30 de Outubro de 2014

Curiosamente no último jogo do Depor foi suplente de Ivan Cavaleiro. Mas considerando a escassez de opções para o ataque não deve ter problemas em figurar nos 23 finais.

O Deportivo informou no seu site oficial que Heldér Postiga foi pré-convocado para os jogos de Portugal diante de Arménia e Argentina. O avançado junta-se assim a uma lista que já conta com nomes como Meireles, Bosingwa, Orlando Sá e Manuel Fernandes. Também Ivan Cavaleiro foi chamado, mas neste caso para a seleção de Sub-21, que disputará um encontro de preparação diante de Inglaterra.

No Inverno, à noite, e agora - A Associação Europeia de Clubes, presidida por Karl-Heinz Rummenigge, apresentará o que julga ser a melhor data para a realização do Mundial'2002, evitando que decorra no verão e que, ao contrário dos planos da UEFA e FIFA, seja no inverno. A solução é, portanto, a primavera, com a ECA a propor que o Mundial'2022 decorra de 28 de abril a 29 de maio. Evita-se o calor e a paragem dos campeonatos no inverno. Um cenário que obrigará, naturalmente, a apressar os campeonatos nacionais, com jornadas a meio da semana, bem como a comprimir o calendário da Liga dos Campeões. No caso da liga milionária, os oitavos de final passaria a realizar-se em duas semanas e não nas atuais quatro.

Os brasileiros só conseguiram a prata em 2012 e falharem o ouro nos seus jogos seria uma desilusão. Veremos é se esta chamada do melhor jogador do Brasil na actualidade vai servir de exemplo para as outras selecções.

Ainda falta um ano e meio mas já é garantido que Neymar, que na altura terá 24 anos, vai competir pelo Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016. «Usaria os três atletas com mais de 23 anos, ou melhor, dois. Um será o Neymar. Não dá para pensar no futebol brasileiro sem pensar nele. Neymar é um expoente. É difícil pensar em Jogos Olímpicos em que a Argentina está e o Messi não, em que Portugal está e Cristiano Ronaldo não. São jogadores que estão acima dos restantes. O Neymar é uma referência, um atleta trabalhador que conheço desde a base do Santos, um atleta que quer muito e nos vai ajudar muito. Os outros dois vamos aguardar ainda», afirmou Alexandre Gallo, seleccionador que vai orientar a Canarinha nos jogos do Rio de Janeiro, em entrevista à Sport TV, do Brasil. Talisca, Kelvin, Danilo e Ederson Moraes são alguns dos "portugueses" que podem estar nos JO de 2016, recordamos que as selecções têm que apresentar um plantel sub-23, embora tenham direito a convocar três jogadores com idade superior.

Os romanos perderam a hipótese de se isolarem no 3.º lugar - Empate fora (1-1) da Lazio no terreno do Verona na partida que fechou a jornada 9 da Série A. Lulic colocou os visitantes na frente, mas Luca Toni fez o 1-1 final. Com este resultado a Lazio está agora em 6.º mas com os mesmos pontos do 3.º, o AC Milan.

Vai colmatar a saída de Paulinho - O fixo/ala Mancuso é reforço da equipa Sénior de Futsal do Sport Lisboa e Benfica para 2014/15. Proveniente do Zhuhai, da China, o brasileiro, que está prestes a adquirir dupla nacionalidade, regressa a Portugal depois de já ter representado o Mogadouro, Boticas e Fundão.

No Verão esteve perto de assinar pelo Inter de Milão - Tom Ince, extremo internacional sub-21 por Inglaterra, foi emprestado pelo Hull City ao Nottingham Forest, do Championship, até 28 de Dezembro. O jovem de 22 anos que proporcionou muitos rumores no último defeso - era um jogador livre - com os reforços de fecho de mercado dos Tigers deixou de ter espaço na equipa de Steve Bruce.

Independentemente da pertinência deste tipo de estudos, pelo menos Wenger tem o mérito de ter invertido a ideia de que os Gunners não apostavam em ingleses e até está a criar condições para responder uma possível regra do 6+5.

O Chelsea lidera de maneira invicta a Premier League e muitos até acreditam que vai repetir o feito do Arsenal de 2004, que acabou essa época sem derrotas. Um cenário que seria completamente diferente se só fossem contabilizados os golos ingleses. A Opta criou a sua própria "Premier League 2014-15" e chegou à conclusão, que se só contassem golos de ingleses, o Arsenal, que tem Wilshere, Chambers, Walcott, Chamberlain, Welbeck e Gibbs, 5 deles jogaram na última partida da selecção, era líder com 17 pontos, seguido do Swansea e Liverpool. Já o conjunto de Mourinho estava nos lugares de descida, com 6 derrotas e 3 empates. E considerando que por norma só utiliza 2 ingleses, Terry e Cahill, ia ser complicado fugir à despromoção.

À espera de Tony Martin, Wiggins ou Cancellara - Jens Voigt, depois de 9 anos sem tentativas, tinha batido o recorda da hora em Setembro passado. Mas a marca do alemão durou apenas 43 dias, depois ter sido ultrapassada nesta quinta-feira pela do austríaco Matthias Brändle. O ciclista da IAM Cycling percorreu mais 737 metros do que Voigt para conseguir o feito mais relevante da sua carreira. Brändle pedalou 51,852 quilómetros no velódromo de Aigle, na Suíça, uma instalação que pertence à União Ciclista Internacional (UCI). 

Numa fase em que Cédric Soares estava a ser associado aos mineiros - Atsuto Uchida renovou contrato até 2018 com o Schalke 04, adversário do Sporting na Liga dos Campeões. O lateral direito japonês terminava o seu vínculo no final da época. Recordamos que Huntellaar também está perto de ser um jogador livre.

