André André supera Jonas e Gaitán; André Silva mais votado que Renato Sanches e Matheus Pereira; Vilafranquense desiludido com o Sporting

Concorda? 

O médio André André, do FC Porto, foi eleito o melhor jogador da I Liga em Agosto e Setembro. O internacional português, que marcou o golo da vitória dos dragões frente ao Benfica (1-0), reuniu as preferências na votação levada pela Liga, com 21,4 por cento dos votos, à frente dos benfiquistas Jonas (16,6 por cento) e Gaitán (12,1 por cento).Na II Liga a eleição recaiu igualmente num jogador portista, no caso o avançado André Silva, com 32,5 por cento, enquanto Renato Sanches, do Benfica, reuniu 6,5 por cento dos votos, e Matheus Pereira, do Sporting, 5,8 por cento. Para os votantes, o melhor golo da I Liga em agosto/setembro pertenceu ao sul-coreano Suk, do Vitória de Setúbal, num jogo em que os sadinos golearam fora a Académica por 4-0, na segunda jornada, com o avançado a bisar no jogo.

Por norma os "grandes", quando defrontam equipas de escalões secundários, costumam dar a sua parte da receita - Rodolfo Frutuoso, presidente da SAD do Vilafranquense, mostrou-se desiludido pelo Sporting ter rejeitado a cedência da sua parte da receita ao clube dos distritais de Lisboa. "O aspeto financeiro é uma ilusão. Queríamos que o jogo desse na televisão e ao Sporting dava jeito que o jogo fosse no sábado. Por nós tudo bem. É bom para todos. Depois, para o Sporting é mais favorável jogar no Estoril do que aqui. Tudo fizemos para o bem do Sporting, dos nossos adeptos e para o bem do espetáculo. Não escondemos que solicitámos [a receita do Sporting] e eles rejeitaram, é um facto", assumiu o líder do emblema de Vila Franca de Xira à Agência Lusa. Quanto ao jogo, Frutuoso espera que os seus jogadores possam fazer uma surpresa no sábado, às 17:30, no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril, ‘casa’ emprestada ao clube ribatejano para o jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal. "Acreditamos que [jogar com o Sporting] é um prémio pelo trabalho que temos desenvolvido. Para nós, desportivamente, é o jogo mais fácil. As pessoas acreditam e acham que o Sporting já venceu antes do jogo começar, mas no futebol tudo é possível. O que sei é que vão jogar 11 contra 11 e que o jogo começa 0-0. Já aconteceram surpresas de equipas inferiores eliminarem equipas maiores", assinalou à agência Lusa o presidente da SAD.

Etiquetas: