4 de agosto de 2012

JO Futebol - O Brasil sofreu para derrotar as Honduras, num excelente espectáculo em Newcastle. Mario Martínez inaugurou o marcador aos 12 minutos (golaço), mas aos 33´, Crisanto recebeu ordem de expulsão. Leandro Damião empatou aos 38´, mas Espinoza (grande partida) voltou a colocar os hondurenhos na frente (48´). Neymar, de grande penalidade, igualou aos 50´, para Damião decidir aos 60 minutos (Hulk saiu aos 67´e Danilo entrou aos 42´). Noutra partida emocionante, o México suou para derrotar o Senegal por 4-2. A partida foi para prolongamento, depois de Enriquez (10´), Aquino (62´), Konate (69´) e I. Balde (76´) terem marcado os golos do período regulamentar (2-2). Nos 30 minutos extra, o México levou a melhor, com a dupla de centrais dos africanos a ficar mal na fotografia (G. dos Santos e Herrera marcaram, com Abdoulaye Ba a jogar os 120 minutos). O Japão derrotou o Egipto por 3-0, com golos de Nagai (14´), Yoshida (78´) e Otsu (83´). A última partida dos quartos-de-final (Grã-Bretanha-Coreia do Sul) foi decidida nas grandes penalidades, depois do 1-1 nos 120 minutos (Ramsey 36´g.p.; Dongwon Ji 29´). Sturridge falhou a última grande penalidade e a Grã-Bretanha ficou pelo caminho. Meias Finais: México-Japão e Coreia do Sul-Brasil

JO Basquetebol - Os EUA sofreram para derrotar a Lituânia, numa partida que terminou em 99-94 para os norte-americanos. Carmelo Anthony e LeBron James marcaram 20 pts cada, enquanto do outro lado, Linus Kleiza respondeu com 25 pontos. A França chegou a ter bastantes pontos de vantagem sobre a Tunísia, mas um último período forte dos magrebinos, permitiu o aproximar do marcador (73-69 para França). A Rússia derrotou a Espanha por 77-74 e já garantiu o 1º lugar do grupo B. Depois de decidir o jogo frente ao Brasil, Fridzon voltou a ser o destaque dos russos, com 24 pts. O Brasil derrotou a China por 98-59, numa partida com sete brasileiros a marcarem mais de 8 pts. A Grã-Bretanha até começou bem a partida com a Austrália, mas na 2ª parte, os australianos massacraram (29-70). O resultado final foi de 75-106 (P. Mills marcou 39 pts).

JO Natação - Terminaram as provas de Natação na piscina olímpica, com a holandesa Ranomi Kromowidjojo a vencer a prova dos 50 metros livres, com recorde olímpico (Herasimenia da Bielorrússia ficou em 2º e a holandesa Veldhuis ficou em 3º). Na prova mais longa de piscina, o chinês Sun Yang bateu o recorde mundial e conquistou a sua 3ª medalha (2 de Ouro e 1 Prata). Cochrane (CAN) e Mellouli (TUN) ficaram no 2º e 3º lugares, respectivamente. As estafetas finals (4x100 m estilos M e F) foram dominadas pelos EUA, com a senhoras a baterem o recorde mundial (Austrália em 2º e Japão em 3º) e Michael Phelps a conquistar o seu 18º Ouro (22 medalhas). Japão e Austrália ficaram no 2º e 3º lugares, respectivamente.

JO Portugueses – Pedro Fraga e Nuno Mendes terminaram a sua participação nos JO, com um espectacular 5º lugar na final do Remo (“double sculls” ligeiros). A dupla portuguesa conquistou o melhor resultado da comitiva portuguesa até ao momento e melhorou o 8º lugar de Pequim. No Trampolim, Ana Rente começou da melhor maneira, com um 7º lugar na primeira série de saltos, mas a execução na segunda série não foi a melhor. Mesmo assim, a jovem portuguesa terminou num excelente 11º lugar. No salto com vara, Maria Leonor Tavares não conseguiu superar os 4.25 metros, ficando na 31ª posição, com 4.10 metros. Clarisse Cruz, foi o grande destaque do dia, depois de um excelente apuramento para a final dos 3000 metros obstáculos (a portuguesa caiu a meio da prova, mas ainda teve forças para bater o seu recorde pessoal). João Vieira também realizou uma excelente prova nos 20 km marcha, terminando na 11ª posição. Na primeira qualificação de saltos com cavalo, Luciana Diniz conseguiu o apuramento mesmo no limite, depois de ter cometido duas penalidades (8 pontos). Na Vela, João Rodrigues (RS:X) teve um dia mau (25º e 22º) e ficou perto do afastamento da Medal Race (está em 15º a 28 pts do 10º lugar). Gustavo Lima (Laser) terminou a sua prestação em Inglaterra com um 34º e 13º lugares, ficando no 22º lugar da geral. Sara Carmo (Laser Radial) também já terminou a sua participação nos JO, com um 28º e 24º lugares (terminou no 28º lugar da geral). No Match Racing, o trio português perdeu a última regata da prova frente às australianas e terminou os JO no 11º lugar. Álvaro Marinho e Miguel Nunes continuam a velejar em bom nível, com um 11º e 7º lugares no dia de hoje. A dupla da classe 470 segue no 6º lugar, a apenas 6 pts da medalha de Bronze (faltam 4 regatas mais a Medal Race). 

JO Destaques - Sem surpresas, os chineses continuam a dominar no Badminton. Medalhas de Ouro nos pares femininos e singulares, mais uma Prata nos singulares (o Bronze foi para a Índia, após a desistência da 3ª chinesa em prova). Pequena surpresa no Trampolim feminino, com a vitória da canadiana R. Maclennan. A principal favorita, Wenna He (CHN), caiu no último salto da sua série e ficou na 3ª posição, enquanto a sua compatriota S. Huang ficou com a Prata. A competição de Remo terminou esta manhã, com 4 finais. Nos “single sculls” femininos, a vitória sorriu a M. Knapkova (CZE), na frente de Erichsen da Dinamarca e K. Crow da Austrália. No “double sculls” ligeiro masculino, a dupla dinamarquesa levou a melhor sobre a Grã-Bretanha e a Nova Zelândia. No “double sculls” ligeiro feminino, a Grã-Bretanha ficou com o Ouro, na frente da dupla chinesa e grega. Finalmente, no “coxless four”, a equipa da casa voltou a ganhar o Ouro, na frente do quarteto australiano e norte-americano. No Tiro, Fosso Olímpico feminino, a italiana Jessica Rossi ganhou o Ouro, com um novo recorde mundial, na frente da eslovaca Z. Stefecekova e da francesa D. Reau (Alessandra Perilli de San Marino ficou na 4ª posição, próximo de conquistar uma medalha histórica). Na prova de carabina a três posições, a norte-americana J. Gray levou o Ouro (recorde olímpico), com a Prata a ir para a Sérvia e o Bronze para a Rep. Checa. A prova de Triatlo feminino foi uma das mais espectaculares dos Jogos Olímpicos, com as medalhas decididas ao sprint. Nicola Spirig (SUI) e Lisa Norden (SUE) chegaram lado a lado, com a medalha de Ouro a sorrir para a suíça (no photo-finish). Na 3ª posição e a apenas 2 segundos das primeiras, surgiu a australiana Erin Densham. A Grã-Bretanha continuar a dominar o Ciclismo de Pista, com a equipa feminina a levar o Ouro na prova de Perseguição (EUA em 2º e Canadá em 3º). Na Esgrima (Espada por equipas), a China levou a melhor sobre a Coreia do Sul, com os EUA a ficarem com o Bronze. O Cazaquistão conquistou a sua 4ª medalha de Ouro no Halterofilismo (5 no total), com Ilya Ilyin a bater o recorde do mundo (Ivanov da Rússia e Ciricu da Moldávia fecharam o pódio). 