A FIFA ignorou o treinador do Benfica? Se Klinsmann, Conte e Mourinho foram nomeados não era assim tão descabido substituir estes nomes por Emery, Jorge Luís Pinto ou JJ. Somaram mais títulos/ou conseguiram feitos mais relevantes.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida frente ao Rio Ave, Jorge Jesus abordou o tema Samaris e a controvérsia que tem surgido em torno da posição que deveria desempenhar em campo. Para o timoneiro da Luz pode jogar a “6”. "Em termos de conhecimento geral e específico ninguém  conhece melhor o Samaris do que o Míchel, o seu antigo treinador, que achava que ele era médio defensivo. Inclusivamente, se forem analisar os jogos do Benfica com o Olympiacos no ano passado, irão ver onde é que jogou o Samaris", começou por dizer, reforçando de seguida: "Mas, independentemente disso, ele até podia ser ponta-de- lança que, se eu achasse que ele era o meu médio defensivo, jogava a médio defensivo. Já fiz isso com tantos... Mas este não é o caso, pois o Samaris já jogava como médio defensivo.", lembrou.

Na eleição para melhor treinador, Jorge Jesus não está entre os 10 finalistas. Jorge Jesus diz não perceber os critérios usados para ser nomeado até porque há técnicos que estão na lista que fizeram menos do que ele em 2013/14. “Houve treinadores que fizeram menos do que eu e estão no Top-10 para a eleição de melhor treinador do ano, mas não percebo os critérios para ser nomeado. Alguns não estiveram em finais de Liga Europa ou Champions e eu estive. Se gostava de lá estar? Gostava! Era sinal de reconhecimento”, admitiu.

O português ganhou ainda mais mercado com a titularidade na selecção; e, considerando a sua situação contratual, não era uma má opção os leões tentarem realizar um encaixe já em Janeiro. Há Miguel Lopes para o lugar (Esgaio e o desaparecido Geraldes como alternativas), e uma transferência podia permitir ao clube leonino ter verbas para resolver o problema no centro da defesa.  

De acordo com informações veiculadas pelo Daily Star, o Arsenal está muito interessado em garantir a contratação de Cédric Soares na reabertura do mercado, em janeiro. O defesa do Sporting, que termina contrato em 2016, é visto como opção para ocupar o lugar de Mathieu Debuchy, que está lesionado (Chambers, que supostamente ia ser o substituto do francês, tem sido necessário na posição de defesa central). Stephan Lichtsteiner, jogador da Juventus que fica livre no próximo Verão, surge como alternativa ao internacional português. Recorde-se que Cédric tem contrato válido até 2016 e uma cláusula de rescisão cifrada nos 30 milhões de euros, mas os ingleses acreditam que o lateral, que também está na mira do Leverkusen e Schalke, pode sair de Alvalade por 7 milhões. VM - Independentemente da veracidade da noticia, isto só ajuda a aumentar a cotação do português, o que indirectamente beneficia os leões. No entanto, na perspectiva do Arsenal não é por aqui que vão conseguir resolver os problemas na defesa. Wenger tem de pensar é na contratação de um bom central e de um "puro" médio defensivo.

Madison Bumgarner foi eleito o jogador mais valioso da final - Os San Francisco Giants conquistaram a Liga norte-americana de basebol (MLB), ao derrotarem fora os Kansas City Royals, por 3-2, no sétimo jogo da final. Foi a 3.ª vitória dos Giants nos últimos cinco anos.

29 de Outubro de 2014

Bosingwa e Meireles ainda tem espaço na selecção nacional? Concorda com a posição do seleccionador sobre Lima?

Fernando Santos revelou, numa entrevista à RR, que Bosingwa, Meireles, Orlando Sá e Manuel Fernandes integram a lista de 33 pré-convocados de Portugal para o encontro frente à Arménia, a 14 de Novembro e a contar para a fase de apuramento rumo ao Euro 2016. "O Bosingwa faz parte dos jogadores que temos vindo a observar, como o Manuel Fernandes, o Orlando Sá. O Raúl Meireles Não foi convocado [para os jogos com França e Dinamarca], mas tive a oportunidade de lhe dizer porquê. Mas faz parte de um lote alargado de jogadores que podem vir à Seleçcão. Ser pré-convocado é sinal de que o treinador conta com eles e que em qualquer altura que os deve chamar à Selecção Nacional, os irá chamar", sustenta Fernando Santos, abrindo a porta à promoção de jogadores que têm brilhado ao serviço dos Sub-21 ao escalão "AA". Noutro âmbito, o seleccionador nacional diz que, apesar de a equipa das quinas não ter "há muito tempo" um ponta de lança, não considerou a hipótese de convocar Lima e até diz que o brasileiro do Benfica não se enquadra no que falta a Portugal. "Lima? Não é por aí. Não me parece que o Lima seja ponta de lança. O Benfica nunca joga com ponta de lança. O último mais próximo dessa posição era o Cardozo, que era um jogador com uma mobilidade mais reduzida. O Lima é um jogador de maior liberdade de movimentos. Com as características que tem, não me parece que jogue, por exemplo, de costas para a baliza. É um jogador que não pensei sequer."

Sem as competições europeias era uma boa prova para Bielsa dar minutos a alguns jogadores, como Batshuayi, que tem sido suplente - O Rennes apurou-se para os oitavos de final da Taça da Liga Francesa ao derrotar o Marselha, comandante da Ligue 1, por 2-1. No outro encontro realizado hoje e que também envolvia duas equipas da liga principal, o Metz seguiu em frente, depois de derrotar, no desempate por grandes penalidades, o Nice.

