3 de abril de 2013

Real Madrid 3-0 Galatasaray (Ronaldo 9´, Benzema 29´e Higuain 73´)

O Real Madrid derrotou o Galatasaray por 3-0 e está com um pé e meio nas meias finais da competição milionária. Os merengues construíram um resultado expressivo, ainda que com uma exibição q. b. e sem grande intensidade (com outra intensidade de jogo o conjunto de Mou podia ter construído um resultado mais avolumado). No primeiro tempo, o "Gala" ainda criou boas situações de remate (todos mal direccionados), mas ficou bem ciente que a diferença entre as duas equipas é muito grande. Cristiano Ronaldo, com mais um golo marcado, isolou-se na liderança dos goleadores (9), já a missão dos turcos, se era complicada pelo resultado, mais ficou com os amarelos a Yilmaz e Nounkeu (vão falhar a 2ª mão, tal como Sérgio Ramos e Xabi Alonso, estes de forma intencional). A arbitragem aliás volto a deixar muito a desejar (os merengues não se podem queixar nesta edição da LC). Nota para Didier Drogba, que mostrou que é jogador de Liga dos Campeões, à semelhança do que Beckham fez frente ao Barça, provou que a qualidade supera a idade. Já Sneijder continua no ritmo dos últimos 2 anos de Inter: lento, parado, ausente.

Quanto ao jogo em si, boa entrada do Real, com um golo logo à passagem dos 10 minutos (assistência de Ozil e finalização de classe de Ronaldo), mas excelente reacção do Galatasaray, com muitas jogadas de envolvimento ofensivo e bastantes remates em zonas perigosas (Drogba falhou num local onde não costuma perdoar, enquanto outros elementos também tentaram a sua sorte). Pelo meio, Benzema fez o 2-0, aproveitando um lance confuso na área (Ronaldo falhou o cabeceamento e a defesa turca ficou parada). No segundo tempo, os turcos já não conseguiram chegar com tanto perigo junto da baliza de Diego Lopez, enquanto o Real controlou o jogo sem grandes sobressaltos. Di Maria ainda falhou um golo na cara de Muslera, mas Higuain não perdoou na sequência de um livre batido por Xabi Alonso.

Nos destaques, a nível individual, e a espaços, Ronaldo (bom golo), Ozil (excelente assistência), demonstraram bons pormenores, mas estiveram longe de deslumbrar, enquanto boas exibições só mesmo as de Essien, Khedira, Sérgio Ramos e principalmente Xabi Alonso (o médio espanhol foi o melhor em campo). Do lado do "Gala", Drogba incomodou na 1ª parte, Nounkeu foi competente na defesa e Inan, o "Pirlo" turco, deu alguma qualidade na posse de bola. Principais destaques?

Málaga 0-0 Borussia Dortmund

Andaluzes e alemães empataram sem golos, numa partida completamente dominada pelo conjunto de Jurgen Klopp (única equipa invicta em prova). A fraca pontaria do lado do Dortmund e a grande exibição de Caballero evitaram uma vitória fácil e natural dos alemães, que, se manterem o nível exibicional, não deverão ter dificuldades na partida da 2ª mão. Gotze mostrou grande qualidade, mas pecou claramente na finalização (tal como Lewandowski), enquanto Welington desperdiçou a melhor ocasião para o Málaga. Principais destaques?

13 comentários:

  1. O jogo foi muito bom e penso que acabou por ser mais fácil do que o que o Mourinho esperaria.

    O Galatasaray foi uma presa demasiado docil.

    Mau mau foram os comentadores da TVI. Que miséria. Continuam jornada após jornada a confundir jogadores (pretos com brancos por exemplo) e a inventarem situações absurdas.

    Hoje não perceberam o amarelo que o Sérgio Ramos forçou e fizeram logo alto filme com a emotividade do jogador e como o Mourinho estaria furioso... Não virão o penalty contra o Real (que resultou num amarelo para o avançado do Galatasaray que não joga para a semana) e eles nem com 3 repetições em que se vê nitidamente o gajo a ser pisado conseguem ver e dizer que foi penalty... "foi na bola" diziam eles.

    Enfim...

    PS: Oh Visão de Mercado...Há algum motivo para eu nao conseguir postar na vossa pagina do FB ?? E haver malta a comentar ??

    ResponderEliminar
  2. Ótima partida no primeiro tempo do Real. Apertando a marcação, Xabi Alonso muito bem nos passes longos, CR7 na primeira oportunidade clara foi magistral mostrando toda a classe e técnica. Mourinho muito bem nas escolhas pré-jogo no time inicial. Preferia ver o Pepe no lugar do Sergio Ramos e este passando pra lateral, mas o Essien fez um belo trabalho.
    Benzema fez muito bem seu papel no primeiro tempo e no segundo deu uma caída como os dois times (apesar de ter sido fácil, durante os primeiros 30 min de jogo o Galatasaray jogou bem e ofensivo). Só que é aquele caso, como dizia um técnico aqui no Brasil: "o medo de perder tira a vontade de ganhar."
    Os turcos vieram com três zagueiros tentam fechar e não tomar mais gols, mas falharam no lance do 3° gol merengue. Tanto cara de camisa amarela e vermelha na área e o Higuaín não precisa nem pular pra fazer o gol. Enfim... vaga definida e agora é esperar o jogo da volta (só pra cumprir tabela e o sorteio).
    Obs: aqui na transmissão da TV E+I, o Zico (ex-técnico da seleção iraquiana) falou sobre as acusações do Mourinho contra as eleições de melhores do mundo da FIFA. Dizendo que em nenhum dos dois anos em que lá esteve recebeu alguma coisa pra votar na eleição. Disse que nem o capitão da seleção votou. Enquanto o jogo estava rolando o outro comentarista foi verificar e viu que só tinha o voto do jornalista. E nem do Irã também tinham os votos. Enfim... só não vê quem não quer.

