«Ronaldo vai continuar a ser a primeira opção nos livres»; 8 em 8 para André Silva (que ainda falhou um penalti e saiu lesionado); Inter só sabe ganhar; Vencedor da Liga Europa continua a desiludir


Só pelo estatuto, já que, como voltou a demonstrar frente ao Granada, não justifica ter esta prioridade. E quando o próprio treinador tem de vincar isto é sinal que não é de todo consensual.

Rafa Benitez frisou, no final da vitória do Real diante do Granada, que Cristiano Ronaldo vai continuar a ser a primeira opção nos livres. O internacional português, que esteve quase um ano sem marcar de bola parada, na época passada só marcou 2 golos de livre, em mais de 30 tentativas, e este ano continua em branco, mas mesmo assim Benitez não pretende desfazer a hierarquia. "Nós praticamos muitas vezes situações de livres nos treinos e o Ronaldo marca de maneira frequente", disse o técnico dos merengues. Acrescentando: "Temos de acreditar nele e sabemos que ele vai voltar a ser eficaz nos livres".

Os dragões continuarão na liderança da II Liga, sendo que se espera que a lesão de André Silva, que voltou a marcar, não seja grave  - O FC Porto B deslocou-se ao terreno do Atlético na 8ª jornada da II Liga e venceu por 3-2. A formação da casa até inaugurou o marcador, por intermédio de Vouho, na conversão de uma grande penalidade, mas os azuis e brancos responderam por André Silva (que marcou e falhou um penalti) e por Gleison, que bisou. O conjunto de Jorge Andrade ainda reduziu nos descontos, novamente por Vouho, mas o desfecho não se alterou. Registo ainda para a lesão de André Silva, após entrada dura de Duarte Machado.

Não foi uma boa exibição do Inter, tendo sofrido perante o 2º classificado do campeonato, mas Mancini soma mais três pontos e manter-se-á na liderança isolada por mais uma jornada - Na 4ª jornada da Serie A, o Inter deslocou-se ao terreno do Chievo, segundo classificado da Liga e que por pouco não venceu a Juventus em Turim na jornada passada, e venceu por 1-0, graças a um golo de Icardi que, no seguimento de um lançamento lateral, aproveitou a bela assistência de Kondogbia e, após picar sobre o guarda-redes adversário, empurrou a bola para o fundo da baliza. Destaque para a presença de Medel no eixo da defesa (Miranda está lesionado, Murillo também teve queixas e foi substituído), sendo que Kondogbia, Jovetic e o próprio Medel (evitou um golo) foram as melhores unidades dos interistas. Por outro lado, Felipe Melo e Alex Telles somaram algumas desconcentrações e erros de abordagem, enquanto que Guarín e Perisic estiveram muito apagados. Do lado do Chievo, os avançados deram bastante trabalho, enquanto que Lucas Castro foi a melhor unidade (Inglese e M'Poku também agitaram quando entraram).

Os ex-Benfica resolveram - No jogo que abriu o dia em Espanha, o Celta foi ao Ramón Sánchez Pizjuán e fez o impensável, vencendo o Sevilha por 2-1. A primeira parte foi toda da equipa de Berizzo, que assumiu o jogo (basta lembrar que é a 2.ª equipa na La Liga com melhor média de posse de bola) e foi levando perigo à baliza de Sergio Rico. Aos 15 minutos, Nolito fez o primeiro, tendo Daniel Wass onze minutos depois, feito o 2-0. Unai Emery não era uma homem satisfeito e fez entrar logo no início da segunda parte Llorente (Krohn-Dehli já tinha substituído Vitolo) por Banega, e o espanhol respondeu da melhor maneira finalizando um excelente cruzamento de Mariano. Os andaluzes cresceram no jogo (os primeiros minutos do segundo tempo foram muito fortes), mas, apesar de Krohn-Dehli ter acertado nos postes e Jonny ter sido expulso já no final, não conseguiram amortizar o resultado, averbando a 2.ª derrota em casa esta época.

Etiquetas: , , , , , , ,