A equipa B do Sport Lisboa e Benfica entrou a vencer na Premier League International Cup ao bater o Schalke por 1-0, com golo de Renato Sanches - Os encarnados alinharam com: Miguel Santos; Nélson Semedo, Fábio Cardoso, Victor Lindelöf, Pedro Rebocho; Rúben Pinto, Renato Sanches (João Amorim, 75’), Hélder Costa, Nuno Santos (Victor Andrade, 60’), Gonçalo Guedes (Rochinha, 71’) e Rui Fonte.

Boa opção? Já foi apontado ao City, Arsenal, Man Utd, Real, Barça, Mónaco, PSG, e inclusive ao Sporting, mas parece evidente que é preferível ganhar outro tipo de competição num clube que não tem problemas em dar minutos a jovens de 17/18 anos do que correr o risco de estagnar na equipas de reservas de um "papão".

Martin Odegaard, o jovem prodígio norueguês de 15 anos que já bateu vários recordes esta época, de acordo com a imprensa norueguesa está perto de assinar pelo Ajax. O médio ofensivo do Stromsgodset é pretendido por quase meia Europa, mas deverá viajar nas próximas semanas até Amesterdão, para se reunir com Frank de Boer, técnico do Ajax, e conhecer as instalações do clube, para o qual se deverá mudar em janeiro, depois de completar os 16 anos. O treinador do campeão holandês já abordou publicamente esta cobiça e foi claro: "No Ajax, um jogador como ele terá oportunidades. Se decidir ir para Inglaterra não terá muitas possibilidades de jogar. Connosco, terá oportunidades de jogar na equipa principal".

Nenhuma surpresa na Taça da Alemanha - O Bayer Leverkusen (o especialista Çalhanoğlu voltou a marcar de livre direto), após grandes penalidades, o Mönchengladbach, o Hoffeinheim (Firmino bisou), o Wolfsburgo (Vieirinha fez os 90 minutos, Luiz Gustavo também fez o gosto ao pé por duas vezes) e o Friburgo (Mehmedi fez hattrick) confirmaram o favoritismo e passaram à próxima eliminatória. Nos restantes jogos, o RB Leipzig e o Braunschweig também venceram e garantiram uma vaga nos oitavos da DFB Pokal. Sem surpresas mas com um caso, perto do fim do Hamburgo 1 - Bayern (golos de Lewandowski 7', Alaba 44' e Ribéry 55') 3, um adepto invadiu o relvado e atacou Ribéry: primeiro acertou-lhe com um cachecol na cabeça e depois provocou-o com alguns gestos obscenos.

Os dois rivais desta época voltam a estar igualados no 1.º lugar  - A Juventus, primeira classificada do Calcio à entrada para a nona jornada, protagonizou a maior surpresa da ronda, ao sair derrotada do terreno do Génova por 1-0. O único golo da partida foi apontado por Luca Antonini já nos últimos minutos. Quem aproveitou o desaire da Juve foi a AS Roma. O conjunto de Rudi Garcia recebeu o Cesena de Hugo Almeida (voltou a ter minutos vindo do banco, mas nada acrescentou) e não teve problemas em vencer por 2-0. Para isso muito contribuiu Gervinho, que deu show em alguns momentos do jogo e se assumiu como principal protagonista da partida. Depois dos líderes, que tendem a não se largar, 7 equipas, incluindo o já falado Génova, estão separados por apenas 1 ponto na tabela: a Lazio, que só joga amanhã, a Sampdoria e o Inter, que se defrontaram hoje com vitória para o conjunto de Milão por 1-0 (Icardi novamente de penalti), o AC Milan, que empatou a 1 no terreno do Cagliari, a Udinese, que foi vergada pela Fiorentina por 3-0 (Bruno Fernandes fez um jogo pobre) e o Nápoles que não foi além de um empate a 1 frente à Atalanta, num jogo em que apesar do domínio do conjunto napolitano, o guarda-redes adversário foi o melhor em campo. Nota ainda para Higuaín que voltou a marcar (ainda podia ter bisado se não tivesse falhado uma grande penalidade que daria a vitória nos últimos minutos) e para Mertens, que também esteve em destaque. Nos restantes jogos, o Torino venceu o aflito Parma por 1-0 (Darmian marcou) e o Palermo bateu o Chievo também por 1-0. A dupla Dybala-Vázquez, como sempre, provocou o caos na defensiva contrária, mas foi Rigoni a marcar, ele que disputou com Cofie o título de melhor em campo.

Justo?

Talisca foi eleito o Melhor Jogador do Mês Agosto/Setembro da Primeira Liga. O brasileiro do Benfica alcançou 32,14% da votação, e superou Brahimi do FC Porto (17,41%) e Nani do Sporting (12,62%). Na II Liga o vencedor foi Bjorn. O avançado do Atlético (11,86% dos votos) superou Hernâni Borges do Farense (8,93%) e Ivan do Oliveirense (8,05%). O troféu será entregue pela Liga Portugal e Sindicato de Jogadores, entidades que atribuem o galardão em conjunto.

Ancelotti deu minutos a Navas, Illarra, Khedira e Nacho - O Real Madrid, goleou fora o Cornellà, da Segunda Divisão B espanhola (4-1), em jogo da primeira mão dos 16-avos de final da Taça do Rei, e está praticamente nos oitavos-de-final. Varane (10) fez o 1-0 e apesar de Munoz ainda ter feito o empate para os anfitriões, Varane novamente (36), Chicharito (53) e Marcelo (75) consumaram a vitória dos merengues.

