Da Sintonia ao afastamento

Se fosse há um ano Carrillo - que desde que chegou a Alvalade assumiu logo o estatuto de jogador mais talentoso dos leões, aliás durante algum tempo, como sempre defendemos, apesar de ter sido "queimado" por alguns treinadores, era o único elemento acima da média -, teria renovado por 1/3 do que agora lhe estão a oferecer, mas na altura nem a esses valores chegaram. Agora, no desespero, ofereceram mais de 2 milhões de euros limpos por ano mais objectivos ao extremo. O problema é que nesta fase já nem é uma questão de dinheiro (este salário já é Top 5 em Portugal e mesmo na Europa não há assim tantas equipas a pagar mais do que isto), o peruano tem dúvidas em prolongar uma relação com alguém que parece ter dificuldades em cumprir os contratos e respeitar os funcionários do clube. Sendo certo que desportivamente, caso Carrillo não renove, é Jesus quem irá sofrer mais com tudo isto, já que corre o risco de não poder utilizar aquele que é de longe o jogador mais importante do plantel. Apesar das campanhas que naturalmente vão surgir do "só faz falta quem quer cá estar" (apesar do peruano ter estado sempre comprometido com os verde e brancos), que deixar arrastar processos como o de Carrillo, Dier, Moretto, Bruma ou Ilori, para fases em que são os jogadores a ficar com a "faca e o queijo na mão" não é importante, ou até que o Mané e o Gelson são melhores que o La Culebra. 

André Carrillo, que continua sem renovar o contrato que o liga ao Sporting, não integra a lista de convocados dos leões para o jogo da Liga Europa, contra os russos do Lokomotiv Moscovo. Apesar de ontem Jesus ter dito que contava com o peruano e que o almoço que tiveram era apenas a demonstração da sintonia entre os 2, o extremo acabou mesmo por ser afastado. Lista de convocados do Sporting:
Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;
Defesas: Jonathan Silva, Jefferson, Paulo Oliveira, João Pereira, Tobias Figueiredo e Naldo;
Médios: Aquilani, Adrien, André Martins e Bruno Paulista;
Avançados: Slimani, Montero, Teo Gutiérrez, Bryan Ruiz, Gelson Martins e Carlos Mané.

Etiquetas: