Espanha pode perder o Barcelona, Gasol, Mireia Belmonte ou Marc Márquez; Vítor Pereira deixa fugir liderança para adversário do Sporting; Ricardo faz mais uma assistência; Lorenzo aproxima-se de Rossi

Imagem: Marca
Revolução no desporto espanhol (e europeu)? Caso o Barcelona deixe a La Liga, o futebol irá ter uma mudança radical, por um lado isso iria constituir o enfraquecimento daquela que é a equipa mais forte do Mundo, por outro o próprio campeonato espanhol, ficaria mais frágil, a todos os níveis, até no que diz respeito à menor capacidade de movimentar dinheiro.

As eleições parlamentares na Catalunha deram maioria em lugares mas não em votos aos partidos independentistas. "Junts pel Sí" obteve 62 lugares e deve somar mais 10 da CPU para alcançar 50% dos votos. Este cenário, ainda hipotético, da eventual independência da Catalunha terá consequências igualmente no desporto, sendo que os responsáveis pela Federação espanhola e Conselho Superior dos desportos já anunciaram que em caso de independência a legislação não permite que os clubes catalães actuem na La Liga. Outros desportos, como o basquetebol, andebol ou hóquei podem estar igualmente implicados neste processo, o que pode tirar vários ícones às selecções espanholas, como Pau Gasol, Piqué, Mireia Belmonte ou Marc Márquez.

As duas equipas estão agora na frente do campeonato com 13 pontos, mas com vantagem para Quaresma - No jogo grande da jornada na Turquia, o Besiktas bateu o Fenerbahce por 3-2 e chegou ao 1.º lugar. Com Quaresma no banco na equipa da casa, mas Bruno Alves, Raúl Meireles e Nani  o jogo todo no conjunto de Vítor Pereira, o Besiktas adiantou-se aos 20 minutos, com Kjaer a desviar para a própria baliza um livre de Sosa. Quatro minutos, Mário Gomez, num desvio ao segundo poste após canto da direita, alargou a vantagem para 2-0. Logo a seguir, já depois de Fernandão ter desperdiçado uma  soberana ocasião, Tosic marcou na própria baliza para fazer o 2-1. Na segunda parte, VP fez entrar Van Persie e, 6 minutos depois, o holandês fez o 2-2. No entanto, aos 74 minutos, Mário Gomez,  num golpe de cabeça, bisou e fixou o 3-2 final para o próximo adversário do Sporting na Liga Europa.

Ricardo Pereira somou a 3.ª assistência nos últimos 3 jogos; Wallyson completou os 90 minutos - Na penúltima partida da 8.ª jornada da Liga Francesa, registou-se uma surpresa, com o Nice a visitar Saint-Etienne e a vencer com uns contundentes 4-1. Os visitantes começaram melhor, inaugurando o marcador logo aos 5 minutos por Koziello, assistido por Ricardo Pereira (jogador emprestado pelo FC Porto). A equipa da casa respondeu com o golo de Perrin aos 19 minutos, mas a partir daí só deu Nice. Ben Arfa bisou (parece querer finalmente confirmar o seu talento), apontando um golo de antologia. Aos 53 minutos, Seri, ex-Paços de Ferreira fechou a contagem. Até ao fim, destaque para duas expulsões para os forasteiros e para o penalti falhado por Bahebeck, que podia ter reduzido. O Saint-Etinne perdeu assim a oportunidade de voltar a colar-se ao PSG, estando agora a 4 pontos dos parisienses. Já o Nice subiu ao 7.º posto.

Marc Márquez caiu e deve ter hipotecado de vez as hipóteses de conseguir o tri - Jorge Lorenzo (Yamaha) venceu a corrida de MotoGP do Grande Prémio de Aragão, 14.ª prova do Mundial de velocidade, e está agora apenas a 14 pontos de Valentino Rossi. O espanhol aproveitou a queda de Márquez, que tinha conseguido a pole, logo na 2.ª volta, para vencer de maneira confortável e ainda viu o compatriota Pedrosa impor-se a Rossi na luta pelo 2.º lugar, o que tirou alguns pontos ao italiano.

Etiquetas: , , ,