Os Citizens já não vão defender o título - O City perdeu em casa frente ao Newcastle (0-2) e está fora da Taça da Liga. Para piorar a situação o campeão inglês além de ter sido eliminado ainda viu David Silva sair lesionado. Mas muito mérito para os Magpies (grande golo de Sissoko), parecem ter ultrapassado a crise, que alinharam com os jovens Aarons (fez o 1-0) e Armstrong na frente. Nos outros jogos o Southampton foi vencer ao terreno do Stoke por 3-2, Pellè bisou; enquanto que o Tottenham, com golos de Lamela e Kane, bateu o Brighton and Hove Albion.

Como para tudo, é essencial definir critérios. Esta rubrica destina-se a jogadores nascidos em 1995. Os parâmetros de selecção são os feitos dos jogadores até ao momento e, principalmente, o seu potencial e o nível (patamares em termos de projecção Mundial) que poderão atingir no futuro. Mesmo considerando que são seniores de 1º ano ou ainda júniores, já é possível mencionar elementos que nesta fase apresentam algumas destas características.

Vive na sombra de uma das melhores duplas de centrais da actualidade, mas tem tudo para ser uma referência na sua posição a médio prazo. Aliás, foi titular em 3 dos 4 jogos do Uruguai no Mundial'2014 ainda com idade de júnior, sinal de que será uma grande figura no seu país. Falamos de  José Giménez, jovem de 19 anos que tem tudo para ser o sucessor de Diego Godín, tanto no Atlético como na selecção. É certo que o central fez apenas 2 jogos pelos colchoneros na última temporada (e esta época voltará a não ter o tempo de jogo que seria desejável para a sua evolução), mas convém não esquecer que Miranda e Godín são absolutamente indiscutíveis para Simone. Ainda assim, o sul-americano conseguiu ganhar o estatuto de terceiro central do campeão espanhol, forçando Alderweireld a sair para a Premier League. "El Cholo" sabe bem o diamante que tem em mãos e tentará, na medida do possível, dar minutos de jogo a Giménez. Um central com escola uruguaia, isto é, rápido e agressivo em todas as suas acções (utiliza muito o físico), forte no desarme e bastante eficaz no jogo aéreo, sendo também competente na saída de bola (mais em condução do que através do passe); tem revelado igualmente uma excelente capacidade de liderança e uma maturidade muito acima da média para um jovem da sua idade. O facto de estar no Atlético pode prejudicar a sua afirmação neste momento, mas num futuro próximo parece ser o clube ideal para o jovem, pois o seu estilo de jogo adapta-se na perfeição à equipa. Mais tarde ou mais cedo, Giménez assumirá um papel de destaque e será mais um craque a sair do pequeno Uruguai. 

Apesar da juventude, o seu talento já é conhecido há bastante tempo e não admira que o Wolfsburgo queira fazer de tudo para manter um dos seus jogadores mais influentes - Ricardo Rodríguez, um dos melhores laterais esquerdos da actualidade, recebeu uma proposta de renovação de contrato (o actual termina em 2016) em que passaria a ganhar 4 milhões por época e ficaria com uma cláusula de 40 milhões de euros. O suíço de 22 anos tem sido associado a emblemas como o Bayern, Chelsea, PSG, Tottenham e Arsenal e, nesse sentido, o clube alemão quer manter e blindar uma das suas principais jóias.

Escandaloso! O Zenit está fora da Taça da Rússia, depois de ter perdido com o Arsenal de Tula, equipa que tem 9 derrotas e 2 empates no campeonato, por 3-2, num jogo em que esteve a ganhar por 2-0. O conjunto de AVB, que tem vindo a cair de forma nos últimos tempos e que está cada vez mais dependente de Hulk, colocou-se na frente com golos de Arshavin e Rodic, mas deixou os forasteiros - orientados pelo bem conhecido Alenitchev - chegar ao empate nos últimos minutos e completar a reviravolta já no prolongamento. É certo que o Zenit desperdiçou inúmeras oportunidades, mas é inadmissível que a equipa tenha tão pouco equilíbrio no meio campo e cometa tantos erros a nível defensivo (Anyukov, Tymoschuk e Neto fizeram exibições muito pobres).

Só o Paços não conseguiu sobreviver - A equipa de Paulo Fonseca foi a única da primeira divisão a ser afastada da Taça da Liga. Depois de terem perdido por 4-2 na Madeira com o União, os castores empataram 2-2 e foram eliminados por um dos clubes mais interessantes da II Liga. Nos restantes jogos, o Moreirense e o Belenenses foram mais felizes na lotaria dos penalties e eliminaram Trofense e Académico de Viseu, respectivamente. Destaque também para o apuramento de Arouca e Gil Vicente.

Uma excelente notícia para o surf português - Vasco Ribeiro, que já era campeão nacional e europeu, sagrou-se agora campeão mundial de juniores, sucedendo a Gabriel Medina, actual líder do circuito mundial. Na praia de Ribeira d'Ilhas, na Ericeira, o português bateu o brasileiro Italo Ferreira, conquistando 18,63 pontos contra os 12,77 do brasileiro nas duas melhores ondas. 

O detentor da La Liga e vice-campeão europeu foi desconsiderado?

Indignação no Atlético de Madrid com a gala da Liga espanhola. Os colchoneros não se conformam com os prémios - nenhum jogador do campeão espanhol foi eleito o melhor da sua categoria - e hoje Godín manifestou publicamente esse descontentamento. " A LFP devia tornar público os votos dos capitães para que o processo seja transparente e deixemos de especular ou ironizar", disse o central uruguaio. Também para a Bola de Ouro o Atlético teve pouco peso, já que à excepção de Courtois e Diego Costa, que agora estão no Chelsea, nenhum elemento dos colchoneros está nos 23 nomeados. Neste capítulo, Godín questionado sobre se era possível a Bola de Ouro 2014 escapar a Cristiano Ronaldo respondeu: "Não faço ideia. Veremos os resultados das votações. Há 23 jogadores e todos tem as mesmas hipóteses. Cristiano por ser o último vencedor talvez tenha alguma vantagem, mas ainda é cedo".