JO TénisSerena Williams humilhou Maria Sharapova (6-0 e 6-1) e ofereceu mais uma medalha de Ouro aos EUA. A tenista norte-americana já tinha ganhou em Wimbledon neste ano e voltou a repetir o feito, destruindo por completo o jogo da russa. Victoria Azarenka derrotou Maria Kirilenko por 6-3 e 6-4 e levou o Bronze. Na final dos pares masculinos, a dupla composta pelos irmãos Bryan conquistou o Ouro, depois de bater a dupla Llodra/Tsonga por 7-6 e 6-4 (os franceses poderão ter acusado a longa partida nas meias finais). O Bronze foi para a outra dupla francesa (Benneteau/Gasquet), que derrotou o outros “maratonistas” (Ferrer/F. Lopez) por 7-6 e 6-2. Serena Williams ainda voltou ao court, para, juntamente com Venus Williams garantir o acesso à final de pares femininos (as norte-americanas derrotaram Kirilenko e Petrova e vão defrontar a dupla Hradecka/Hlavackova). Nos pares mistos, Andy Murray e Laura Robson vão disputar a final contra Azarenka e Max Mirnyi.

JO Atletismo – Na primeira final do dia, o chinês Ding Chen levou a melhor nos 20 km marcha, batendo inclusive o recorde olímpico. Na segunda posição, surgiu o atleta da Guatemala, Erick Barrondo, que conquistou a 1ª medalha da história do seu país. Zhen Wang (CHN) fechou o pódio. No lançamento do disco, a croata Sandra Perkovic bateu o recorde nacional e levou o Ouro, na frente da russa Pishchalnikova e da chinesa Yanfeng. Jessica Ennis (GBR) ganhou a prova do heptatlo com uma excelente pontuação (6955 e recorde nacional), enquanto Chernova (RUS) e Yosipenko (UCR) fecharam o pódio. No salto em comprimento, Greg Rutherford (GBR) levou o Ouro, com uma marca pouco condizente com uns JO (8.31 m), enquanto Mitchell Watt (AUS) e Will Claye (EUA) fecharam o pódio. Mo Farah (GBR) trouxe o 3º Ouro para o seu país em menos de uma hora, depois de vencer a final dos 10000 metros. O britânico fez uma última volta espectacular e deixou o norte-americano Galen Rupp em 2º e o etíope Tariku Bekele em 3º. Na última final da noite, a jamaicana Shelly-Ann Fraser bateu a concorrência nos 100 metros, com o tempo de 10.75. Carmelita Jeter (EUA) e Veronica Campbell (JAM) fecharam o pódio.

...

Pré-época - FC Porto 0-0 Lyon: Os azuis e brancos não foram além de um empate antes da Supertaça. Jogo pobre, sem grandes motivos de interesse (o Porto entrou bem mas acabou por criar muito pouco em termos ofensivos com o passar dos minutos), e que antes do 1º jogo oficial (ainda para mais no encontro de apresentação) certamente deixará os responsáveis portistas desejosos pelo regresso de Hulk (a diferença do elenco de VP com e sem o Incrível é gritante). Nota para a boa exibição de Atsu (voltou a acrescentar velocidade e irreverência. Deve ser titular frente à Académica), para as movimentações de Jackson e para as desilusões Defour (acrescenta zero ao futebol do Porto e claramente não justificou o investimento) e Miguel Lopes (várias decisões erradas). Destaques? Sporting 3-1 At. Tetouan (Carriço 42', Wolfswinkel 66' g.p., Fall 72' p.b.; Traoré 55'): Os leões derrotaram um fraco adversário e terminaram o torneio Colombino no 3º lugar. Sá Pinto utilizou um 11 com jogadores menos utilizados (à excepção de Wolfswinkel), mas os leões voltaram a demonstrar pouca dinâmica em termos ofensivos, e principalmente um excesso de individualismo e más decisões no capítulo do passe, decisão e movimentações (Izmailov faz falta ao elenco leonino). Adrien Silva foi o melhor elemento em campo (está a justificar fazer dupla com Elias no meio campo de Sá Pinto), Carriço apesar do golo voltou a somar erros defensivos infantis (o central mais fraco dos candidatos ao título), Cédric (à semelhança de Pereirinha) acrescentou pouco no lado direito (veremos se o Sporting não irá reforçar esta posição até final do mês). Destaques?

