Lahm não cometia uma falta há mais de um ano; Tiago marca, mas Atlético não passa na Corunha; FC Porto B empata em Chaves; Di Maria resolve

Estarmos perante um dos melhores defesas da história do futebol, e o curioso é que durante este ano o polivalente alemão actuou muitas vezes no meio campo, com a missão de anular as situações de transição, onde por norma os jogadores recorrem à falta.

Parece mentira, mas é verdade. Philipp Lahm terminou hoje uma sequência de 24 jogos sem cometer uma falta no campeonato alemão, aconteceu no empate entre o Bayern e o Eintracht Frankfurt, quanto travou Aigner. De acordo com o twitter oficial da Bundesliga o lateral/médio não cometia uma falta desde Setembro de 2014.

Os Colchoneros podem ver o Real e o Barcelona a fugir na liderança - O Atl. Madrid não foi além de um empate a 1 na deslocação à Corunha e pode ficar a 4 pontos dos favoritos se ambos vencerem amanhã. Com Jackson Martínez (saiu aos 72’) e Tiago no 11 (Óliver não saiu do banco), só deu Atlético no primeiro tempo. E Tiago, aos 34’, num excelente pontapé à entrada da área depois de um corte atabalhoado de Sidnei (que não deu espaço a Jackson), fez o primeiro para a sua equipa. Os Colchoneros podiam ter feito mais golos antes do descanso (ainda acertaram no poste na sequência de um canto), mas a segunda parte foi toda do Depor. O conjunto da Galiza, apesar de ter somado boas oportunidades, só saltou para a frente do marcador com um erro patético de Giménez (à Naldo vs. Jiménez no último Benfica-Sporting) e quem aproveitou foi Lucas Pérez para marcar o seu sexto golo no campeonato (claramente o melhor jogador da equipa). Com 1-1 no resultado, seria mesmo a turma de Víctor Sánchez a poder passar para a frente do marcador, quando em pleno minuto 88, Fajr do meio da rua ia marcando um golaço, mas a bola foi de encontro aos ferros da baliza de Oblak.

Di María já fez tantos golos (3) em 8 jogos na Ligue 1 do que tinha feito em 27 na Premier League - O PSG continua em “cruise-control” em França e voltou a vencer, desta feita, 1-0 no terreno do Rennes. Com Pedro Mendes a tempo inteiro e Quintero (que ao contrário do último jogo, esteve desinspirado) até aos 66 minutos, a equipa de Montanier só viria a sucumbir perante a de Blanc aos 75 minutos, quando Di María, numa grande jogada do PSG, marcou a passe de Lucas Moura. Destaques claros no campeão para Aurier (hoje, a central, voltou a brilhar), Thiago Silva e Rabiot. Do lado da equipa da casa, Sylla encheu o meio campo.

Dragões somaram o 3.º empate consecutivo mas vão continuar no primeiro lugar - O FC Porto B não foi além de um empate a 2 no campo do candidato à subida, Desportivo de Chaves. Gleison, aos 36’, fez o primeiro de grande penalidade, Sandro Lima empatou na segunda parte, Chidoze voltou a adiantar a equipa de Luís Castro, mas Ludovic fez o 2-2 final já aos 83 minutos. No outro jogo do dia, outro dos candidatos, o Penafiel, foi a Braga vencer a equipa secundária dos Gverreiros pela margem mínima. Pedro Araújo, logo aos 10 minutos, fez o único golo da partida, num encontro em que Carlos Fortes viria a ser expulso aos 47’, pouco depois de Abel ter feito duas alterações ao intervalo.

Etiquetas: , , ,