Parte do passe de Pedro Tiba também já foi vendido - A SAD do SC Braga terminou a época 2013/2014 com um resultado líquido negativo de 2,3 milhões de euros, depois de quatro anos sempre a dar lucro. Os minhotos justificam os resultados com a eliminação precoce do clube na Liga Europa e ainda pelo fim do acordo de patrocínio da AXA, que englobava o "naming" do estádio. A transferência de Diego Costa do Atlético Madrid para o Chelsea também não entrou nas contas da SAD bracarense. O que já foi contabilizado foi o encaixe proveniente do Mónaco. No Relatório e Contas está evidenciado o montante de 1,1 milhões de euros decorrente da atribuição ao AS Mónaco FC do direito de observação/preferência na contratação dos atletas Bruno Almeida, Miguel  Pinto, Gil Dias, Luis Azevedo, Núrio Fortuna e Jorge Fernandes. Seis elementos ainda sub-19, apesar de Núrio ter tido minutos na equipa principal na época passada. Sendo que Gil Dias, o mais cotado desta lista, deverá mesmo rumar aos monegascos a partir de Janeiro. 

Concorda? O extremo/médio ofensivo ganhou ainda mais cotação ao ser eleito o melhor jogador africano da La Liga. A dúvida é: andou tudo a dormir no defeso, ou a sua qualidade técnica tem mais impacto num campeonato como o português?

"Brahimi é argelino, mas se fosse brasileiro ou argentino já estaria noutro patamar, mas ele vai chegar lá. Para mim, é jogador para o Real Madrid", declarou Hassan Yebda, antigo médio do Benfica, que esteve duas épocas no Granada com o actual jogador do FC Porto. Em declarações à revista France Football, Yebda não poupa elogios ao seu compatriota e até o coloca ao nível de Aimar: "Dos grandes jogadores que vi ao longo da minha carreira, quero destacar Pablo Aimar, no Benfica, e Yacine [Brahimi]. Ele é um jogador muito rápido com a bola, um pequeno fenómeno".

28 de Outubro de 2014

Daily Mail
O Liverpool perdia a 5 minutos do fim, mas os 2 jogadores mais contestados esta época, Balotelli e Lovren, conseguiram dar a volta ao jogo. Veremos é se é o click que necessitavam. Já Markovic continua a milhas do que apresentou no Benfica e hoje não aproveitou a oportunidade. 

O Liverpool passou por um susto mas com uma reviravolta conseguiu eliminar o Swansea na Taça da Liga. Emnes aos 65' colocou os visitantes na frente, mas Balotteli aos 85', acabado de entrar, fez o empate. Já nos descontos, no minuto 95, Lovren, também de cabeça, fez o 2-1 final. Quem também passou à próxima fase foi o Chelsea. O conjunto de Mourinho venceu o Shrewbury por 2-1. Drogba voltou a marcar, depois de já ter feito o gosto ao pé frente a Maribor e Man Utd, mas Mengan aos 77' ainda causou algum calafrio depois de ter feito o empate. No entanto, 4 minutos depois, Grandison fez auto-golo (numa altura em que o Special One já tinha feito entrar Willian e Matic) e entregou a passagem aos Blues. Nos restantes jogos, destaque para o desaire do WBA por 2-1 frente ao Bournemouth, já o MK Dons, carrasco do United, também viu por terminada a sua participação, ao ser derrotado por 2-1 já nos últimos 10 minutos, pelo Sheffield Utd. Por fim, o Derby também passou à próxima fase, com uma vitória convincente de 5-2 sobre o Fulham.

Na Alemanha, em jogo a contar para a Taça da Alemanha, o Dortmund goleou o St. Pauli por 3-0, com golos de Immobile (este depois de uma boa jogada coletiva), Reus e Kagawa, num encontro em que Soktratis voltou a ser lateral (desta vez atuou na direita, contra o Gala foi o esquerdo o seu corredor). Nos outros jogos destaque para as derrotas do Hannover em casa do Aalen por 2-0 e do Hertha sob o Bielefeld, nas grandes penalidades. Bremen, Offenbach, Dresden, Colónia e Kaiserslautern são os outros clubes que também garantiram uma vaga nos oitavos de final da prova.

Segunda vitória consecutiva, depois de 7 jogos sem vencer - O Sassuolo saiu vencedor na receção ao Empoli, em jogo a contar para a 9.ª jornada da Serie A. O conjunto de Di Francesco até começou a perder, depois de um golo de Croce aos 18 minutos, mas Missiroli, Floccari e Berardi (que ainda falhou um penalti que daria o 2-1) conseguiram virar o resultado para o conjunto da casa.

O Comité e Controlo Ética e Disciplina da UEFA considerou inadmissível a queixa do Sporting contra a arbitragem do russo Sergei Karasev no jogo com o Schalke 04, da Liga dos Campeões de futebol. Os "leões", que alegam que o segundo golo do Schalke 04 foi precedido de fora de jogo e que o quarto, que garantiu a vitória à formação da casa já nos descontos, aconteceu na sequência de uma grande penalidade inexistente, como se vê nas imagens da transmissão televisiva, pretendiam a repetição do jogo entre as duas equipas, ou o pagamento do prémio relativo a um empate, 500 mil euros, mas "o protesto apresentado além de ter sido rejeitado foi declarado inadmissível".

