para ganhar, fomos superiores, tivemos muitas ocasiões, mais de 18 remates. Casillas foi praticamente um espetador. Mas num jogo podes ser superior e não ganhar. Se não acertas com a baliza, fica mais difícil", começou por dizer o técnico portista. Já questionado sobre o que se passou no Benfica-Sporting respondeu: "O dérbi não me diz nada. Estamos na jornada oito, falta muito para acabar. Estamos no bom caminho e, no final, seremos campeões, sem dúvidas nenhumas".

Os reforços dos colchoneros começam a aparecer (Jackson fez um golo e deu muito trabalho, enquanto que Carrasco fez um jogo tremendo a todos os níveis), mas a equipa de Nuno continua com dificuldades em criar oportunidades de golo. O afastamento de Negredo, a lesão de Rodrigo nos primeiros minutos e a seca de Alcácer não têm ajudado um clube Che muito dependente dos laterais e de André Gomes para aparecer no último terço -  O Atlético venceu o Valência por 2-1 e subiu ao 3.º lugar da La liga, apenas a dois pontos de Real Madrid e Barcelona. Na toada habitual, a primeira parte ficou marcada pelos duelos a meio campo, pelo excesso de agressividade de parte a parte e por uma superioridade do conjunto de Simeone em zonas de finalização. Os golos surgiram com naturalidade, o primeiro deles por Jackson é caricato após 2 falhanços individuais de Mustafi e Aderlan, tendo Carrasco colocado o resultado no 2-0 nos primeiros 45 minutos. Nem o reforço do miolo (Nuno lançou um quarteto com Danilo, Enzo, Parejo e André Gomes) foi suficiente para equilibrar a balança e, mais tarde, Bakkali e Piatti foram completamente anulados pela dinâmica colectiva dos Colchoneros. Até ao final do jogo Mustafi ainda conquistou uma grande penalidade que foi convertida por Alcácer, mas nem isso foi motivo para alarme no Atlético. Individualmente foi um jogo discreto para os 3 Portugueses (Tiago, André Gomes e Cancelo fizeram os 90 minutos), assim como para o ex-Braga Aderlan. Do outro lado, destaque total para Ferreira-Carrasco que fez um golaço e um esforço tremendo para se enquadrar no estilo de Simeone (roubou uma enormidade de bolas).

Nos outros jogos da La Liga - O Barcelona voltou a sentir dificuldades, mas venceu o Eibar por 3-1 e continua a dividir a liderança da La Liga, agora empatado apenas com o Real Madrid. Os blaugrana começaram novamente a perder, com Borja Bastón a fazer o primeiro para os forasteiros logo as 10 minutos. Mas Suárez, com golos aos 21’, 48’ e 85’, desbloqueou uma partida que foi mais complicada do que se previa. Neymar, com duas assistências, esteve também em foco. Nos outros encontros do dia, logo de manhã a Real Sociedad goleou o Levante por 4-0. Carlos Vela bisou, Agirrexte também marcou, mas quem brilhou foi Illarramendi que encheu o meio campo e ainda inscreveu o seu nome da lista de marcadores. Já o Las Palmas-Villarreal acabou empatado a 0, num encontro com poucas oportunidades de golo, em que as defensivas levaram sempre a melhor, principalmente por culpa do mau estado do relvado.

Etiquetas: , ,