"Bicicleta" de Benteke não foi suficiente para estragar a super-estreia de Martial; Cancelo e André Gomes em destaque no Valencia; Sp. Braga B isolado na liderança da II Liga; Atlético é 2.º, Benfica B também venceu

Imagem: Daily Mail
Depois de uma 1.ª parte horrível os 2 colossos ingleses deram um belo espectáculo no 2.º tempo. De Gea respondeu à renovação com 2/3 defesas de grande nível; Blind marcou e evitou um golo cantado; Carrick mandou no meio campo; Benteke marcou de bicicleta mas revelou alguma falta de capacidade em segurar a bola; Firmino esteve ainda pior e continua sem justificar o investimento (o conjunto de Rodgers acusou a ausência de Coutinho); Quem já rende é Martial que, apesar de ter sido suplente (Fellaini fez de Rooney, que esteve indisponível devido a lesão, no papel de avançado centro), com uma bela jogada individual "matou" o jogo.

Parecia um Clássico entre duas equipas que preferiam não perder a lutar pela vitória mas acabou por estar recheado de destaques. O Man Utd bateu o Liverpool, por 3-1, e assumiu, à condição, o 2.º lugar na Premier League, com mais 3 pontos que o velho rival. Depois de uma 1.ª parte das piores que se viram no campeonato inglês nos últimos tempos, ao intervalo Van Gaal lançou Young no lugar do apagado Depay e o jogo mudou. Logo a abrir o 2.º tempo, num livre "à Camacho" Mata assistiu Blind para o 1-0, a partida abriu, e depois do regressado De Gea e do próprio Blind terem evitado o 1-1, Herrera num penalti, que o próprio sofreu, fez o 2-0. O Liverpool não desistiu e depois de mais uma grande defesa do espanhol De Gea, Benteke, com um pontapé de bicicleta reduziu. No entanto, os Red Devils nem tiveram tempo para pressionar e aproveitar o momento já que praticamente no lance seguinte, o reforço de 50 ME Martial, que tinha entrado já no 2.º tempo, numa bela jogada individual fez o 3-1.

Chaves baixou ao 3.º lugar; Atlético e Sp. Braga B continuam em grande; Oliveirense somou o 1.º ponto - O Sp. Braga B é agora o líder isolado da II Liga fruto de uma vitória, por 1-0, frente ao Mafra e da derrota (2-1) do Chaves em Freamunde. Boa jornada também para o Atlético, que com o triunfo (3-1) contra o Varzim subiu ao 2.º lugar. Já o Benfica B, com golos de Rebocho e Sancidino, superou o Ac. Viseu, por 2-0. Enquanto que a Oliveirense somou o primeiro ponto ao empatar a 2 no terreno do Penafiel.

À 3.ª foi de vez. Depois de dois empates, Nuno somou o 1.º triunfo na La Liga e logo num campo difícil, onde o Real Madrid já tinha deixado pontos. Com os dois principais porteros lesionados (Ryan e Diego Alves), foi Jaume Doménech a assumir a titularidade, e em boa hora, já que foi um dos principais destaques da equipa Che. Na direita, Cancelo foi dos melhores em campo (grande dinâmica pelo corredor, tal como Feghouli) e Abdennour ganhou o lugar ao lado de Mustafi - Não foi fácil mas o Valencia, com um golo de Alcácer no minuto 91, no terreno do Sporting Gigón, conquistou a 1.ª vitória no campeonato. Uma partida, que apesar de parecer destinada a acabar a zeros, foi uma dos melhores da BBVA até à data. Inúmeras oportunidades para os dois lados, entrega máxima dos jogadores e um constante bola cá, bola lá. A verdade é que só em tempo de compensação o nulo foi desatado por intermédio de Alcácer (substituiu o perdulário Negredo) após excelente iniciativa de Bakkali que havia entrado para o lugar de Piatti. Como nota final, menção para o regresso aos relvados de André Gomes, que após longa paragem, volta à equipa para lhe dar uma chegada à área e transporte de bola que estava em falta.

Etiquetas: , ,