Chelsea pode receber 104 milhões de euros pela desilusão de 2015-16; Bernardo Silva responde a Jardim; PSG intratável; Klopp continua sem vencer; Kane brilha; Sunderland vence dérbi, Chicotada na Premier League

Vale isto tudo? Kevin de Bruyne, que na teoria é inferior ao 10 dos Blues, o que na prática nem corresponde à verdade, proporcionou uma transferência de 80 milhões de euros no último defeso.

De acordo com a imprensa inglesa, o PSG quer aproveitar o actual mau momento de Eden Hazard - em 14 jogos só marcou 1 golo - para o contratar ao Chelsea. O Daily Mail avança que os parisienses parecem dispostos a oferecer 104 milhões de euros para convencer o conjunto de Mourinho a libertar o craque belga, que tem desiludido esta época. Real Madrid e Barcelona também estão atentos, sendo que Hazard parece estar insatisfeito com a maneira como tem sido tratado pelo Special One.

Klopp ainda não engrenou; Kane quebra jejum (só tinha marcado 1 golo este ano); Sunderland deixa o último lugar - Parecia que ia dar em nulo o embate entre Liverpool e Southampton, com mais de 75 minutos empatados a 0, no entanto o melhor ainda estava para vir. Aos 77’ Benteke, após um cruzamento de Milner, provou que é um dos melhores cabeceadores da atualidade não dando hipótese a Stekelenburg. No entanto, 9 minutos volvidos, e Sadio Mané - que viria a ser expulso mais tarde em apenas 2 minutos - , numa insistência após um livre lateral, empatou a contenda. Uma igualdade, a 3.ª de Klopp no comando técnico dos Reds que já começou a motivar algumas críticas; Já o Tottenham, apesar de Ritchie até ter marcado no primeiro minuto, com hat-trick de Harry Kane, mais golos de Dembélé e Lamela goleou em casa do Bournemouth por 5-1. Por fim destaque para o resultado mais injustiçado da jornada, com o Sunderland no dérbi do Nordeste inglês a golear o Newcastle por 3-0. Os Black Cats foram extremamente eficazes (marcaram Adam Johnson, Billy Jones e Steven Fletcher), enquanto que a formação de Steve McClaren, apesar do domínio do jogo, teve pela frente um gigante (em todos os sentidos) Pantillimon, que continua a oferecer pontos a uma das piores equipas do campeonato.

E nem se pode queixar da falta de plantel, já que se fartou de investir no último Verão (os Villans por exemplo pagaram 14 ME por Jordan Ayew) - O treinador Tim Sherwood foi demitido pelo Aston Villa, actual último classificado da Premier League. Com apenas um triunfo em 10 jornadas – conseguido na primeira ronda – e seis derrotas consecutivas, a direção do Aston Villa decidiu demitir Sherwood, por considerar que “os resultados no campo simplesmente não eram suficientes”, pelo que “era imperativo uma mudança”.

Leonardo Jardim vinha de uma sequência de 3 empates para a Liga; PSG continua sem rival - O Mónaco voltou a sentir muitas dificuldades (Subasic tem sido testado demasiadas vezes), mas venceu no terreno do Reims pela margem mínima e subiu ao 8.º lugar da Ligue 1. Bernardo Silva, de cabeça, após um excelente cruzamento de Dirar, fez o único golo do encontro respondendo a LJ que afirmou que o ex-benfiquista não estava ao nível do que fez na época passada. Quem também venceu foi o líder PSG, que goleou o Saint-Étienne por 4-1 e continua com 7 pontos de avanço para o 2.º classificado. Num jogo onde Di María esteve endiabrado, os golos foram apontados por Kurzawa, Cavani, Ibrahimovic e Lucas Moura, sendo que Verratti marcou na própria baliza. O Marselha também ganhou, no difícil terreno do Lille, por 2-1. Com Boufal mais apagado do que é costume, o tento de Corchia acabaria por se revelar insuficiente para a formação de Hervé Renard, que saiu derrotada com golos de Batshuayi (melhor marcador do campeonato) e Alessandrini. Destaque ainda para Rolando, titular no eixo defensivo, que foi um dos homens do jogo. Por fim, o Bordéus venceu o Troyes por 1-0, golo de Ounas que rendeu aos 67’ Khazri, a estrela da companhia.

Etiquetas: , ,