23 comentários:

  1. O Porto vi muito pouco, mas vi alguns pormenores muito interessantes de...Atsu, vai ser um grande, grande jogador!

    O Sporting defrontou um adversário limitado e cumpriu o seu papel com serviços mínimos, destaque para Rinaudo (é aquele que recupera mais bolas, que pressiona mais em cima, que joga com mais intensidade, enfim, tem de titular indiscutivel), Adrien e Cédric.
    O mais destaque negativo vai para...Jeffren, continua a não mostrar nada daquilo que eu e todos esperamos dele, não arrisca, não finta ninguém, enfim, parece continuar pouco confiante e com medo de novas lesões.
    Continuo a achar que falta imaginação, velocidade e intensidade ao Sporting, e já não falta muito para começar o campeonato, isso é o mais preocupante!

    ResponderEliminar
  2. Acrescentar mais um desatque negativo no Sporting: Carriço, como central continua a mostrar as suas gritantes fragilidades e soma erros consecutivos, por outro lado, como médio continua a mostrar que é bem melhor!

    ResponderEliminar
  3. Hoje para os nossos atletas estão de parabéns. Há que ter presente que somos um país pequeno e com poucos espaços para que sejam desenvolvidas as especialidades de cada atleta. Vejamos a nossa atleta dos 3.000 metros obstáculos, trabalha e pratica desporto. Parabéns Portugal. Não esquecendo a Vela que foi magnífica. Há diplomas que têm mais valor que medalhas!

    ResponderEliminar
  4. desde o 1º dia que dizia que remo era a unica esperança que tinha , mas parabéns a eles pelo excelente esforço e a todos os atletas que foram, TODOS nós sabemos que a maioria não têm o minimo apoio ou condições durante o ano para treinarem ,o que a este nivel sem isso é mesmo só fogo de artificio pra ingles ver, mas enfim nestas alturas tudo lhes cobram, Obrigado rapaziada pelo esforço que fazem para ser atletas num pais que não sabe o que isso é?

    ResponderEliminar
  5. Só quem nada percebe de remo é que pode ignorar o grandioso resultado (o melhor de sempre nos Jogos Olímpicos duma equipa de remo portuguesa) que este lugar representa!
    Parabéns à dupla! Esperemos que pelo menos sirva para se exigir mais condições para os atletas de alta competição portugueses!

    ResponderEliminar
  6. O norte-americano Michael Phelps encerrou hoje a sua lenda nos Jogos Olímpicos com a conquista da sua sexta medalha em Londres2012 e a 22ª da sua história, as mesmas que Portugal conseguiu... em 100 anos.

    ResponderEliminar
  7. Esta presença da Clarisse Cruz na final vale tanto como uma medalha.

    Com 34 anos, tem ocupação profissional a tempo inteiro e ainda arranja tempo para compaginar a sua actividade com os treinos como atleta do Sporting. Hoje, na eliminatória dos 3.000 obstáculos caiu. Mas ainda arranjou forças para recuperar e para se classificar em 5º lugar. Foi respescada por tempos para a final, para mimvale tanto como uma medalha, é a primeira medalha para atletas portugueses. Não é de ouro, nem de prata, nem de bronze. É uma medalha especial para os que nunca se deixam derrotar.

    ResponderEliminar
  8. É de facto vergonhoso ter um jogador como o Carriçoa a jogar pelo Sporting. Na minha óptica, ele só lá está devido à falta de mais elementos portugueses para a inscrição na LE, no entanto, não penso que o Sá Pinto pense da mesma forma.

    Por mim, vendia o Carriço. Ficava com os outros 4.

    Gostei, apesar de estar pouco tempo em campo, dos promenores do Bruma. Já o tenho acompanhado desde há 2 anos para cá e o rapaz é um diamante. Ele se ficar nos juniores, já não vai evoluir muito. Na minha opinião, deveria ir já para a equipa principal, entrando em alguns jogos para substituir Capel ou Carrillo (Jeffren não me dá confiança, Izmailov também não devido às suas lesões).

