Aufere 540 mil euros por mês mas vai ficar um ano sem jogar; Os 34 anos fizeram bem a Federer

Já foi um dos avançados mais cotados na Premier League - esteve igualmente em destaque nos 6 meses que representou o Real Madrid - mas parece ter desistido do futebol. 

Adebayor vai ficar parado pelo menos até Janeiro, e tendo em conta a maneira como bloqueou a saída em Agosto o mais provável é que não jogue até Junho. O treinador do Tottenham admitiu publicamente que o avançado, de 31 anos, que aufere 540 mil euros por mês, não conta e que o internacional pelo Togo nunca mais vai vestir a camisola dos Spurs. "Eu penso que está claro que ele já não faz parte dos meus planos para o presente, nem para o futuro", referiu Pochettino em declarações à BBC Sport. Recordamos que Adebayor, que tem contrato até 2016, recusou transferir-se para o West Ham e Aston Villa no último Defeso e pediu 7 Milhões de euros para rescindir o contrato. Fora do contexto clube o antigo jogador do Arsenal e City também tem sido noticia por não responder às convocatórias da sua selecção.

Prognósticos? - Federer marcou duelo com Djokovic na final do US Open. O n.º 2 mundial, com mais facilidade do que se previa, eliminou Wawrinka, por 6-4, 6-3 e 6-1, nas meias-finais, vingando assim a derrota em Roland Garros. O penta-campeão do US Open, que continua a inovar na resposta ao serviço, chega à final sem perder um set (aliás desde que completou 34 anos que ainda não foi vergado e neste Grand Slam americano só por uma vez sofreu um break no seu serviço).

Etiquetas: ,