    ResponderEliminar
  3. Vi o Malaga x Dortmund e assisti a uma partida equilibrada e com intensidade, especialmente na 1ª parte. O Dortmund tinha o favoritismo e mostrou ser uma equipa mais equilibrada e com mais talento, mas o Malaga a jogar em casa transforma-se e consegue equiparar-se a qualquer equipa. Ainda assim, os alemaes foram perdularios, Gotze principalmente, pelo que poderiam ter ja uma vantagem para a 2ª mao.
    Grande jogo dos centrais do Dortmund, bons apontamentos do Lewandowski e do Gundogan, o cerebro da equipa, enquanto que Reus e Grosskreutz estiveram mais apagados.
    Do lado do Malaga bom jogo dos centrais, dos medios defensivos (inumeras bolas recuperadas) e do Isco enquanto durou fisicamente.
    Tudo em aberto para a 2ª mao, mas dou favoritismo ao Dortmund porque tem melhor equipa e jogara em casa.

    Em Madrid o Real, pelos vistos, nao teve dificuldade em derrotar o Galatasaray, uma equipa interessante com alguns excelentes jogadores (Selçuk Inan, Drogba, Ylmaz ou Sneijder), mas que nao teria grandes hipoteses frente ao colosso espanhol. 3-0 e esclarecedor e o Real esta com pe e meio nas meias-finais da Champions.

    ResponderEliminar
  4. O Benzema é provavelmente o jogador mais egoista da história do futebol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. essa afirmação é engraçadissíma tendo em conta que na equipa do Benzema, joga um rapaz chamado Cristiano Ronaldo, que me arrisco a dizer que é o jogador que mais remata à baliza nesta edição da Champions e na Liga.

      Dragão 86

      Eliminar
    2. Sr Dragão 86, ou não gosta do Ronaldo ou não sabe ver futebol...

      Eliminar
  5. Varane? Não percebo porque não mencionaram o jovem prodígio francês como destaque nesta partida do grande palco europeu. Fez um jogo exemplar, com muita classe, jogando sempre na antecipação e nunca "à queima" e tendo em conta que teve pela frente um dos melhores avançados do mundo, Didier Drogba.

    Apesar disso, excelente crónica. O vosso blog para mim é o melhor, sigo-o todos os dias e por isso gostaria de deixar a sugerência de falarem mais sobre grandes jogadores que estão no topo hoje-em-dia, como CR, Bale, Ozil, etc. Um pouco à semelhança do que fizeram com as jovens promessas.

    Um grande abraço e continuação do excelente trabalho que têm vindo a desenvolver até agora.

    ResponderEliminar
  6. soltas do Málaga x Dortmund:
    -gundogan é um monstro
    -de isco já não vale a pena falar
    -grande jogo do willy Caballero
    -Antunes não esteve mal apesar do erro gravíssimo do primeiro tempo
    -joaquin continua incrível
    -reus esteve desinspirado e deslocado.
    -a defesa do málaga não aguenta outros 90 minutos de lewandoski, gotze e companhia(especialmente o wellingotn que até nem vai jogar)

    ResponderEliminar
  7. Para mim a grande nota do jogo entre Real Madrid e Gala foi a prestação do Sneijder. Durante alguns minutos cheguei mesmo a perguntar se ele estava em campo.
    Esta é uma eliminatória desequilibrada e parece que se confirma que Dortmund, Real, Bayern e Barcelona estarão nas meias finais...

    ResponderEliminar
  8. Curiosamente (ou não), quatro equipas com os seus campeonatos decididos, e que se podem dedicar a 100% à LC. Duvido que, estivessem Real e Barcelona lado a lado em Espanha, se apresentassem tão pujantes a esta altura do ano.

    ResponderEliminar
  9. É impressão minha ou o Pepe tem de começar a empacotar as tralhas e sair de madrid?
    Sergio Ramos faz parte da mobília, e Varane é o futuro do Real. Saindo Mourinho, o internacional portugês perde ainda mais espaço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pepe é um jogador feliz e será sempre um daqueles 14/15 jogadores de campo que jogam sempre, portanto, não creio que saia. Só se for para o Man Utd.

      Eliminar
  10. Imaginemos que o golo do Ibra tivesse sido ao Real e o penalty por assinalar tivesse sido por mão do Puyol em vez do Khedira.Hoje provavelmente tínhamos 112 comentários indignados com a "face oculta" da UEFA.
    Assim só temos 12 e estranhamente nenhum fala de arbitragens ou da "cabala cósmica" anti-Mourinho

    ResponderEliminar

Depois do 25 de Abril de 1974, Portugal "descobriu" a liberdade de expressão, portanto expressem-se à vontade! No entanto, os comentários a insultar, serão apagados pelo lápis azul!!

COMENTÁRIOS DE ANÓNIMOS, OFENSIVOS OU INCENDIÁRIOS SERÃO AUTOMATICAMENTE REJEITADOS