    ResponderEliminar
  9. Visão de mercado, permite-me discordar num ponto, que é o facto de Cédric ter acrescentado pouco do lado direito. A meu ver foi consistente, não errou muitos passes, ia à frente sempre que podia, cruzava frequentemente, também rematava, integrava-se nos processos etc, coisa que o Pereirinha não faz, só pega na bola, corre, corre, corre, corre faz uma finta e tenta o cruzamento. Tipo Djaló.
    Um 11 base mais ou menos assim penso que traria mais à equipa do Sporting:
    Patricio
    Insua
    Rojo
    Xandão
    Cédric
    Rinaudo
    Adrien(no lugar de Schaars, para ver se ele acorda)
    Elias(ou Labyad, dependendo do rendimento)
    Capel
    Carrillo
    Wolfs(ou Viola, dependendo do rendimento)

    ResponderEliminar
  10. Após mais estes testes faltam pouquissimos testes ao candidatoas ao titulo...era interessante o VM fazer uma análise aos plantéis (sendo certo que acontecerão mexidas) como fez com a selecção, ou seja, nomeando os jogadores de classe mundial, os excelentes, os muito bons, bons e os aceitáveis...também seráinteressante nomear as principais lacunas em termos de plantel...

    Nesse sentido fica já a minha opinião:

    Porto:
    Classe Mundial - Hulk
    Excelente: James, Lucho (há 2 anos seria ainda classe mundial), Danilo, álvaro Pereira, Moutinho
    Muito Bons: Fernando,maicon, alex sandro, helton, jackson martinez
    Principal lacuna: Falta um trinco e talvez um médio para equilibrar o plantel

    Benfica:
    Classe Mundial: Witsel
    Excelente: Aimar (se jogasse 90 min era c.mundial), Salvio, Cardozo, Maxi, javi
    Muito Bons: Artur, Garay,Gaitan, Rodrigo, Bruno César, ola john
    Principal Lacuna: lateral esquerdo

    Braga:
    Classe Mundial: Nenhum
    Excente: Nenhum
    Muito Bons: Alan, Lima, Viana, Micael, Quim, Mossoró
    Lacuna: Latreal esquerdo

    Sporting:
    Classe Mundial: Nenhum
    Excente: Elias
    Muito Bom: Patrício, Insua,Schars,Izma,labyad, carrillo
    Lacuna: Goleador

    Concluindo:
    Melhor plantel: Porto com Hulk, senão benfica
    Sporting com plantel muito nivelado por cima (quase todos os outros jogadores seriam "bons", enquanto o benfica e o porto têm vários abaixo disso...)

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Tal como o Pedro, gostei de ver o Cédric jogar, aliás em termos de iniciativas ofensivas esteve mais activo que..Insúa por exemplo!

    11:

    Patrício

    Cedric
    Boulahrouz/Onyewu
    Rojo
    Insua

    Rinaudo
    Elias/Schaars (só há lugar para um na minha opinião, um lugar é para Rinaudo de forma a dar agressividade e recuperação de bola e o outro é para um mais criativo)
    Labyad

    Capel
    Izmailov
    RVW

    Penso que este é o 11 que faz com que o Sporting tenha mais intensidade de jogo e melhor circulação de bola.

    ResponderEliminar
  12. Sensacional resultado no remo.

    Jornada épica e heróica, com todo o simbolismo dos JO, para a notável performance de Clarisse Cruz - os meus parabéns.

    Jogo mediano do Sporting. Primeiro não me parece que o adversário fosse assim tão fraco - acredito que será melhor que algumas das muitas equipas que jogarão na nossa Liga.

    Bom teste, pois até ao 2-1 jogaram fechadinhos, e em contra-ataque, num exemplo d que serão a maioria dos jogos no campeonato.

    Destaques para exibição muito segura de Marcelo (a venda de Patricio deverá ser a única rentável que consegue ser suprimida), e para o empenho e postura de Rinaudo, um jogador à parte neste plantel e no 11. Com este espírito noutros jogadores, talvez o Sporting se aproximasse das condições necessárias para jogar pelo título. A ver vamos se Fito conseguirá contagiar os colegas.

