Matic trama Mourinho, que não pára de cair; Payet ao nível dos melhores da Premier League; Leicester em grande; Swansea afunda Aston Villa; Bayern = 10 em 10

Imagem: Daily Mail
A época parece não ter salvação para Mourinho. A equipa não consegue sair desta espiral negativa e, para além do mau momento de forma de vários jogadores fulcrais, existem muitas fragilidades do ponto de vista colectivo (veja-se o segundo golo, em que Azpilicueta saltou sozinho com Carroll e Sakho). Matic foi expulso ainda na primeira parte e condicionou o jogo dos campeões, mas não se pode tirar o mérito ao West Ham, que já venceu Chelsea, City, Arsenal e Liverpool e neste momento está provisoriamente no segundo lugar. Payet é um autêntico craque e está seguramente entre os melhores jogadores desta Premier League.

Que pesadelo para o Chelsea. Mais uma derrota para a equipa de Mourinho, desta vez no derby com o West Ham. O jogo não correu nada bem à equipa do português, que voltou a sofrer na sequência de um lance de bola parada (Zarate foi o autor do golo) e teve na expulsão de Matic, por acumulação de amarelos, um duro revés. No segundo tempo Cahill ainda empatou, também de canto, mas a partir daqui só deu West Ham e os 3 pontos ficariam em Upton Park. Bilic arriscou e do banco saltou a vitória, com Caroll a cabecear para o 2-1. Payet fez mais um grande jogo, destacando-se como um dos craques desta Premier League. Quem não tem ficado atrás é Vardy, a figura do espectacular Leicester. O avançado, que, a continuar assim, tem bilhete garantido para o Europeu, deu a vitória à equipa de Ranieri sobre o Crystal Palace (1-0). Em Birminghm, o Villa continua a desiludir e, apesar do golo de Ayew, permitiu a reviravolta do Swansea (Sigurdsson e Ayew, num jogo com golos de irmãos, que não ganhava há vários encontros. Destaque ainda para o triunfo do Watford sobre o inconstante Stoke (2-0, golos de Abdi e Deeney) e para a vitória forasteira do WBA no campo do Norwich (Rondón foi o herói). 

Ninguém pára o Bayern; Leverkusen sofre 7 golos em 2 jogos - Este campeonato não é para a equipa de Guardiola. O campeão segue imparável e somou a décima vitória nos dez encontros que disputou. Hoje a vítima foi o Colónia, que acabou goleado por 4-0. Müller e Lewandowski, os suspeitos do costume, marcaram e ainda houve tempo para os golos de Robben e Vidal. O jogo mais animado da tarde aconteceu em Leverkusen, onde o Bayer, apesar da vitória por 4-3 sobre o Estugarda, voltou a provar que é uma equipa altamente inconsistente. Roger Schmidt montou um conjunto muito forte no ataque, mas que se desequilibra facilmente a defender. À semelhança do que aconteceu com a Roma, os farmacêuticos estiveram a perder muito tempo (por 2-0 e 3-1) mas acabaram por somar os 3 pontos, com golos de Bellarabi, Böenisch, Chicharito e Mehmedi. O Wolfsburgo teve dificuldades para passar em Darmstadt mas conseguiu o triunfo com um golo solitário de Caligiuri. Stendera brilhou na vitória do Frankfurt em Hannover (bisou na vitória por 2-1); já Ujah foi o homem do jogo no triunfo do Bremen em Mainz (3-1, bis do ex-Colónia). 

Etiquetas: ,