«Estive oito anos no Benfica, mas não fizeram muito para renovar... senti que não me valorizaram»; Martial e Pochettino os melhores na Premier League

A estrutura encarnada, durante a última época, parece ter confiado demasiado na sorte. Com Jesus é o que se sabe - o acreditar que ia para o estrangeiro levou a que fosse desviado por um rival -, e em relação a Maxi (que na perspectiva desportiva, rendeu muito e até se percebe que tenha continuado no 11, mesmo na situação contratual em que estava) parece ter acontecido o mesmo. 

Maxi Pereira afirmou ao jornal uruaguio "Ovación" que trocou o Benfica pelo FC Porto porque não se ter sentido valorizado pelos responsáveis encarnados. "Estive oito anos no Benfica e na última época, quando terminava contrato, não fizeram muito para renovar. Se queriam tanto um jogador, como diziam, esperam que termine o contrato? Senti-me magoado e senti que não me valorizavam", explica. O lateral direito, de 31 anos, adiantou que na sequência disso surgiu o FC Porto, como oportunidade: "O Porto veio logo buscar-me".

Justo? - Anthony Martial foi eleito melhor jogador do mês de setembro na Premier League. O avançado do Manchester United, contratado ao Mónaco no final do Defeso por 50 milhões de euros, recebeu a distinção depois de ter marcado três golos em quatro jogos. Nos treinadores, Mauricio Pochettino arrecadou ao prémio, fruto de ter conduzido o Tottenham a três vitórias consecutivas.

Etiquetas: ,