Treinador português diz que o Man Utd "tem contratado em pânico" e afirma que faltam estrelas; Inglaterra no Euro com goleada; Áustria praticamente; Silva em grande tambem na selecção

Imagem: Sky Sports
Grande fase de qualificação dos Ingleses, com 7 vitórias em 7 jogos. Destaque para Rooney, que igualou Bobby Charlton como melhor marcador de sempre da selecção. A Suíça sofreu mas continua nos lugares de qualificação directa, enquanto a Áustria está quase em França. Já a Espanha, alicerçada na enorme classe de Silva, fez o seu melhor jogo nesta fase de qualificação e também está mais perto do Europeu.

A Inglaterra é a primeira selecção a garantir bilhete para o Europeu do próximo ano. A equipa de Hodgson bateu a frágil São Marino por 6-0 e fez o pleno na qualificação, com 7 vitórias em 7 jogos com 24 golos marcados e 3 golos sofridos. Rooney abriu o marcador de grande penalidade aos 13 minutos e atingiu os 49 golos pela equipa nacional, os mesmos que Bobby Charlton, com quem partilha agora a liderança na lista dos melhores marcadores de sempre por Inglaterra. Depois, Brolli fez um auto-golo e, na segunda parte, Walcott bisou e Kane e Barkley também fizeram o gosto ao pé para estabelecer o resultado final. Nos restantes jogos do grupo, a Suíça esteve em maus lençóis frente à Eslovénia, já que, em casa, Novakovic e Cesar deram a liderança aos Eslovenos, mas na parte final Drmic por 2 vezes e Stocker deram a volta e mantiveram os Helvéticos na segunda posição do grupo, ao passo que a Eslovénia está empatada no terceiro lugar com a Estónia, que bateu a Lituânia por 1-0. No Grupo C, Espanha igualou a Eslováquia na liderança, ao vencer em Oviedo por 2-0. A equipa de Del Bosque dominou o jogo todo, encostando o adversário à sua área e, sobretudo na primeira parte, circulando a bola com bastante qualidade, estando David Silva em destaque (Pedro também esteve muito activo). Logo aos 5 minutos, o craque do City assistiu Alba para o golo inaugural, tendo Iniesta fixado o resultado final de grande penalidade aos 30'. No mesmo grupo, a Ucrânia bateu a Bielorrúsia por 3-1 e terá um duelo decisivo com a Eslováquia na Terça-Feira, já que ambas as equipas estão apenas separadas por 3 pontos. Já o Luxemburgo obteve uma rara vitória, batendo a Macedónia por 1-0. Já no Grupo G, a Áustria consolidou a liderança, vencendo a Moldávia por 1-0, ao passo que a Rússia aproximou-se do segundo lugar da Suécia ao bater os Escandinavos também pela margem mínima (golo de Dzyuba). Finalmente, Montenegro venceu o Liechtenstein por 2-0 (Jovetic marcou o segundo tento).

Concorda? - O Man Utd investe mais mas ganha menos. Desde a saída de Ferguson que o clube, apesar de ter batido recordes de transferências, como Di Maria, Mata e agora Martial, continua em branco e não se vê maneira de quebrar este ciclo. Quem parece preocupado com o actual cenário é Carlos Queiroz, que numa entrevista ao "The Guardian" criticou a actual política do clube, não só na abordagem ao mercado mas igualmente pela maneira como a mística tem desaparecido. "O sucesso do Manchester United baseava-se em confiança, em acreditar e na continuidade. Eram os valores do clube. Com tantas mudanças rompeu-se com a continuidade e a tradição que havia", declarou o português. "Não havia mal nenhum em construir o futuro em cima dos princípios que já existiam e que tinham sido deixados por Ferguson. Era a direção certa. Bem, compreendo a dificuldade depois de Alex... a transição não era uma tarefa fácil. Tenho grande respeito e admiração por Louis Van Gaal e David Moyes, são ambos grandes treinadores, que admiro, mas acho que cometeram erros críticos e cruciais nessa transição", disse o antigo adjunto de Ferguson, antes de criticar Van Gaal e a abordagem ao mercado: "Espero que esta época o Manchester United seja capaz, não só de competir, mas de ganhar com estilo e entretenimento. Num clube como o Manchester United, com as capacidades financeiras que tem, tem a obrigação de apresentar resultados imediatamente. Queremos ver jogadores brilhar, grandes jogadores como Best, Scholes, Giggs, Keane, Van Nistelrooy... Onde estão eles? onde estão as estrelas do Manchester United?... "Antigamente a ideia era desenvolver jogadores. Mas agora é ao contrário. Vemos alguns dos melhores jogadores enterrarem-se e até alguns dos que chegam, como Falcao e Di Maria, irem parar ao banco. Vi o Di Maria em alguns jogos e parecia que nunca tinha jogado futebol. Compram em pânico, em vez de se prepararem e depois tomarem decisões juntos. É claro que se pode continuar a decidir mal, mas sem entrar em pânico quando se compram jogadores".

Etiquetas: ,