Primeira chicotada psicológica na I Liga; Dortmund não deixa fugir o Bayern

Os responsáveis pela Briosa foram românticos e deram um prémio ao "Salvador" da época passada mas este cenário era previsível. Equipa sem ideia de jogo, apesar do plantel ser melhor que o do ano passado, ainda não pontuou (e apenas 1 golo, e de penalti). E agora o calendário ainda vai ser mais complicado.

Fim da linha para José Viterbo no comando técnico da Académica. Após a derrota com o Boavista, por 2-0, em casa, o técnico apresentou a sua demissão do cargo. Recorde-se que, nas 5 primeiras jornadas do campeonato, os Estudantes somaram 5 derrotas, sofrendo 12 golos e apontando 1.

Tuchel continua em grande (5 vitórias em 5 jogos para a Bundesliga, com 18 golos marcados e 3 sofridos). Veremos até quando consegue acompanhar o Bayern - Num jogo entre duas das melhores equipas da Alemanha, o Borussia Dortmund bateu o Bayer Leverkusen por 3-0, num resultado que permite ao conjunto de Tuchel manter a liderança da Bundesliga, com os mesmos 15 pontos que o Bayern de Munique. Aos 19 minutos, Kagawa lança muito bem Hofman em profundidade, com este a aproveitar a má saída de Leno para abrir o marcador. Na segunda parte, aos 58', foi a vez de Kagawa marcar, após um belo entendimento da frente de ataque do Dortmund. Finalmente, aos 74', Aubameyang, de grande penalidade, fez o 3-0 final e igualou Muller no topo da lista dos melhores marcadores, com 6 tentos.

Etiquetas: ,