Boa solução (ou se o desporto não servir de exemplo qualquer dia não vamos ter sorteios para os Mundiais ou Europeus, já que os conflitos actuais ou históricos entre alguns países vão forçar tantos condicionalismos que será complicado fazer um grupo de maneira "livre")? - A FIFA admitiu esta terça-feira a possibilidade de Rússia e Ucrânia serem colocadas em grupos diferentes no Mundial'2018, caso os ucranianos se apurem. Sepp Blatter, presidente do organismo que tutela o futebol mundial, diz que em qualquer fase de qualificação, o objetivo é sempre o de evitar problemas como foi feito no passado entre as equipas onde as altas tensões podem ser evitadas", lê-se no comunicado enviado pela FIFA à agência Reuters. "Na situação Ucrânia/Rússia, temos que ver como evolui, mas, se a situação geopolítica permanecer como está, quando chegar a competição final, a FIFA poderia decidir que as respectivas equipas não estariam no mesmo grupo", acrescentou. Recordamos que a UEFA este ano também decidiu condicionar os sorteios das competições europeias de futebol, a fim de impedir que os clubes russos e ucranianos se pudessem defrontar, “devido à actual situação política”.

Quando queremos analisar uma equipa, descortinar a sua forma de jogar, compreender a sua proposta futebolística, um bom ponto de partida é olhar para o seu meio-campo. Verdadeira sala das máquinas, um mero olhar para as características dos elementos que o compõem oferece-nos pistas relevantes, levando até a frases como “equipa X é defensiva porque joga com um duplo-pivot defensivo”.

Ora, tome o setor intermédio a configuração que tomar (com 3 ou 4 elementos; com dois médios defensivos ou não; jogando com um número 10 ou abdicando dele), há uma figura que se tem assumido como indispensável para todos as equipas: o chamado trinco, ou pivot defensivo, ou número 6. Posição que é por alguns vista como a mais importante do futebol atual, os seus ocupantes distinguem-se pelo seu pendor marcadamente defensivo, sendo, geralmente, fortes a nível de posicionamento e desarme, procurando sempre manter a equipa equilibrada. São verdadeiras âncoras tácticas.

Vem isto a propósito deste Real Madrid versão 2014/2015. Os merengues, que num passado não muito longínquo fizeram alinhar um trio composto por Pepe, Xabi Alonso e Khedira, são hoje talvez a única equipa do mundo que abdica de jogar com um médio defensivo. Carlo Ancelotti faz hoje actuar um Poker de craques (Kroos, Modric, James, Isco), 4 jogadores que a dada altura das suas carreiras eram vistos como números 10 e que não são, de todo, conhecidos pelas suas capacidades defensivas mas pela genialidade que todos possuem.

O treinador italiano é já bastante famoso pelos seus “milagres”. Por ter sido capaz de, nas diversas equipas que treinou, ter adaptado jogadores a novas posições, tendo-os tornado importantes para a equipa e, individualmente, em referências da nova função. Basta lembrar os exemplos de Pirlo (este por sugestão do próprio, que propôs passar de “trequartista” para pivôt) ou de Di Mária (que passou de extremo, muitas vezes direito, para ser o mais excitante dos médios interiores do futebol mundial). Agora, logrou outro, mais complexo (por ser marcadamente coletivo): atingir o equilíbrio jogando só com artistas, com “jugones”, como se diz em Espanha, fazendo com que Kroos e Modric juntem á qualidade na saída de bola o equilíbrio posicional e com que Isco e James se sacrifiquem pela equipa, sendo intensos e capazes de ocupar espaços defensivamente (veja-se a cobertura que, contra o Barcelona, o espanhol fez a Marcelo sempre que este se incorporava no ataque).

Partindo da ideia de olhar o meio-campo como parte fulcral do B.I. de qualquer conjunto, o arrojo táctico de Ancelotti é o desafio da estética.É estar seguro sem colocar o trinco na porta. É pedir a pianistas que sejam operários sem lhes retirar o prazer de, quando tiverem oportunidade (no momento ofensivo), tocar belas sinfonias. É a negação da “gatutização” do futebol. Ao fazê-lo, Carletto aspira a ser Carlos Magno, a ser um daqueles precursores que a história eterniza, e logo no maior dos clubes que o planeta alguma vez viu. Até Guardiola teve o seu Busquets.

Visão do Leitor (perceba melhor como pode colaborar com o VM aqui!): Pedro Barata

Não surpreende a liderança do Barça. A escola francesa também está sempre muito bem representada, já City e Chelsea continuam sem aproveitar a sua formação. Quanto ao Sporting, em relação à época passada ganhou um elemento, passou de 11 para 12. O FC Porto em 2013-14 também tinha 36 jogadores da formação nas várias ligas europeias, mas poucos no "Big Five".

Nota prévia: Para o CIES, que ignora assim o Ranking da UEFA, as 5 melhores Ligas são a espanhola, francesa, alemã, italiana e inglesa.

O Sporting é o quarto clube, fora dos cinco principais campeonatos europeus de futebol, que mais jogadores da sua formação cede àquelas ligas, ou seja, Alemanha, Inglaterra, Espanha, França e Itália.

De acordo com o relatório semanal do Observatório do Futebol (CIES), os “leões” formaram 12 jogadores que atualmente alinham em clubes dos “grandes” campeonatos, como Ronaldo, Beto ou José Fonte, sendo superado, em termos de clubes externos a estas competições (Le Havre, Auxerre e TSV Munique, apesar de estarem em competições secundárias já estão nesses países), por River Plate (Argentina), com 17, Ajax (Holanda), com 15, e Boca Juniors (Argentina), com 14.

Na hierarquização absoluta, seguindo o critério de que os jogadores da formação tenham estado no clube pelo menos três épocas entre os 15 e 21 anos, o FC Barcelona surge como principal formador, com um total de 43 jogadores nestas ligas, 13 dos quais no seu plantel e 30 noutros emblemas, sendo seguido por Manchester United, com 36 (12 no seu plantel), e Real Madrid, com 34 (oito).

