Chelsea pode oferecer 40 ME por médio português; Bola de Ouro: Itália indignada com ausência de Buffon

Merecia estar na lista? O italiano, apesar de ter conquistado o campeonato, Taça, Supertaça e atingido a final da Champions, foi ultrapassado por Manuel Neuer, Thibaut Courtois, David De Gea, Claudio Bravo e David Ospina.

Saiu a primeira lista para a Bola de Ouro e começou a polémica. Este ano a omissão de Gianluigi Buffon, guarda-redes da Juventus, deixou todos perplexos. O veterano guardião apesar de ter conquistado praticamente tudo, não coube sequer na primeira lista de 59 candidatos, quando até pensava que ia lutar pelo Top 5 (no prémio de melhor jogador do Ano para a UEFA ficou em 4.º, só superado por Messi, Suárez e Ronaldo). A imprensa italiana, indignada com a omissão do guardião, classifica esta decisão como altamente questionável, lembrando a já atingida reputação no meio da crise que enfrenta a FIFA. Várias figuras do Calcio, como Maldini, também lamentaram a decisão, e o próprio Buffon não se conteve e lançou uma farpa à FIFA. "Pelo menos pensei que seria um dos cinco melhores guarda-redes do mundo...Mas se calhar subiu-me à cabeça", escreveu o guarda-redes no Facebook.

Uns comparam-no a Xabi Alonso, o VM associa-o ao Kroos versão Real 2014-15, Tello diz que é o "novo Busquets", a única certeza é que é indiscutivelmente um médio com um potencial acima da média - De acordo com o London Evening Standard o Chelsea reforçou o interesse em Rúben Neves. O médio, de 18 anos, do FC Porto, estava já referenciado em Stamford Bridge mas a exibição no Dragão terá convencido os responsáveis do clube de que os 40 milhões de euros relativos à cláusula de rescisão são um valor razoável a pagar tendo em conta um investimento para o futuro. A concorrência de equipas como o Real e Barcelona também podem forçar uma jogada de antecipação, até para evitar o que aconteceu com Martial, avançado que estava referenciado pelos Blues mas que acabou em Manchester.

Etiquetas: , ,