Benítez só tem um indiscutível no Real, e é português; Nuno continua a afundar; Griezmann resolve (Jackson foi suplente); Man City goleia; Balotelli já marca

Um péssimo início de época (apenas 6 pontos em 5 jornadas) para Nuno, que desgasta ainda mais a imagem de um treinador que nunca foi querido em Mestalla. Certo é que nos próximos jogos em casa os adeptos não vão perdoar e o calendário não é o ideal numa perspectiva de recuperação da confiança (depois da recepção ao Granada tem as visitas ao Stade Gerland em Lyon, San Mamés e Calderón).

Quinta jornada na La Liga, 4.º tropeção. O Valencia deslocou-se à Catalunha na ressaca de uma semana traumática, mas volta com uma derrota por 1-0 frente ao Espanyol. Mesmo assim, e apesar dos assobios, má classificação, e péssimo futebol, Nuno continua a confiar no seu trabalho e na conferência de imprensa disse que acredita que a equipa vai dar a volta à situação. Quanto à partida, os Periquitos mereceram o triunfo e podiam mesmo ter goleado, não fosse a excelente exibição de Doménech. Já o conjunto Che até entrou melhor, mas Rodrigo e Mina estiveram péssimos em frente à baliza e, nas primeiras tentativas da equipa de González, Víctor Álvarez finalizou após livre indirecto. No 2.º tempo, e apesar da entrada Piatti, Alcácer e Feghouli, o cenário continuou negro, com pouco futebol da equipa de Nuno e com uma apatia que é surpreendente em função daquilo que o Valencia precisa. Individualmente, Cancelo fez uma boa exibição, Bakkali foi um agitador e Enzo foi a melhor unidade do meio campo (Gomes por lesão, Parejo, Mustafi e Negredo por opção, não foram utilizados). Do outro lado, nota para a grande exibição de Asensio, a explorar muito o corredor central e a ser um autêntico quebra cabeças para Danilo e Fuego.

Nos merengues agora o debate é Jesé, que começou a época a titular na La Liga e agora, mesmo com as lesões de James e Bale, não é utilizado, tendo sido inclusive ultrapassado por Lucas - Rafa Benitez que, ao contrário dos antecessores, não tem sido muito peremptório quando se trata de afirmar que Ronaldo é o melhor do Mundo assumiu hoje na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Athletic que o português é o único jogador indiscutível do plantel. "Aqui há um jogador indiscutível, que é Cristiano Ronaldo. De resto, valorizamos quem está melhor para cada jogo e há vários que estão um passo à frente", disse Benítez, referindo-se ao caso Jesé. Tendo acrescentado que: "Jesé tem talento e deve continuar a trabalhar. Qualquer jovem deve tratar de aproximar-se ao nível dos melhores do mundo."

Bruno Fernandes, que hoje foi associado aos rossoneri, fez uma boa exibição mas acabou expulso, por acumulação de amarelos; Balotelli quebrou um jejum de 7 meses sem marcar - No jogo que abriu a 5.ª jornada da Série A, o Milan foi ao terreno da Udinese vencer por 3-2. Balotelli,  no primeiro jogo a titular desde que regressou a Itália, abriu logo ao activo com um livre espectacular aos 5 minutos, Bonaventura, que está em grande ampliou e em cima do intervalo Zapata fez o 3-0, o problema, para o conjunto de Siniša Mihajlović, é que na 2.ª parte os anfitriões reagiram, com Badu e Zapata a reduzirem ainda antes dos 15 minutos, no entanto, o Milan, apesar de ter sofrido, segurou os 3 pontos.

Griezmann parece ser o único indiscutível no ataque de Simeone, que hoje fez acompanhar o francês com Torres e Ferreira-Carrasco (Oliver, Niguez e Gabi também foram titulares) - Com um bis do suspeito do costume, Griezmann, o Atlético derrotou o Getafe, por 2-0 e igualou, à condição o Barcelona na liderança da La Liga. O francês marcou aos 4 minutos e fez o 2.º já nos 90, aproveitando uma assistência de Jackson, que tinha substituído Torres na 2.ª parte.

Ao contrário do que é habitual na Taça da Liga, Pellegrini não deu descanso aos principais elementos e fez alinhar de inicio Yaya, Aguero, Sterling, Kolarov e de Bruyne - O Man City não facilitou e foi ao terreno do Sunderland golear, por 4-1, nos 16 avos-de-final da Taça da Liga Inglesa. Ao intervalo, com golos de Aguero, de Bruyne, Mannone (na própria baliza) e Sterling, os Citizens já venciam por 4-0. Toivonen reduziu perto do fim. Nos outros jogos destaque para o Swansea, com Éder a titular, que foi eliminado, em casa, pelo Hull. O Leicester derrotou o West Ham no prolongamento, Aston Villa, Stoke e Everton também seguem em frente.

Etiquetas: , , , ,