No entanto, Lyon, Athletic Bilbau e Real Sociedad são os emblemas com mais jogadores da sua própria formação no seu plantel principal, com 15 cada. Fonte: Agência Lusa.

A FIFA valorizou o trabalho de Klinsmann, mas esqueceu-se de Jorge Luís Pinto que conseguiu uma campanha mais extraordinária ao serviço da Costa Rica no Mundial. A presença de Mou, que não venceu nada em 2014, também é discutível (Unai Emery, vencedor da Liga Europa e a realizar um campeonato espanhol excelente, merecia mais). Mas esta "luta" resume-se a 3 candidatos: Ancelotti (vencedor da Champions e Supertaça Europeia); Löw (campeão do Mundo) e Simeone (que conseguiu um feito épico ao vencer a La Liga e ainda foi à final da LC).

José Mourinho é o único candidato português a melhor treinador do Mundo em 2014. A lista divulgada hoje pela France Football inclui três treinadores de seleções - Jürgen Klinsmann, selecionador norte-americano; Joachim Löw, selecionador alemão; e Alejandro Sabella, selecionador argentino – e sete treinadores de clubes.

Os 10 Candidatos à Bola de Ouro:
- Carlo Ancelotti (Real Madrid)
- Antonio Conte (Juventus/Itália)
- Pep Guardiola (Bayern)
- Jürgen Klinsmann (EUA)
- Joachim Löw (Alemanha)
- Manuel Pellegrini (Man. City)
- José Mourinho (Chelsea)
- Alejandro Sabella (Argentina)
- Diego Simeone (Atlético Madrid)
- Louis Van Gaal (Holanda/Man. United)

A dúvida nesta fase é perceber quem irá acompanhar Ronaldo no pódio final. Ao contrário do que aconteceu no passado este ano não há nomes evidentes. Messi pela sua dimensão é uma das possibilidades, mas seria estranho ver um elemento que nem sequer foi considerado nos prémios individuais do campeonato espanhol e esteve igualmente aquém na Champions entre os 3 melhores do Mundo de 2014. 

Cristiano Ronaldo é o único jogador português candidato à Bola de Ouro 2014, numa lista que inclui 23 dos principais futebolistas a actuar no futebol europeu. Os espanhóis do Real Madrid e os alemães do Bayern de Munique, com seis candidatos cada, são os clubes que colocam mais jogadores na lista. Enquanto que a Alemanha, igualmente com 6 elementos, é a selecção mais representada.

Os 23 nomeados para a Bola de Ouro 2014 (a lista final dos três candidatos será conhecida no dia 1 de dezembro):
Gareth Bale (Real Madrid/País de Gales)
Karim Benzema (Real Madrid/França)
Diego Costa (Chelsea/Espanha)
Thibaut Courtois (Chelsea/Bélgica)
Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Portugal)
Angel Di Maria (Manchester United/Argentina)
Mario Gotze (Bayern de Munique/Alemanha)
Eden Hazard (Chelsea/Bélgica)
Zlatan Ibrahimovic (PSG/Suécia)
Andres Iniesta (Barcelona/Espanha)
Toni Kroos (Real Madrid/Alemanha)
Philipp Lahm (Bayern de Munique/Alemanha)
Javier Mascherano (Barcelona/Argentina)
Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
Thomas Muller (Bayern de Munique/Alemanha)
Manuel Neuer (Bayern de Munique/Alemanha)
Neymar (Barcelona/Brasil)
Paul Pogba (Juventus/França)
Sergio Ramos (Real Madrid/Espanha)
Arjen Robben (Bayern de Munique/Holanda)
James Rodriguez (Real Madrid/Colômbia)
Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique/Alemanha)
Yaya Touré (Manchester City/Costa do Marfim)

VM - Chega a ser indecente a maneira como Luís Suárez, Bota de Ouro na última época foi ignorado. Também Ribéry passou facilmente de 3.º melhor do Mundo, para muitos até devia ter sido o 1.º, para fora dos 23, mas no caso do francês até se explica, pelo seu menor rendimento devido às lesões. Mas no geral, à excepção da ausência do uruguaio, Modric também fez uma época muito superior por exemplo a Iniesta, a lista não ia fugir muito a isto. O problema vai ser reduzir agora este Top 23 a 3 elementos, e como quem vota olha mais para o nome do que para o rendimento (o equilíbrio entre a prestação individual e o sucesso colectivo), é muito provável que Neymar e Messi acompanhem Ronaldo no pódio final. São depois do português, os mais mediáticos, tem sempre alguns votos garantidos e por exemplo os alemães vão sofrer do facto de não terem uma verdadeira referência, mesmo que alguns seleccionadores e capitães queiram privilegiar o que fizeram no Mundial nem sabem bem quem devem premiar, e essa divisão de votos, vai ser fatal, apesar de Neuer muito provavelmente ser aquele que irá reunir mais votos.

27 de Outubro de 2014

Estamos perante as três piores equipas da NBA? Para além da falta de talento, estas 3 franchises terão também falta de rumo?

