«Com o João Mário ainda ficámos pior»; De Gea baixa a cláusula; Ex-FC Porto segura 1.º lugar de Vítor Pereira; Raúl Garcia já marca; Marselha goleia

Episódio pontual (ou JJ está a castigar o médio)? Aparentemente nada justifica esta postura do treinador leonino, mas a verdade é que já tinha surpreendido a opção de deixar o internacional português no banco, pela sua qualidade e por não poder ser opção no jogo da Liga Europa.

Jorge Jesus estava contente pelo triunfo do Sporting num campo "muito dificil" mas reconheceu que os leões deram demasiados espaços, sendo que a entrada de João Mário para o lugar de Bryan Ruiz acabou por se tornar um problema maior. " A ganhar por 2-0 começámos a dar espaços e o nosso corredor esquerdo começou a ter dificuldades em parar alguns jogadores. Conseguiam a superioridade numérica e não soubemos corrigir taticamente o que não estava bem. Estivemos perto do 3-1 e o grande objetivo, que era conquistar os três pontos, foi alcançado," começou por dizer o técnico leonino antes de dar uma achega a João Mário: "Senti que estávamos a perder o corredor esquerdo e tentei corrigir com o João [substitui Ruiz] mas ainda ficámos pior. Depois, com o Mané, aí sim melhorámos".

A viagem até Madrid pode ficar adiada por apenas um ano - Apesar de ter renovado com o Man Utd até 2019, de acordo com a imprensa inglesa, David De Gea pediu para lhe ser baixada a cláusula de rescisão de 60 milhões de euros para os 40 milhões de euros, valor que o Real Madrid estaria disposto a pagar pelo guarda-redes espanhol, num negócio inviabilizado por 1 minuto.

Vítor Pereira continua em grande, a nível interno - O Fenerbahçe deslocou-se ao terreno do Kasimpasa e venceu por 1-0, mantendo a liderança no campeonato graças a um golo de Souza, ex-médio do FC Porto. A formação orientada por Vítor Pereira continua assim no primeiro lugar, tendo um ponto de vantagem sobre o Besiktas, adversário do Sporting na Liga Europa, que derrotou o Basaksehir por 2-0 com um bis de Mario Gomez.

Celta tropeça pela primeira vez, Villarreal e Eibar continuam no grupo da frente e o ex Atlético Madrid entrou da melhor forma no San Mamés - Na 3.ª jornada da Liga Espanhola, o Athletic Bilbao recebeu e bateu o Getafe por 3-1, no jogo que marcou a estreia, e logo com um golo, de Raul García. Os outros tentos foram apontados por Aduriz, que bisou, enquanto que Velazquez ainda deu alguma esperança aos forasteiros. Em Granada, o Villarreal venceu pelos mesmos números (golos de Trigueros, Bakambu e Samu para o Submarino Amarelo, Fran Rico marcou para os da casa). Por outro lado, Celta e Las Palmas protagonizaram um fantástico 3-3 (Orellana, Wass e Nolito para a formação da casa; Sergio Araujo, Simon David e um auto-golo de Pedro Hernandez para a equipa visitante), enquanto que o Eibar e o Málaga se anularam no La Rosaleda.

A nova equipa de Quintero já está no 2.º lugar - O Rennes, ainda sem Juan Quintero, venceu, fora de portas, o Nantes por 2-0 e está agora a apenas 1 ponto do PSG, líder do campeonato. N’tep, a estrela do conjunto, e Sio fizeram os golos, num encontro em Sylla encheu o meio campo e Montanier optou pelo 3-4-3 (o colombiano do FC Porto poderá ter de jogar a partir da ala). Mais à noite, o Marselha recebeu e goleou o Bastia por 4 bolas a uma. Alessandrini, com um bis, Batshuayi (golo e assistência) e Mendy (também golo e assistência) estiveram em evidência. Entre os reforços que jogaram (Manquillo, Rekik, Lass, Lucas Silva, Cabella foram titulares; De Cegile entrou a 15 minutos do fim).

Etiquetas: , , , ,