    2 erros defensivos nas 2 ocasiões de perigo do adevrsário (no golo não consegui perceber que o avançado toca nas pernas de Carriço antes deste tropeçar).

    Insua mostrou porque não tem sido opção, e Wilson mostrou porque nem na B faz falta.

    Adrien, sem brilhar teme estadomelhor a 10 que a concorrência, e se a opção não passar por Rinaudo, Schaars e Elias (para mim a mais equilibrada), Adrien poderá ganhar uma vaga.

    Jeffren não arrisca um centímetro, e magia, só para driblar ara trás - neste momento Capel e Carrillo jogam de caras.

    Logo se verá o que acrescentam Labyad e Viola.

    Boa entrada de Bruma, que neste momento, a par de Betinho, como soluções de ataque já são bem melhores que Rubio e Wilson.


    SL.

    ResponderEliminar
  13. Opá a sério, já começa a cheirar mal esta obsessão pelo Elias. O Gelson hoje mostrou lhe como jogar à bola. Elias é fraco, não tem noções de jogo, não sabe meter a bolinha no chão e jogar, só não vê quem não quer.

    ResponderEliminar
  14. Como é que o Sporting quer mandar embora o Oguchi e mantém um central como o Carriço a jogar, que central mais banal, sem agressividade, sem velocidade, sem desarme, mais vale dizer sem nada para um central que veste uma camisola como a do Sporting . . .

    Rui P.

    ResponderEliminar
  15. O jogo do Brasil nos JO foi espectacular, com vários lances de perigo surpresas no marcador, e bons pormenores técnicos. Acabou por ganhar a melhor equipa, mas que se quer ficar com o ouro tem de rever alguns aspectos defensivos.

    Nas restantes modalidades, alguns portugueses estão de parabéns, principalmente a equipa de remo, com a melhor classificação de sempre de uma equipa portuguesa. E também para a Clarisse por nunca desistir.

    No tenis feminino um resultado bastante expressivo e que não deixa dúvidas. A Serena esteve muito bem, e a Sharapova muito mal, nada lhe saía bem.

    ...

    No futebol o Porto mostrou pouca criatividade e intensidade de jogo, assim como Lyon, o que resultou num lógico 0-0. Os destaques positivos do Porto são para o Jackson, que parece estar já bastante entrosado com a equipa, e Atsu, que promete ser um dos destaques do Porto.
    O Defour, na posição 8 não acrescenta nada ao Porto, tal como o VM diz, mas na posição 6 gostei de o ver jogar. No aspecto defensivo fica muito atrás do Fernando, mas a nível da criação de jogo pode ser uma boa opção, principalmente se houver intenção de pôr James a 10, baixando Moutinho para o lado de Defour.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  16. Eu jogava com:

    4x3x3

    Rui Patrício

    Cedric
    Boulahrouz
    Rojo
    Insua

    Rinaudo
    Schaars
    Adrien

    Capel
    Jeffren
    Wolfswinkel

    ResponderEliminar
  17. Em relaçao ao futebol, as honduras foi prejudicada, este brasil nao vai ter estofo para o japao na final, pois penso que sera a final, mas vamos la ver se mexico e coreia nao supreendem.

    Os EUA desta vez tiveram um adversario que lhes fez frente, mas tambem diminuiram um bocado a intensidade de outros jogos, nao no ataque mas na defesa, e por isso que penso que esta equipa perderiria com a de 92.
    A espanha teve mal, paul gasol no fim acusou pressao, enquanto o russo nao na linha de lance livre.

