À atenção do Benfica: "Jackson vai aparecer"; Milan cai em Génova; Marselha volta a perder

Não está a ser um início de temporada particularmente feliz para o colombiano. Começou como suplente de Torres, que tem tido muito mais impacto na equipa, e quando é titular não tem correspondido. Com estas declarações Simeone dá um voto de confiança ao ex-Porto, mas o "Cha Cha Cha" ainda não conseguiu provar num campeonato de topo que é um avançado de classe mundial. 

Depois do desaire frente ao Villarreal, Diego Simeone já pensa na recepção ao Benfica. O técnico argentino foi questionado sobre a situação de Jackson Martínez, que apenas apontou um golo até ao momento, e parece confiar plenamente no reforço contratado ao FC Porto. "É um jogador muito importante para nós e sabe que ainda tem de crescer muito. Mas confiamos nele até à morte. O Jackson aparecerá nos momentos importantes e determinantes", afirmou.

Os rossoneri averbaram a terceira derrota em seis jogos, numa partida em que Bacca foi suplente e onde ficaram patentes as dificuldades em desequilibrar - Na 6ª jornada da Serie A, o AC Milan deslocou-se ao Luigi Ferraris e foi derrotado por 1-0, graças a um golo de livre directo de Dzemaili, que sofreu um desvio na barreira. A formação de Gasperini esteve sempre mais confortável e consistente no jogo, tendo beneficiado da expulsão de Romagnoli perto do intervalo, após um mau passe de Zapata. Destaque para as exibições de Diego Capel e Perotti, dois quebra-cabeças constantes para a defensiva milanesa (o espanhol arrancou a expulsão), bem como para o controlo do meio-campo por parte do duo Rincón-Dzemaili. Já na equipa de Mihajlovic, Balotelli foi o mais inconformado, mas não esteve feliz na finalização.

É incrível como é que uma equipa como o Marselha, que tem excelentes jogadores, tem tantas dificuldades no Velódrome - Não há maneira de o OM atinar. A equipa de Michel somou mais uma derrota (2-1) no campeonato francês, desta feita na recepção ao Angers. Os recém-promovidos chegaram ao 2-0 com golos de Mangani e Thomas, sendo o golo de Batshuayi, de penalty, insuficiente para conquistar pontos.

Estreia de Joaquín a marcar nesta edição de La Liga - O Betis foi a Gijón bater o Sporting por 2-1, numa partida em que os Sevilhanos deram a volta ao marcador, isto porque os homens das Astúrias  começaram por inaugurar o marcador aos 16 Carlos Castro rodou sobre Westermann e bateu Adán. Mas o conjunto de Pepe Mel reagiu e empatou aos 45', com Joaquín a responder de cabeça a passe de Cejudo. Pouco depois, aos 56', Rubén Castro fixou o resultado final num belo pontapé de pé direito.

Etiquetas: , , , ,