Sacramento Kings

Equipa medíocre em 2013/14, Sacramento apresenta-se este ano com um perfil semelhante. Depois de anos de balbúrdia, os Kings parecem querer pôr ordem na casa, mas ainda passarão anos até passarem os efeitos de más escolhas de draft, maus contratos, más trocas, enfim, má gestão. Por exemplo, Cousins passou de dispensável para indispensável, Isaiah Thomas era uma das figuras da equipa e saiu, e depois de acumular jovens valores (mas com QI baixo), a estratégia agora parece ser a de trazer mais experiência. No entanto, e pese algum talento, Sacramento está muito longe de ter um projecto consolidado. DeMarcus Cousins mostrou o ano passado que, se não é o melhor poste da NBA, muito perto está. O seu comportamento, tal como o rendimento, melhorou, o que lhe terá valido a ida ao Mundial, prova em que esteve bastante bem. Este ano tudo indica que seja o ano da consolidação como figura de proa da Liga, assim mantenha a cabeça no lugar. Para o ajudar está em campo Rudy Gay, considerado um grande marcador de pontos. Porém, a análise estatística tem opinião de que o extremo é um jogador pouco eficaz, e o facto das equipas que o dispensaram terem efectivamente melhorado com a sua saída não abona a seu favor. A dupla de bases é o ponto mais fraco da equipa; Collison mostrou em Dallas que não serve para titular, e McLemore foi uma desilusão no ano de estreia. O treinador Michael Malone terá de trabalhar muito os seus jogadores ao nível do passe (muitas perdas de bola e poucas assistências), e delinear um plano de ataque 99% centrado em Cousins. Ainda assim, e mesmo com a tal experiência adquirida nos últimos tempos (Reggie Evans, Landry, Sessions), a falta de talento puro aliada à falta de cultura de vitória não vão permitir grandes resultados.

The dudes - DeMarcus Cousins, se repetir a época transacta, entra no top de postes da actualidade. Jogador extremamente completo, pareceu acalmar, e a sua produção subiu a pique.

The duds - Darren Collison é um bom suplente, mas dificilmente será um titular de confiança.
O que esperar - Cousins pode aproveitar para se elevar para um nível all-star, mas os Kings pouco mais têm para oferecer
Objectivo - uma equipa tão limitada não pode sequer sonhar com o playoff.

Boston Celtics

Sabia-se que as aquisições de Garnett e Allen, embora pudessem dar um título aos Celtics, teriam efeito nefasto a médio prazo. O que não se adivinhava era a incapacidade de Danny Ainge em dar a volta ao texto em tempo útil. Boston é pura e simplesmente uma equipa sem talento digno do seu historial. Ainda por cima, não se percebe bem qual o rumo; construir à volta de Rondo, ou trocá-lo. O resultado das indecisões (já Garnett e Pierce foram trocados com atraso) é uma equipa que dificilmente deixará de se arrastar pelo fundo da tabela. É certo que Rondo (caso não se lesione) é um líder e base de grande visão, mas não é propriamente um lançador, e com tão pouca qualidade à sua volta, não será simples jogar e fazer jogar. Jeff Green será a principal arma ofensiva, o que diz bem dos recursos disponíveis. Jogadores como Bass ou Olynyk devem ser titulares, ao passo que na maior parte das equipas seriam suplentes, e nem dos primeiros a saltar do banco. O mais certo é que Boston use esta temporada para definir o seu futuro. Rondo está em fim de contrato, pelo que mantê-lo e dar-lhe minutos sem ter a certeza que fica (se for essa a ideia) é absurdo. Gerald Wallace tem 2 anos de contrato, pelo que pode ser trocado por jogadores com maior margem de progressão. O mesmo se pode passar com Jeff Green cujo contrato (para o ano tem uma opção de 9M) é demasiado elevado para o pode dar no campo. Se a nível negocial, Boston pode ser uma peça importante na temporada, desportivamente passa-se o oposto. A equipa é muito jovem, e convenhamos, não é muito boa.

The dudes - Rajon Rondo é o único jogador de qualidade acima da média no plantel. Passador notável, não consegue no entanto criar lançamentos para si de modo a ser o centro de um ataque.

The duds - Gerald Wallace vai ganhar 20M em 2 anos. Não deve chegar aos 20 minutos por jogo.
O que esperar - Boston deve andar mais activo no telefone do que no campo. 
Objectivo - trocar Rondo ou renovar com Rondo.

Philadelphia 76ers

O ano passado Philadelphia falhou o objectivo de ser a pior equipa, por isso este ano tentará novamente alcançar esse feito. O que dizer desta equipa... conjunto de jogadores. Bem, quando somos obrigados a ir à internet pesquisar os nomes dos jogadores, está tudo dito. Mas de facto, não parece haver pressa em vencer. O ano passado, os Sixers não se importaram de escolher um rookie, Noel, que ficasse o ano de fora. Este draft repetiram a dose com Embiid, que deve falhar todo o ano. Numa perspectiva de futuro, estas duas escolhas em conjunto com Carter-Williams podem ser uma base de um projecto decente. Mas falamos de 2 postes, já com lesões graves no cv, e que nada ainda fizeram como profissionais, pelo que o futuro é tudo menos risonho. De resto, pouco mais motivos de interesse há. Jogadores como Wroten ou Sims vão ter muitos minutos, e até colocar números interessantes no papel, mas apenas o farão porque jogam numa equipa abaixo dos níveis mínimos exigíveis. Ao fim ao cabo, os jogadores vão divertir-se (alguns devem ter aqui a sua carreira de NBA), aproveitar o momento, e fazer boa figura de modo a conseguirem uma boa transferência.

The dudes - Nerlens Noel deixou na pré-temporada boas indicações. MCW foi, de longe, o rookie do ano, e parece ter qualidade para ser um base "de NBA".

The duds - Jason Richardson é o jogador mais bem pago da equipa. Fica como nota.
O que esperar - houve quem acreditasse por breves momentos que os Sixers não eram tão maus quanto isso. Não se deixem enganar novamente!
Objectivo - bater o record de menor número de vitórias? Pelo menos entravam para os livros...

Visão do Leitor (perceba melhor como pode colaborar com o VM aqui!): Nuno Ranito