Torres melhor que Jackson; PSG escorrega; Heldon em destaque no Rio Ave; Ricardo Pereira a lateral esquerdo na vitória do Nice; Bacca já justifica; FC Porto (Andebol) entra a vencer na Champions

Simeone voltou a entrar em 4-3-3 (com Koke, Gabi e Tiago no meio-campo e Griezmann, Vietto e Jackson na frente), mas foram os suplentes Torres (tem estado melhor que Jackson, que saiu ao intervalo) e Correa que decidiram o jogo. 

O Atlético de Madrid bateu o Eibar por 2-0 na quarta jornada de La Liga, com os golos dos Colchoneros a serem marcados por Ángel Correa e Fernando Torres, já na segunda parte. O jogo teve muita luta e ímpeto, mas poucas ideias e futebol de qualidade, com o Atlético a ter dificuldades para criar perigo na primeira parte. Nos segundos 45 minutos, o conjunto de Simeone não melhorou muito o seu desempenho, mas os golos chegariam mesmo, primeiro por Correa, quando aos 62 minutos Torres serve o jovem argentino, com este a ultrapassar um defesa e a rematar, e depois, aos 77', com os mesmos homens a inverterem os papéis: Correa assiste Torres e o Espanhol pica a bola sobre Riesgo e faz o resultado final.

Segundo empate seguido na Ligue 1 para a equipa de Blanc - Surpresa na sexta jornada da Liga Francesa, com o PSG a não ir além do empate (1-1) na deslocação ao terreno do Reims. Com Cavani, Di María e Matuidi no banco, a equipa da capital marcou logo aos 15', por Pastore,  mas o golo foi anulado por fora-de-jogo, numa decisão  duvidosa. Dois minutos depois, o mesmo Pastore esteve quase a marcar, mas Signorino cortou a bola já em cima da linha. O primeiro aviso dos locais chegou aos 41', quando De Preville ganha a bola a Kurzawa e remata ao poste. No início do segundo tempo, o PSG voltou a desperdiçar, primeiro por Marquinhos e depois por Ibra (de forma incrível), sendo mesmo o Reims que chegaria à vantagem ao minuto 83': De Preville, com alguma sorte, ultrapassa Kurzawa e oferece o golo a Siebatcheu, que fez o seu terceiro tento na temporada, entrando sempre no decorrer das partidas. Mas a vantagem duraria pouco tempo, dado que poucos segundos depois Pastore assiste Cavani de forma primorosa e o uruguaio faz o resultado final. Nota ainda para a vitória do Nice, com Ricardo Pereira (fez duas assistências) a titular como lateral-esquerdo e Wallyson a sair do banco aos 74', frente ao Bastia por 3-1. O Bastia abriu o marcador aos 23', por Danic, mas o Nice deu a volta ainda antes do intervalo, com golos de Mendy e de Germain, tendo Benrahma sentenciado o encontro aos 90+3'.

Bacca é o reforço que está a justificar mais ao marcar 3 dos 5 golos rossoneri na Liga - Na quarta jornada da Série A, o AC Milan derrotou o Palermo em San Siro por 3-2.  Os homens da casa abriram o marcador aos 21', com Bonaventura a assistir Bacca dentro da área e o colombiano a finalizar. Onze minutos depois, os visitantes empataram, com Hiljemark a aproveitar uma má saída de Diego Lopez a um canto para empatar. Mas, aos 42', o Milan voltou à vantagem, graças a um livre exemplarmente marcado por Bonaventura. Na segunda parte, e já com Baloteli em campo, o Palermo voltou ao empate, com Hiljemark a aproveitar uma bela assitência de Gilardino para bisar. No entanto, 2 minutos depois, Bacca deu a melhor sequência a um cruzamento de Kucka, ao cabecear para o fundo das redes, para dar os 3 pontos ao Milan. No outro encontro do dia, o Empoli, com Mário Rui a titular, bateu a Udinese (que contou com Bruno Fernandes a partir dos 54 minutos) por 2-1. O conjunto de Udine ainda começou a ganhar, graças a um golo de Zapata, mas na segunda parte os visitantes deram a volta, com golos de Paredes aos 73' e de Maccarone, já nos descontos.

Os pacenses podiam ter assumido o 1.º lugar à condição - Num duelo entre 2 elencos algo semelhantes o Rio Ave foi à Capital do Móvel impor a primeira derrota na Liga ao Paços de Ferreira, ao vencer, por 3-0, com golos de Heldon (2) e Edimar. O conjunto de Pedro Martins chegou ao intervalo já com 2-0 no marcador, depois de Heldon ter bisado em 3 minutos, e já perto do fim Edimar com um livre espectacular fez o resultado final.

Quintana a defender, Yoel Cuni Morales e Gilberto Duarte (ambos com seis golos) a atacar, estiveram em destaque - O FC Porto iniciou da melhor forma o percurso na fase de grupos da Liga dos Campeões de andebol ao vencer em casa os eslovacos do Tartan Presov, por 33-23.

Etiquetas: , ,