10 craques que se vão estrear na Champions

Com a mais prestigiante competição de clubes a nível europeu quase a começar, é tempo de o Visão de Mercado eleger 10 jogadores que, na sua estreia na competição, prometem estar em destaque. Jovens craques, ou elementos já com algum estatuto que nunca tiveram a felicidade de ouvir o hino da Champions, aqui fica a lista dos estreantes que podem ter impacto na Liga dos Campeões 2015-16.

Ricardo Rodriguez (Wolfsburgo) - Um dos melhores laterais esquerdos da actualidade vai finalmente pisar o palco com que todos os jogadores sonham. Jogador muito forte tecnicamente, igualmente um bom executante nas bolas paradas, não sendo rápido é sempre uma presença assídua no momento ofensivo.
Mustafi (Valencia) - Já é campeão do Mundo mas só agora chega à Champions. Na última época foi dos melhores defesas da La Liga o que motivou um interesse de Barcelona e Real Madrid na sua contratação.
Konoplyanka (Sevilha) - Primeiro ano num campeonato de Top e também a estreia na Liga Milionária. O "Messi da Ucrânia", com a sua capacidade em desequilibrar, promete ser um dos jogadores em destaque no equilibrado grupo D.
Antonio Rüdiger (Roma) - Chegou a ser dado como certo no FC Porto mas é em Itália que o internacional alemão vai demonstrar o que vale. Um central forte fisicamente, que aos 22 anos já soma 6 internacionalizações pela poderosa selecção da Alemanha.
Krychowiak (Sevilha) - Só atinge este patamar aos 25 anos mas considerando o nível que apresentou na época passada é daqueles que "veio para ficar". Seja no clube Andaluz ou noutro emblema, o polaco com a qualidade que apresenta na posição de médio defensivo vai pertencer a esta elite durante muitos anos.
Bas Dost (Wolfsburgo) - Já tinha sido o melhor marcador da liga holandesa mas foi na época passada que provou que é um goleador, ao apontar 16 golos em 21 jogos na Bundesliga. Aos 26 anos terá finalmente a oportunidade de deixar a sua marca na principal prova de clubes do Mundo.
Paco Alcácer (Valencia) - É o avançado da Espanha do futuro... e do presente, como prova a sua utilização na fase de qualificação para o Euro'2016. Aos 22 anos ainda está num processo de evolução, mas tem tudo para mostrar já serviço no ano de estreia na Champions.
Luciano Vietto (Atlético) - Brilhou no ano de estreia na Europa e agora vai tentar provar que pertence à elite na prova mais exigente do Mundo. A concorrência no Atlético não é fácil de contornar mas, devido à pouca qualidade do grupo, o craque argentino até pode ter mais minutos na Champions.
Kevin Trapp (PSG) - Chegou este ano à elite e logo assumiu o estatuto de indiscutível no campeão francês, apesar de nem ser opção na selecção da Alemanha, o que diz bem da cotação que os guarda-redes germânicos tem hoje em dia. O guardião adquirido ao Eintracht Frankfurt por 9,5 ME, não tem o hype de Neuer, Leno ou ter Stegen, mas apresenta boas qualidades como o seu bom jogo de pés, posicionamento e estar atrás de uma das melhores defesas da atualidade (Aurier, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa) deve permitir que tenha uma estreia segura.
Dybala (Juventus) - Contratado ao Palermo por valores a rondar os 40 milhões (com objetivos), o argentino tem sido o principal o protagonista do vice-campeão europeu, sendo mesmo o único marcador da equipa no campeonato, com 2 golos (e também marcou na Supertaça). Dono de uma excelente qualidade técnica, é um dos avançados mais difíceis de parar no 1x1 da atualidade (tem um perfil parecido a Kun Agüero). Decide muito bem no último terço (não é de admirar que no ano passado tenha passado a barreira dos 10 golos e 10 assistências; só Berardi e o ex-companheiro Vázquez o acompanharam) e tem a particularidade de já ser um especialista em lances de bola parada (assumiu de imediato a marcação de grandes penalidades na Juve).

PS - A UEFA informou que o Fantasy da Champions só vai estar disponível a partir da 2.ª jornada.

Fábio Teixeira

Etiquetas: