Mónaco fixa o preço de Bernardo Silva; Luís Filipe Vieira quer chegar aos 200 mil sócios; Árbitros de basquetebol boicotam início do campeonato; Rossi mais perto do título; Miguel Oliveira segundo em Moto 3

Vale isto tudo? O internacional português tem sido associado a várias equipas de Top do futebol europeu, e com naturalidade, quase continue a ser protagonista no Principado, irá aumentar a sua cotação no mercado. O que fizer no Euro'2016 também será determinante para definir o patamar em que se encontra.

De acordo com a imprensa italiana a Juventus continua a tentar a contratação de Bernardo Silva e terá mesmo enviado emissários para observar o médio ofensivo/extremo na partida que opõe Portugal à Sérvia. Até aqui nada de novo, já desde o último Defeso que os Bianconeri cobiçam o ex-Benfica. A novidade é que de acordo com o Tuttosport o Mónaco já estabeleceu um preço para vender o seu craque, nada menos que € 30 milhões, quase o dobro do que custou.

O líder das águias ainda hoje está a pagar a promessa de que se demitia caso não chegasse aos 300 mil sócios, desta vez a fasquia é mais baixa - Dez anos após ter prometido chegar aos 300 mil sócios no Benfica, Luís Filipe Vieira quer, agora, chegar aos 200 mil.  O presidente dos encarnados falava no almoço comemorativo da inauguração da Casa do Benfica na Guarda. Aos simpatizantes do clube, e desta vez sem prometer nada, referiu a importância de a base dos sócios ser "cada vez maior" e disse que o Benfica tem atualmente 160 mil sócios pagantes, mas que o desafio é voltar a ultrapassar a fasquia dos 200 mil.

Caminhamos para o fim das modalidades em Portugal? - Os encontros Benfica-Vitória de Guimarães e Ovarense-Maia Basket, da primeira jornada da liga de basquetebol, foram adiados por falta de equipas de arbitragem. A 01 de outubro, a Associação Nacional de Juízes de Basquetebol (ANJB) anunciou a intenção de não participar nas competições nacionais enquanto a federação não der garantias de liquidar a dívida de 137 mil euros relativa à época passada, tendo agora confirmado o boicote.

Valentino só precisa de marcar Lorenzo; Miguel Oliveira ainda pode sonhar com o 2.º lugar - Dani Pedrosa venceu o GP do Japão em Moto GP. O espanhol, que garantiu assim a 1.ª vitória do ano, foi mais astuto na utilização dos pneus, e, apesar de ter saído do 6.º lugar da grelha, foi ultrapassando os rivais e venceu sem dificuldade. Valentino Rossi foi 2.º e Jorge Lorenzo completou o pódio. Quanto faltam 3 provas para disputar, Rossi lidera o mundial com 283 pontos, enquanto que Lorenzo tem 265. Marc Márquez, que hoje foi apenas 4.º, já ficou fora da corrida. Em Moto 3, Miguel Oliveira, que vinha de uma vitória em Espanha, fez 2.º atrás de Niccolo Antonelli. Quanto faltam 75 pontos por disputar, o português mantém o terceiro lugar na classificação geral, com 179 pontos, mas aproximou-se do segundo lugar, ocupado pelo italiano Enea Bastianini que soma 188. Danny Kent segue na frente com 244 pontos.

Etiquetas: , , ,