João Sousa não consegue repetir Kuala Lumpur; Torino isola-se no segundo lugar; Lazio começa a crescer

Ainda não foi desta que o português conseguiu juntar mais um torneio ATP ao currículo, mas deixou excelentes sensações ao longo da semana e principalmente nesta final com Raonic. Excelente réplica de João Sousa frente ao canadiano, vendendo muito cara a derrota, mas a qualidade do serviço acabou por fazer a diferença (o vimaranense desperdiçou muitas oportunidades para fazer o break). 

Mais uma final perdida por João Sousa. Esta, no ATP 250 de São Petersburgo, deixa um sabor amargo face à qualidade do ténis exibido pelo português, que mostrou capacidade para reagir às adversidades e se bateu muito bem com o nº9 do ranking mundial. Raonic acabou por ser mais forte nos momentos chave e conquistou o torneio pelos parciais de 6-3/3-6/6-3, sendo que no terceiro set João Sousa desperdiçou vários pontos de break.

Torino tem tudo para ser uma das sensações da época; Lazio entra nos eixos - A "outra" equipa de Turim promete ser um forte candidato a lutar pelos lugares cimeiros. Com a vitória na recepção ao Palermo, por 2-1, o emblema granata saltou para o segundo posto da Serie A. Giancarlo González, na própria baliza (mais tarde faria golo na baliza certa) e Marco Benassi, médio bastante interessante, fizeram os golos do triunfo. Em Sassuolo, duelo entre duas equipas que estão nos lugares cimeiros, com o conjunto da casa a empatar com o Chievo (Defrel e Paloschi, que está de pé quente). A Lazio foi vencer a Verona o Hellas por 2-1, dando a volta ao resultado na segunda parte com golos de Biglia, de penalty, e Parolo. Destaque ainda para o triunfo da Udinese em Bolonha, pelo mesmo resultado (Zapata e Badu marcaram para o conjunto de Bruno Fernandes, de fora por castigo). 

Etiquetas: ,