«Dois jogadores como Tiago não se podem pagar»; Defesa do Bayern oficializa recusa em jogar pelo Brasil; Portugal aumenta seca no jogo sem recorde

Aos 34 anos continua a ser indiscutível e ainda esta semana a Marca referia que este Atlético é Tiago e mais 10. "O português é uma espécie de herói silencioso. Tacticamente é perfeito, faz tudo o que é necessário para que a sua equipa esteja bem posicionada e oferece sempre uma linha de passe. Além disso é fundamental nas bolas paradas, tanto defensivas como ofensivas. E Simeone vai ter de gerir bem a sua condição, já que, apesar do plantel colchonero ser dos que apresenta mais qualidade nos últimos anos, não tem um elemento ao nível do médio português", referia o jornal espanhol.

Diego Simeone não poupou nos elogios a Tiago depois da vitória do Atlético Madrid frente ao Getafe. «É um jogador muito importante para nós, é o cérebro da equipa. Sabe interpretar aquilo que a equipa precisa e isso ganha-se com a idade. Com ele em campo a equipa deixou de pensar que poderia sofrer um golo a qualquer momento», analisou o treinador argentino. Acrescentando que: «É muito difícil ter dois jogadores como Tiago no plantel. Seria impossível pagar dois como ele», disse Cholo.

Selecção nacional soma agora 16 derrotas e 4 empates frente à Canarinha - Num duelo que tinha como aperitivo extra a tentativa de bater o recorde de espectadores numa partida de Futsal, Portugal aumentou a seca contra o Brasil ao perder por 2-1, em jogo particular disputado no Arena Castelão, em Fortaleza. Xuxa e Tiago adiantaram os brasileiros na 1.ª parte, ao passo que Cardinal assinalou o único golo dos portugueses, aos 33 minutos. Sem vitória e sem recorde. Já que nas bancadas estiveram apenas 11 mil espectadores, bastante longe dos 60 mil que a organização tinha por objectivo, de maneira a ultrapassar o Brasil-Argentina no Estádio Mané Garrincha, que contou com 56 mil pessoas.

O defesa pretende jogar pela Alemanha - Foi convocado por Dunga para os próximos compromissos oficiais do Brasil, o que em caso de utilização o ia impedir de representar outra selecção, mas deu uma nega. Rafinha pediu dispensa da seleção brasileira por não ser chamado com regularidade, anunciou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Não sou chamado com regularidade, nem sou uma das opções principais para a minha posição”, justificou o defesa do Bayern. A confederação brasileira aceitou o pedido de Rafinha e elogiou a “transparência” do jogador, aceitando retirá-lo da lista de convocados do selecionador Dunga para os dois primeiros jogos do Brasil no torneio sul-americano de qualificação para o Mundial2018.

Etiquetas: , ,