    Na nataçao, phelps pode agradecer a medalha de ouro ao ultimo nadador dos EUA que fez uns 100M impressionantes deixando o japao sem hipotese de luta, porque quando phelps foi teve matsuda que lhe deu luta e ficou a centesimos.
    Sun Yuan fez uma falsa partida porque veio algum som da bancada e va la que os juizes nao o desqualificaram, e depois nao deu hipotese nenhuma a ninguem e ainda bateu record mundial por 2 segundos, libertando toda a raiva da falsa partida logo apos a vitoria, quem viu pensou WTF

    em relaçao aos portugueses, no remo o 5ºlugar e excelente e mais uns metros ultrupassavamos a frança, e fizeram a prova que se esperava,gerir na primeira metade e dar tudo na 2ºmetade.
    Ana rente fez uma primeira parte excelente e uma 2ºparte boa.
    Maria Elonor Tavares poderia ter ultrupassado os 4.25M pelo menos mas ja tava a ver que nao ia conseguir teve dificuldade na de 4.10M.

    Joao Vieira da Marcha fez uma boa prova e beneficiou da desistencia por exaustao do antigo campeao olimpico e saidas de 3,4 atletas por penalizaçoes.
    O da Guatemala e que aproveitou mas mais uma penalizaçao e ia com o caraças o que dava 3 medalhas a china,mas tal nao aconteceu.
    Clarisse Cruz foi um poço de força, foi repescada, merecia, e para mim e como se fosse uma medalha depos do que aconteceu e ainda bateu record pessoal.
    Luciana Diniz foi a rascinha mas ta la e ja passou mais uma ronda hoje,
    Na vela a alguns ta a correr bem, a outros poderia correr melhor, em match racing so tivemos uma vitoria e ficamos em ultimo mas ja tar la ja e bom, e esperava mais de gustavo lima, no minimo esperaria um top 15, mas prontos ha que continuar a apoiar.

    Em relaçao aos destaques dos JO, o ciclismo de pista e o a ginastica(neste caso foi o trampolim) esta a dar espetaculo em londres,do melhor que ha.
    O Triatlo feminino foi espetacular.

    Serena Willians estava em dia sim e sharapova nao teve hipotese,ela proprio o admitiu e hoje ganhou a variante de pares com a irma.
    Portanto JO perfeito para serena.


    Na marcha, como disse joao vieira foi bom mas o chines fez uma volta de consagraçao, o que diz da sua perfeita prova.

    O porto como nao tava a gostar muito , mudei pra os jogos olimpicos.
    O sporting so tinha que ganhar, mas pelo o que li, o jogo ofensivo tem que ser melhorado e muito e punha pranjic a 10 para ver o que dava

    ResponderEliminar
  18. No F.C.Porto

    É gritante a falta de danilo para defesa direito visto que m.lopes so sera bom em clubes mais pequenos(era vende.lo por 3.5, interessados ñ faltam)sapunaru é muito mas muito melhor q m.lopes, é uma injustiça estar a treinar parte,assim cm belluschi.

    Defesa esquerdo alex sandro tem q ser o titular(a.pereira tem q ser vendido)
    e.rafael sera o suplente.

    Centrais é Maicon e mais 1...sendo que otamendi sera o eleito, rolando deve ser vendido(12m ñ faltam pretendentes) tb venderia otamendi e ia buscar o b.alves(ainda devem muito dinheiro ao porto)mangala 3 central e abdoulaye como 4 central(podendo fazer muitos jogos com t.ferreira na equipa b).


    No meio campo fernando j.moutinho e lucho sao titulares, falta comprar um nº10 "artista"
    defour e castro servem para 6 e 8 como alternativas aos titulares. Belluschi tinha lugar no banco do porto.

    Nas alas hulk e james serao os titulares(embora james possa jogar a 10 com uma dupla de medios def atras deste.)
    C.Atsú , Iturbe, Kelvin vao ter muitas oportunidades, sao os futuros craques do FCP.
    Varela devido a idade deveria ser vendio(quando ganhamos a liga europa o genóa ofereceu 15m e o porto rejeitou imagine.se, por metade ja era bem vendido pois custou 0 ao FCP.)


    No lugar de Ponta de Lança j.Martinez merece a titularidade, janko deveria voltar imediatamente ao twente(500mil euros e ia embora)
    Kleber poderia reforçar o scp, era uma bela troca pelo adrien mais 25% de j.moutinho.
    O sporting precisa de um P.L , e o adrien seria mais utilizado e aproveitado no porto q no sporting.
    Falta um ponta de lança...

    Vendia sereno(ñ faltam interessados) djalma era oferece.lo com o bracalli e o addy ao cluj(20% a.pereira).

    ResponderEliminar
  19. ESTE É O MOMENTO DE RECTIFICAR TODOS OS ERROS. CARRIÇO NÃO DEVIA ESTAR NO PLANTEL. ANDRÉ MARTINS NÃO DEVIA SER TITULAR,. PRANIC NÃO DEVE SER LATERAL ESQUERDO. FALTA UM Nº10 COM CRÉDITOS FIRMADOS QUE FAZ A EQUIPA ATACAR CONSTANTE. FALTA UM DEFESA DIREITO FORTE A DEFENDER E ATACAR, NÃO PODE SER PEREIRINHA NEM CÉDRIC A NÃO SER QUE QUEREMOS LUTAR PARA O 3 º LUGAR. FALTA UM PONTA DE LANÇA MATADOR TIPO JARDEL OU LIEDSON. OS NOSSOS DIRIGENTES TÊM QUE TER VISÃO SOBRE ISSO SE NÃO TEREMOS MAIS UMA ÉPOCA DE SOFRIMENTO E PODEREMOS BATER O NOSSO PRÓPRIO RECORDE SEM GANHAR O CAMPEONATO.O TREINADOR SÁ PINTO SE CONTINUAR A INVENTAR NEM CHEGARÁ NO MEIO DA ÉPOCA E COMEÇARÁ A VER LENÇOS BRANCOS.CONSIDEREM O MEU COMENTÁRIO É MUITO INTERESSANTE. BOM TRABALHO PARA O V.M.

    ResponderEliminar
  20. VENDAM O JEFREN. A CONTINUAR A JOGAR ASSIM VALE APENAS APOSTAR NUM JÚNIOR.

    ResponderEliminar
  21. Em 1o lugar, parabens aos nossos remadores. ORGULHO neles. Belo trabalho, o remo é uma modalidade que tem muitos apaixonados em Portugal.

    Quanto ao futebol, até tenho vergonha de falar nisso... tantos jogadores pagos a peso de ouro sem se esforcarem minimamente, quando estamos a ser expostos diariamente a atletas amadores a darem tudo o que tem e nao tem, nos jogos olímpicos...
    mas pronto, o meu Sporting: falta muita coisa, acima de tudo lideranca. O que se passa Sá Pinto?
    Para pegar numa equipa candidata ao título, ou há uma estrutura muito forte de apoio por trás (como o Porto tem) ou entao há um treinador experiente ou com forte personalidade a liderar.
    O Sá experiente nao é. E infelizmente acho que tb nao tem capacidade ainda para gerir uma equipa grande. Nao sei se alguma vez terá, mas neste momento nao me parece...
    SERÁ BOM QUE esteja enganado! mas nao me convence, infelizmente...
    A esperanca é que as coisas até corram bem, que o Viola venha e comece a resolver alguns jogos (vem com a pedalada toda duma época na ARgentina) e quando assim é, quando os resultados aparecem, as coisas disfarcam-se e comeca tudo a puxar para o mesmo lado.

    ResponderEliminar
  22. Clarisse Cruz e a dupla de remo estiveram extremamente bem

    ResponderEliminar
  23. Já á muito tempo que se percebe que faltam alternativas de qualidade ao meio campo do porto, nem castro nem deffour são soluções mas parece que tanto o treinador como a sad ainda não perceberam! Quanto ao jogo de ontem foi uma exibição pobre, que nemvale a pena comentar mais!

    ResponderEliminar

Depois do 25 de Abril de 1974, Portugal "descobriu" a liberdade de expressão, portanto expressem-se à vontade! No entanto, os comentários a insultar, serão apagados pelo lápis azul!!

COMENTÁRIOS DE ANÓNIMOS, OFENSIVOS OU INCENDIÁRIOS SERÃO AUTOMATICAMENTE REJEITADOS